Matemática Elementar – Aula 01 – Noções de Teoria dos Conjuntos

[MÚSICA] [MÚSICA] [MÚSICA] >> [CLÁUDIA] OLÁ, EU SOU A PROFESSORA CLÁUDIA E VAMOS INICIAR A AULA UM DA DISCIPLINA MATEMÁTICA ELEMENTAR O TEMA DE HOJE É NOÇÕES DE TEORIA DOS CONJUNTOS

NÓS ESTABELECEMOS COMO OBJETIVO DE APRENDIZAGEM PARA ESSA AULA O SEGUINTE: ESTUDAR UM POUQUINHO SOBRE ELEMENTOS, SOBRE CONJUNTOS, PROPRIEDADES COMUNS E COMO ESSAS PROPRIEDADES GERAM O CONCEITO DE AGRUPAMENTOS BOM, NÓS VAMOS COMEÇAR A FALAR SOBRE CONJUNTOS DE UMA MANEIRA INTUITIVA ENTÃO OBSERVE ESSA FIGURA O QUE VOCÊ VÊ? PESSOAS PESSOAS COLORIDAS, HOMENS, MULHERES BEM, AQUI A GENTE TEM UM AGRUPAMENTO DE PESSOAS ENTÃO NÓS JÁ TEMOS UM CONCEITO DE CONJUNTO A PARTIR DO MOMENTO QUE A GENTE AGRUPA ESSAS PESSOAS, A GENTE ESTÁ FORMANDO A IDEIA DE CONJUNTO, ESTÁ CERTO? MATEMATICAMENTE NÓS PODEMOS REPRESENTAR UM CONJUNTO DE DIVERSAS FORMAS

UMA DELAS É ESSA QUE ESTÁ AQUI DETALHADA NÓS REPRESENTAMOS OS CONJUNTOS POR MEIO DE DIAGRAMA ENTÃO NÓS TEMOS AQUI UM DIAGRAMA COM OS SEUS ELEMENTOS, CADA PESSOA É UM ELEMENTO DESSE CONJUNTO OUTRA INDICAÇÃO PARA CONJUNTO QUE NÓS TEMOS SÃO AS LETRAS DO ALFABETO NÓS PODEMOS REPRESENTAR ESSE CONJUNTO, POR EXEMPLO, PELA LETRA "A"

ENTÃO NÓS TEMOS AQUI UM CONJUNTO FORMADO POR PESSOAS OUTRA MANEIRA QUE NÓS TEMOS PARA REPRESENTAR OS CONJUNTOS É LISTANDO TODOS OS SEUS ELEMENTOS, ESTÁ CERTO? BOM, ENTÃO EU LISTEI AQUI TODAS AS PESSOAS QUE ESTÃO NESSE CONJUNTO UMA NOVA REPRESENTAÇÃO É DESTACAR TODAS ESSAS PESSOAS ENTRE CHAVES E SEPARÁ-LAS POR VÍRGULAS TEMOS AQUI UMA NOVA REPRESENTAÇÃO DE CONJUNTOS, ESTÁ CERTO? ENTÃO ESSE CONJUNTO QUE NÓS CHAMAMOS DE "A" É O MESMO CONJUNTO QUE ESSE, SÓ QUE COM UMA NOVA REPRESENTAÇÃO, OS ELEMENTOS ESTÃO LISTADOS NÓS PODEMOS TAMBÉM APRESENTAR UM CONJUNTO DESCREVENDO A PROPRIEDADE DE TODOS OS SEUS ELEMENTOS, CERTO? BOM, A PARTIR DESSE CONJUNTO UNIVERSO QUE NÓS CONSTRUÍMOS, NÓS PODEMOS DEFINIR NOVOS CONJUNTOS POR EXEMPLO, EU FIZ AQUI UM NOVO AGRUPAMENTO NÓS TEMOS O CONJUNTO DOS HOMENS E O CONJUNTO DAS MULHERES

NÓS TEMOS O CONJUNTO "A", VOU INDICAR ESTE CONJUNTO PELA LETRA "H" E ESTE CONJUNTO PELA LETRA "M" ESSES CONJUNTOS QUE SÃO FORMADOS POR PARTES DE UM CONJUNTO MAIOR, ELES RECEBEM UM NOME EM PARTICULAR, ELES SÃO SUBCONJUNTOS DESSE CONJUNTO MAIOR, ESTÁ CERTO? ENTÃO AQUI A GENTE JÁ TEM DOIS CONCEITOS IMPORTANTES O CONJUNTO DE UNIVERSO, QUE É AQUELE QUE REÚNE TODOS OS NOSSOS OBJETOS DE INTERESSE, E NÓS TEMOS TAMBÉM O CONCEITO DE SUBCONJUNTOS, O CONJUNTO DAS MULHERES E O CONJUNTO DOS HOMENS BOM, MAS NÓS PODEMOS FAZER OUTROS TIPOS DE AGRUPAMENTOS TAMBÉM ENTÃO NÓS TEMOS AQUI UMA NOVA REPRESENTAÇÃO

