10 SOTAQUES DO PORTUGUÊS PELO MUNDO

Oi, tudo bem? No vídeo de hoje eu vou mostrar 10 sotaques do português pelo mundo, você quer ver? Como que é falada a língua portuguesa em diferentes partes pelo mundo? Vem comigo, então eu vou começar com Portugal, e representando Portugal, Cristiano Ronaldo: somente um sinal de mim mesmo é pior Deixar as coisas rolar naturalmente, e tudo na minha vida foi assim, tudo muito obcecado

Bom, tem que deixar as coisas rolar naturalmente, então ele não chiou o t, como é muito comum pelo menos aqui onde eu moro, chiar o T, então: naturalmente veremos falar Tudo na minha vida foi assim, quando tu estás muito obcecado com alguma coisa Está obcecado por alguma coisa, não disse: obcecado, então é bem diferente do que nós falaríamos a gente vai falar todas as letras: obcecado Estou em uma discussão com mim mesmo é pior deixar as coisas rolar naturalmente, e tudo na minha vida foi assim, quando estou obcecado com alguma coisa, com algum objetivo Seja na minha vida profissional como pessoal também Pessoal, aqui também nós temos o hábito do L pronunciamos com som de U, os Ls finais eu diria pessoal E lá eles já falam o L bem pronunciado como é a maioria dos idiomas pessoal

De deixar as coisas acontecerem naturalmente, e também tua cabeça está tranquila pode fazer a tua vida natural, porque as coisas acontecem no momento que Deus quer no momento que Deus quer Então, ou seja, ese T não chiado e não muito forte, um T mais suave, no momento, nós falariamos e ele fala

E agora vamos para Angola Sempre pra trabalho, a primeira vez que ca vim foi para participar Ca vim nós não utilizamos essa construção: cá vim falaria e eu vim aqui para um DVD do Alexandre Pires em Uberlândia, Uberlândia, eu diria

Nós vamos chiar o D, a segunda vez cá vim Cá vim, foi para participar de um DVD de Alexandre Pires em Uberlândia nessa casa, a segunda vez cá vim foi para cantar com a Claudia Leite no Carnaval Claudia Leite, para cantar com Claudia Leite, também não chia o T, aqui a gente já fala Claudia Leite, né? Percebam a diferença, né? Lembrando que eu não sou nenhuma especialista eu apenas estou mostrando a minha visão de brasileira perante um sotaque diferente do meu, eu com o meu sotaque brasileiro, que também varia de acordo com a região, e também peguei pessoas, né? Digamos isoladas, porque com certeza dentro do país deles tem variação de sotaques mas alguma coisa que eu vejo que é diferente da gente aqui

E agora nós vamos ver, então, Moçambique: Já liguei que era um momento de tiros me desloquei em um consegui encontrar-me com ele no sitio onde combinamos não foi possível No sitio onde combinamos não foi possível aqui a gente não utiliza sitio, dessa forma que ele está se referindo a um lugar Nós nunca vamos usar a palavra sitio nesse caso, sempre vai utilizar lugar, sitio para nós sempre vai ser aquela pequena fazenda, como já fiz um vídeo onde explico direitinho isso, vou deixar o link aqui encima

Queria que fazer uma mágica para o encontro e em duas horas, chegamos à conclusão de que deviamos fazer essa descentralização Descentralização Nem eu sei falar: descentralização,o Z mais pronunciado com som de CH para nós Descentralização, e essa fase que aprovou a lei funcionaria incluindo agora em Outubro que serão eleições municipais, e essa campanha em duas horas conversando chegamos à conclusão Duas horas conversando chegamos, perceba o S final, chiado, próximo ao S chiado do carioca no Brasil, né? Como já fiz, expliquei no vídeo da história do Brasil o S chiado característico enfim, de Portugal, dos países lusofonos Agora, nós vamos para o Açores, umas ilhas pertencente a Portugal, são várias ilhas, temos duas pessoas um que é da Ilha de São Miguel ou a mesma ilha da minha mãe, e outro que é da Ilha Terceira se não me engano, enfim é para ilustrar um pouquinho os Azores, que também já ficam tão afastados do Portugal que sempre tem as suas diferenças, né? Nós temos estamos a fazer, eles estão falando que eles tiram os Rs finais, estamos a fazer, estamos a rir, isso também acontece aqui a gente acaba comendo um pouco o R final, muitas vezes isso acontece aqui também conosco mas o interessante, é vamos ouvir novamente para ver o que estão falando, quer ver: Estamos a rir, estamos a fazer um programa Estamos a fazer, estamos a rir, a gente não usa essa construção Estamos fazendo, estamos rindo, estamos fazendo um programa, é uma diferença realmente grande temos: eu tenho que contar esta, vou deixar o Daniel falar Eu tenho que contar esta Eu diria tenho que contar esta, esta piada Tenho que falar tenho que contar esta Miguelês, São Miguel contou, torneio de xadrez Tornei de xadrez, eu diria: torneio de xadrez Torneio de xadrez, dá a impressão que falam com a boca mais fechada, né? Assim, mas enfim é o jeito realmente de pronunciar E dirias para o torneio de xadrez com a ajuda das novilhas final Grande torneio, então realmente é um ritmo diferente de a genet A gente diria: grande torneio, né? Tem um ritmo diferente de fala

