#partiuFebrace2019 – Português como língua de acolhimento para refugiados em Corumbá

Olá, meu nome é Marcelo, tenho 16 anos, sou aluno do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul, Campus Corumbá, do curso técnico em Informática Meu projeto foi convidado para participar da Febrace 2019 e ele se intitula "Em Questão: português como língua de acolhimento para refugiados em contexto corumbaense"

Ele, basicamente, consiste em discutir e pesquisar o Português como uma língua que permita o exercício da verdadeira cidadania por parte dos refugiados em um local que para eles é estranho, e a ideia de desenvolvê-lo partiu do grande fluxo migratório que vem ocorrendo no município de Corumbá e da consequente dificuldade em acolher da forma ideal tanta gente Minhas expectativas para o evento são as melhores possíveis É a maior feira de ciências do país, a primeira vez que eu vou participar e lá eu espero poder compartilhar conhecimento, receber dicas para aprimorar meu projeto e, se possível, algum prêmio ou patrocínio