A curiosa origem de 5 palavras gregas no português

"Cara, você está falando grego": as pessoas dizem isso quando não entendem o que a gente está falando, certo? Na verdade, na língua portuguesa, a gente fala, sim, grego E se entende muito bem Eu sou Elisa Kriezis, da BBC News Brasil em Londres, sou grega e sou alemã também, mas isso é outra "história"

Uma palavra que, aliás, vem do grego ιστορία Hoje eu vou mostrar uma lista fantástica, φανταστική em grego, de palavras na língua portuguesa que vêm do grego E vou começar pelo nome de um estado no Brasil Você acha que Amazonas é um nome brasileiro? No mundo todo, a gente associa essa palavra amazonas ao maravilhoso rio brasileiro Ainda não fui, mas um dia eu vou Mas a palavra "amazonas" vem de longe: o conquistador espanhol Francisco Orellana navegou o rio no século 16 e deu a ele esse nome Relatos da época falam sobre ataques às tropas de Orellana por indígenas liderados por guerreiras mulheres E na mitologia grega, μυθολογία em grego, também tem referências a guerreiras, às Amazónes, ou seja a pronúncia em português da palavra "amazonas" e bem parecida com a do grego, Amazónes E de acordo com a lenda, para manejar melhor o arco e a flecha, essas guerreiras retiravam um seio E de acordo com essa teoria, θεωρία em grego, o nome "amazonas" veio exatamente disso, de άμαστος, que significa "sem seio" É a mesma origem de mastectomia, mastologia

Pois é, note aqui que já tem outro elemento grego: o prefixo "a", que significa sem alguma coisa, tipo anormal, apolítico, acéfalo Então, daí vem o nome, que evoluiu de άμαστος para amazones em grego e amazonas em português Aí você vai perguntar por que o conquistador espanhol usou essas expressão Os mitos gregos ficaram conhecidos no Ocidente inteiro, inclusive na Espanha Próxima palavra: histeria E o que o útero tem a ver com isso? No século 5 antes de Cristo, na Grécia antiga, Hipócrates era considerado o pai da medicina ocidental

Foi ele quem primeiro associou o nosso útero a uma condição médica que, naquela época, porque hoje não, era exclusivamente associada às mulheres Ele atribuiu alterações de humor a movimentos anormais do útero Tem sempre alguém querendo culpar os nossos úteros E em grego antigo, útero era justamente υστέρα, bem semelhante ainda a histeria Foi então, com base nesse diagnóstico, διάγνωση em grego, que a palavra usada para descrever o útero passou a ser usada para descrever o problema médico Tipo, o que ela tem? Ah, é o útero

A υστέρα, histeria Por milênios, o problema, que é πρόβλημα em grego, foi descrito como um mal feminino Note que não estamos falando aqui da TPM, que de fato tem a ver com o ciclo menstrual A histeria a que eles se referiam era outra coisa Até que no século passado finalmente ela foi estudada clinicamente e descobriram que nada tem a ver com o útero, que não é uma doença e homens também podem ser histéricos, né? E a palavra "escola"? Essa eu acho que vai te surpreender Você reclama ou reclamava de ir para a escola Os gregos tinham razões para adorar e eu vou te explicar por que "Escola" vem do grego σχόλη, e significa lazer, descanso, inatividade E vamos lembrar que ir à escola era um privilégio Nem todos tinham esse prazer Imagine os escravos, as crianças que trabalhavam, as mulheres Então, está na escola era o momento para o diálogo, διάλογος em grego Então da próxima vez que você for à escola, pense: que lazer, que descanso, tempo para dialogar, pensar E agora uma pergunta: o que o bode tem a ver com a tragédia? Tá, eu explico A palavra "tragédia" em grego, τραγωδία, literalmente significa "canção do bode" De τράγος, que é bode, mais o ωδή, que é canção É que as tragédias originais, que eram como peças de teatro, θέατρο em grego, foram escritas para o festival anual de Atenas, Αθήνα em grego, cidade que hoje é a capital da Grécia e é onde eu nasci

Pois então, há algumas explicações para a origem do nome Uma é que o prêmio para melhor peça era um bode vivo Outra explicação é que os atores que cantavam no coro da tragédia se fantasiavam de bode E a terceira explicação é que esses animais eram ritualmente sacrificados durante o festival Como você vê, um bode era uma figurinha fácil neste festival E o uso da palavra tragédia como uma catástrofe, καταστροφή em grego, vem exatamente do tom dessas peças: cheias de sofrimento É, nos gregos somos dramáticos Minha última palavra é "pânico" Pânico, "nasal", pânico Pânico Essa vem do deus grego Pan ou Παν, o deus da vida selvagem, da natureza, das montanhas, das ovelhas Você já deve ter visto esse deus retratado com a famosa flauta de Pan Ele é metade bode e metade humano Na mitologia, ele andava por aí atrás das árvores, tocando sua flautinha, em busca de romance Nem sempre conseguia E ia além: balançando folhas na floresta, fazendo barulho para assustar as pessoas Agora imagine: qual seria a sua reação ao dar de cara com um ser desses depois de ouvir vários barulhos? Medo irracional, né? E o que isso te causaria? Pânico

Ou πανικός em grego E tem outro detalhe sobre ele Você já olhou com atenção para o corpo do homem nas respeitáveis e belas estátuas gregas? Geralmente, você tem um homem grande, musculoso, com o órgão genital pequeno É que era esse o ideal de beleza masculina na sociedade grega da época Já o deus Pan representava o oposto desse ideal, ιδέα em grego Tinha um órgão genital maior, não controlava os seus impulsos sexuais, era semianimalesco

E qual o motivo de toda essa influência grega na língua portuguesa? Depois do declínio da Grécia antiga e com a ascensão do Império Romano, fundado por César, o poderoso imperador, o latim virou a língua oficial Mas o grego era visto como a língua da elite intelectual e financeira E não só César, mas a maioria dos bem nascidos em Roma eram bilíngues Assim, ao longo dos séculos, centenas de palavras gregas acabaram incorporadas ao latim E, como a gente sabe, o Império Romano conquistou boa parte do que hoje é a Europa e influenciou todas as línguas, principalmente as chamadas, na linguística, de línguas romances, de origem latina O português é uma delas Essas palavras de origem grega marca uma presença especial nas artes visuais e literárias, na filosofia, que é φιλοσοφία em grego, na ciência, na matemática, que é μαθηματικά em grego, e na medicina O conhecimento grego nessas áreas era avançado e as palavras refletiam a evolução do conhecimento

Conhecimento Ah, e vamos lembrar: o grego que influenciou o mundo era o grego da Grécia antiga e a língua grega, como todas, evoluiu e mudou bastante nesses dois milênios E uma última curiosidade Na Grécia, é óbvio que não usamos a expressão "você está falando grego" quando não entendemos o que a gente está falando

A gente diz parece chinês "Μου ακούγονται κινέζικα" É isso por hoje Se você se interessa por diferentes culturas, idiomas, ιδίωμα em grego, não deixe de conferir a nossa playlist Tecla SAP Inclusive, tem um vídeo bem legal sobre brasileiros tentando falar mandarim Tchau, obrigada, γειά σας, ευχαριστώ Até a próxima