De São Miguel, novamente, o L bem pronunciado bem tocado no céu da boca, enquanto nós falamos: Ilha de São Miguel O jogo de xadrez dura mais de três horas, em uma única palavra também bem concentrados, o tempo todo a jogar estão o tempo todo a jogar

Nós falariamos estão o tempo todo jogando, novamente o gerúndio e eles não Nós usamos o gerúndio o tempo todo na verdade É verdade E agora nós vamos a ouvir um pouquinho de Cabo Verde: A partir de hoje nós vamos ter hora do riso Hora do riso o R bem diferente de como a gente pronuncia aqui, é um R mais saboreado, parece que mais gostoso, né? A gente fala: hora do riso, para nós fica mais seco, né? Para eles é diferente

Rúbrica para os show Olha o R O show da manhã, em momentos alegres nos momentos Alegres, momentos de graça e para iniciar essa nova rúbrica, ninguém mais e ninguém mais do que

Do que, lembrando mais um francês do que propriamente português aqui do Brasil, do que Dos Andrade, Andrade, o D não chiado, traz humor para Cabo Verde de 2014, dos mil e quatorze Nós vamos falar dois mil e quatorze, interessante engraçado xu interessante, xu engraçado, não sei o que é xu, acho que é uma gíria deles, né? Deve ser muito comum Bom dia, Carlos Bom dia, enquanto nós falamos, bom dia

Muito legal, muito divertido isso Nossa, olha só para onde nós vamos agora para Macau, lá na China, sim, exatamente lá eles também falam português, vamos ver um pouquinho dessa entrevista Para reuniões de trabalho, com as autoridades da China, claro que com a concordância de nosso secretário Secretário, o R diferente Também o R diferente do que a gente pronuncia aqui secretário, parece que o nosso fica mais seco Fizemos uma reflexão

Fizemos uma reflexão que a gente vai falar, reflexão, esse x, né? Ele têm o som de de reflexão, é diferente, né? Sobre o que é possível, mas claro que quer dizer Mas claro

a gente fala: mas claro que simples, como a gente fala de controlar o número dos visitantes que vem de qualquer mercado, mas já De qualquer mercado, mas já percebam que parece que tem um ritmo diferente, e fica mais gostosinho, parece que a boca não abre tanto, mas não é, é o jeito de articular, as palavras e nós aqui já somos parece que mais exagerados Enfim, diferente é só diferente, pra já Macau é uma economia aberta, não quer dizer que vamos ficar com controles como que vamos selecionar os visitantes que podem ou não podem vir? Mesmo que claro mesmo que, aquele que O governo central tem ajudado, tem tentado apoiar em termos dos vistos Dos vistos, S chiado

Quando é que vai para alguns sitios de Macau Sitios de Macau, também olha, mais uma vez a palavra sitios sendo usada, né? No lugar de lugar que nós vamos utilizar aqui lugar em vez de sitio, interessante Ou seja, eles usam o sitio, e nós nunca utilizamos dessa forma bem legal, muito legal Bem, agora nós vamos para Guiné Equatorial: Do nível do conselho de segurança para capitalizar Para capitalizar conclusões e para mentira, quanto mais debate de alto nível

Debate de alto nível nós aqui falamos de alto nível tudo com som de U, sensibilizar sobre este tema Sensibilizar sobre este tema, aqui, dá pra ver bem a característica do espanhol porque o som do z vai ficar com som de s, então, sensibilizar para nós, e ele fala: sensibilizar, né? A influência do espanhol lá, porque a colonização portuguesa é a terceira língua oficial, entrou recentemente como língua oficial porque já entrou como francês Então, ainda dá pra ver a presença forte do espanhol, normal Que nós temos muito marítimo o terrorismo Marítimo, terrorismo, aqui a gente vai falar terrorismo, marítimo, né? Que há de terrorismo

Então son temas Son temas, aqui a gente fala são, a presença do espanhol um pouco do sotaque do espanhol, mas fácil para vocês, para quem é falante de espanhol então fica mais fácil falar: não, eu falo português de Guiné Equatorial é com sotaque de Guiné Equatorial, tá bom? O último tema do debate abierto Abierto já aquela mistura mesmo do espanhol, tá bom? Muito legal, né? Muito interessante ver como que vai mudando de região para região do nosso português Bem, agora o próximo é São Tomé e Príncipe e vamos ver como é o português lá: Eles com as construções de vida de fundação é que ela foi justiça, socializa, transforma uma sociedade porque as pessoas que têm aderido com tempo Aderido a alfabetização, pessoas que tem aderido a alfabetização fica um pouquinho diferente do que a gente fala, apesar que eu confeso que para os meus ouvidos parece que ele, às vezes é a pessoa em especial, ficou mais claro, uma pronuncia mais clara ele falando