ENTÃO VEJAM, O MESMO UNIVERSO FOI SUBDIVIDIDO EM QUATRO CONJUNTOS AGORA NÓS SEPARAMOS AQUELAS PESSOAS TODAS PELAS CORES ENTÃO AQUI NÓS TEMOS AS PESSOAS LARANJAS, AQUI AS PESSOAS VERDES, AQUI AS VERMELHAS E AQUI A AZUL ENTÃO, É UM NOVO TIPO DE AGRUPAMENTO QUE NÓS PODEMOS FAZER MUITO BEM

AINDA COM ESSA IDEIA, NÓS PODEMOS DESTACAR DOIS CONJUNTOS QUE SÃO MUITO IMPORTANTES: O CONJUNTO UNITÁRIO E O CONJUNTO VAZIO O QUE É O CONJUNTO UNITÁRIO? O CONJUNTO UNITÁRIO É AQUELE FORMADO POR UM ÚNICO ELEMENTO NO CASO, NÓS TEMOS SÓ UMA MULHER QUE APARECE AQUI COM A COR AZUL ENTÃO UMA REPRESENTAÇÃO PARA ESSE CONJUNTO UNITÁRIO, VOU CHAMAR AQUI ESTE CONJUNTO DE "B", ELE PODE TER ESSA REPRESENTAÇÃO OU TAMBÉM ESTA REPRESENTAÇÃO, ENTRE CHAVES, NÓS LISTAMOS TODOS OS ELEMENTOS QUE PERTENCEM A ESSE CONJUNTO BOM, O CONJUNTO VAZIO É O CONJUNTO QUE NÃO TEM ELEMENTOS, ESTÁ CERTO? ENTÃO NO PRÓPRIO UNIVERSO QUE NÓS DESCREVEMOS AQUI, NÓS PODEMOS DEFINIR UM CONJUNTO VAZIO

POR EXEMPLO, O CONJUNTO DAS PESSOAS SEM CABEÇA ALI NAQUELE NOSSO CONJUNTO UNIVERSO NÃO TÍNHAMOS NENHUMA PESSOA SEM CABEÇA ENTÃO O CONJUNTO DE PESSOAS SEM CABEÇA DENTRO DAQUELE UNIVERSO É VAZIO NÓS TEMOS DUAS REPRESENTAÇÕES PARA CONJUNTO VAZIO: NÓS PODEMOS REPRESENTÁ-LO POR MEIO DESTE ZERO CORTADO OU PODEMOS REPRESENTÁ-LO POR MEIO DESSAS CHAVES AQUI É UM CONJUNTO QUE NÃO TEM ELEMENTOS, É O CONJUNTO VAZIO, ESTÁ CERTO? BOM, COM ESSAS IDEIAS INICIAIS, A GENTE PODE PENSAR DE UMA MANEIRA MAIS ABRANGENTE

NÓS PODEMOS, POR EXEMPLO, FORMAR CONJUNTOS COM ELEMENTOS DIVERSOS NÓS PENSAMOS EM CONJUNTO DE PESSOAS, MAS NÓS PODEMOS PENSAR EM CONJUNTOS DE NÚMEROS, CONJUNTOS DE BICHOS, CONJUNTOS DE PLANTAS, FLORES, CORES, CARROS, ROUPAS, FRUTAS, OBJETOS DIVERSOS ENTÃO SE A GENTE OBSERVAR AO NOSSO REDOR, A GENTE VAI IDENTIFICAR DIVERSOS TIPOS DE CONJUNTOS OS CONJUNTOS ESTÃO EM TODA PARTE BOM, EM RELAÇÃO AO NÚMERO DE ELEMENTOS DO CONJUNTO, A QUANTIDADE DE ELEMENTOS QUE A GENTE TEM EM CADA CONJUNTO, A GENTE DEFINE DOIS TIPOS DE CONJUNTOS: CONJUNTO FINITO E CONJUNTO INFINITO