No entanto, claro que a gente percebe algumas coisinhas que ficam diferentes da nossa do S bem chiado, enfim: eles aprendem a ler e a escrever, é a única riqueza que as pessoas têm é a única riqueza, é a única riqueza A gente vai falar riqueza Tem que para se entrar ou ingressar no mundo de trabalho, e sobre tudo falando de alfabetização Falando de alfabetização, nossa bem diferente da gente que vai falar: alfabetização nós falamos todas as sílabas Que já vivi, já apreciei porque inclusive minha própria mãe não sabia ler e escrever, e hoje ela já lida com a escrita em rótulos de medicamentos

Rótulos de medicamento, o que pra mim soa mais assim um pouco diferente é o S bem forte, bem marcado, e o R também, né? Então, rótulos de medicamento Mas, acho que de todos para mim parece que é a pronuncia mais clara, para os meus ouvidos, e essa pessa em especial pode ser que enfim, outros também tenham um outro jeito de falar que também soa melhor para nós brasileiros Mas muito legal, e agora nós vamos entrar no português falado no Timor Leste, vamos ver como que é: Mas depois deste livro comecei a entrar dentro do Universo Timorense, do segundo livro que se chama: Olhos de Coruja Olhos de Gato Bravo, são os olhos tanto sobre o povo timorense sobre seus ritos, e sobre tudo um olhar feminino, aí foi um Nossa, para mim assim também bem claro, bem até parecido parece próximo mesmo ao português aqui do Brasil, que interessante, né? Muito grande nossa mulher, ademais ao mesmo tempo o universo timorense foi dominado pelo olhar feminino, o terceiro livro chama-se a última morte do coronel Santiago, tem título quase Também não tem chiado

Título, né? Que a gente vai falar título Tem a ver com Latinoamérica, uma forma de entender o que é esse Timor real que as pessoas conhecem pelos jornais? O que é esse Timor real que as pessoas conhecem, então o R bem forte, bem marcado Por causa do drama, da resistência Drama, resistência, Rs marcados diferentes porque normalmente não forçamos bem legal, bem bacana Soou para mim muito claro, bem agora a gente vai para Guiné Bissau vamos ver como é que é o sotaque português lá: Faço muitos trabalhos com criança, porque o meu objetivo é tentar dar uma boa educação às crianças, que estão nas escolas haja melhores condições de ensino, que quando a pessoa está bem na escola

O S mais chiado, e aquele que, também acho que Acho que na escola Na escola, que a a gente fala: acho que na escola, acho que na escola, bem diferente Acho que nós precisamos aqui mais a nível de saneamento básico Eu acho que, eu acho que o que nós mais precisamos

Aqui a gente vai falar: eu acho que, eu acho que o que a gente precisa Nos hospitais, apesar de ser um valor simbólico, são 2 mil francos Apesar aqui a gente fala, apesar Essas clínicas tem um bocadinho Essas clínicas tem um bocadinho aqui a gente não usa esse bocadinho, é mais comum em Portugal também, aqui a gente diz a gente fala tenho um pouquinho

As estradas estradas são sinônimos de desenvolvimento mas nossas estradas são péssimas, infelizmente o estado não compreende O finalzinho de muitas palavras ficam mais sutis Desenvolvimento, compreende Então, é mais cortadinho e a gente já gosta de enfatizar: compreende, desenvolvimento A gente não corta esse final e para eles já fica um pouquinho mais sutil, bem legal

Bom gente, então é isso, espero que vocês tenham gostado, mais uma vez eu repito; essa é a minha visão, uma visão de uma brasileira sobre diferentes sotaques, não sou especialista, é apenas para ilustrar para vocês as diferenças de sotaque na língua portuguesa pelo mundo Tá bom? Um super beijo e até o próximo vídeo Tchau, tchau

5 continentes e 1 língua: A líng. Port pelo mundo – Teaser 1

Essa é uma identidade que não podem acabar Manteve, manteve a língua desde o início como está agora

Ainda consegue encontrar pessoas idosas que mantiveram, não queriam esquecer! O ensino não é obrigatório, mas deveria ser Já que em termos legais, o Português e o Chinês são as línguas oficiais daqui em Macau A gente entende por que é português, certo! Mas tem diferença sim, porque não está habituado Está habituado com o Crioulo Começarem a ensinar a língua portuguesa na índia? Já existia aqui! Já existia há 450 anos um acervo fenomenal! O pais de facto tem uma política de integração de pessoas com outras culturas outras línguas