A GENTE DIZ QUE UM CONJUNTO É FINITO QUANDO A GENTE CONSEGUE CONTAR E IDENTIFICAR EXATAMENTE O NÚMERO DE ELEMENTOS DO CONJUNTO, ESTÁ CERTO? E O CONJUNTO É DITO INFINITO QUANDO A GENTE NÃO CONSEGUE CONTAR TODOS OS SEUS ELEMENTOS, SEMPRE VAI EXISTIR MAIS UM ALÉM DAQUELES QUE A GENTE ESTÁ CONTANDO, PELO MENOS UM COMO CONJUNTOS INFINITOS, A GENTE PODE DAR COMO EXEMPLO OS NÚMEROS, OS CONJUNTOS NUMÉRICOS, O CONJUNTO DOS NÚMEROS NATURAIS, O CONJUNTO DOS NÚMEROS INTEIROS; SÃO CONJUNTOS QUE A GENTE VAI ESTUDAR NA AULA DOIS ENTÃO VAMOS RELACIONAR AQUI VÁRIOS CONCEITOS QUE A GENTE VIU ATÉ O MOMENTO QUE FAZEM PARTE DA TEORIA DOS CONJUNTOS O CONCEITO DE CONJUNTO O QUE É UM CONJUNTO? É UMA COLEÇÃO DE OBJETOS

ELEMENTO ELEMENTO É CADA UNIDADE DE UM CONJUNTO SUBCONJUNTOS SÃO OS AGRUPAMENTOS QUE A GENTE FAZ A PARTIR DE ELEMENTOS DE UM OUTRO CONJUNTO UNIVERSO, QUE É O CONJUNTO DE TODOS OS OBJETOS QUE SÃO DE INTERESSE DO NOSSO ESTUDO CONJUNTO UNITÁRIO, QUE POSSUI APENAS UM ELEMENTO

CONJUNTO VAZIO, NÃO POSSUI ELEMENTO E TAMBÉM FALAMOS A RESPEITO DE REPRESENTAÇÕES DE UM CONJUNTO PODEMOS TAMBÉM ESTABELECER ALGUMAS RELAÇÕES ENTRE CONJUNTOS OBSERVEM ESSES DIAGRAMAS NÓS TEMOS AQUI UM CONJUNTO QUE REÚNE TODAS AQUELAS PESSOAS DA COR LARANJA E AQUI NÓS TEMOS UM CONJUNTO QUE REÚNE TODAS AQUELAS PESSOAS DA COR VERDE

A GENTE OBSERVA QUE ESSES DOIS CONJUNTOS NÃO POSSUEM ELEMENTOS EM COMUM SE A PESSOA É LARANJA, ELA NÃO É VERDE SE ELA É VERDE, ELA NÃO É LARANJA ENTÃO A GENTE DIZ QUE ESSES DOIS CONJUNTOS SÃO DISJUNTOS OU MUTUAMENTE EXCLUSIVOS ENTÃO ESSA É UMA RELAÇÃO QUE A GENTE ESTABELECE ENTRE OS CONJUNTOS, ESTÁ CERTO? BOM, UMA OUTRA RELAÇÃO ENTRE CONJUNTOS QUE A GENTE PODE ESTABELECER

CONSIDERANDO ESSES DOIS CONJUNTOS, QUE SÃO SUBCONJUNTOS DAQUELE UNIVERSO INICIAL, NÓS TEMOS A SEGUINTE REPRESENTAÇÃO: TEMOS AQUI O CONJUNTO DAS MULHERES E AQUI O CONJUNTO DAS PESSOAS VERDES BOM, A GENTE OBSERVA QUE ESSES DOIS SUBCONJUNTOS, DAQUELE UNIVERSO INICIAL, POSSUEM ELEMENTOS EM COMUM NÓS TEMOS MULHERES QUE SÃO VERDES, ENTÃO NÓS OBSERVAMOS QUE ESSAS DUAS MULHERES VERDES PERTENCEM TANTO A ESTE CONJUNTO QUANTO A ESTE OUTRO CONJUNTO ENTÃO A GENTE DIZ QUE ELAS PERTENCEM À INTERSECÇÃO DESSES DOIS CONJUNTOS, QUE É UM CASO DIFERENTE DO EXEMPLO ANTERIOR, ESTÁ CERTO? NÓS PODEMOS ESTABELECER VÁRIAS OUTRAS RELAÇÕES E ESSE ASSUNTO A GENTE EXPLORA BEM NESSA AULA UM VOCÊ VAI OBSERVAR AO LONGO DA AULA QUE NÓS PODEMOS FAZER VÁRIAS OPERAÇÕES COM OS CONJUNTOS

OPERAÇÃO DE UNIÃO, INTERSECÇÃO, DIFERENÇA VAMOS LÁ BOM, NESSA AULA, NÓS PRIORIZAMOS AS IDEIAS INTUITIVAS, MAS QUE NOS LEVAM A MUITOS CONCEITOS IMPORTANTES DA TEORIA DOS CONJUNTOS, ESTÁ CERTO? AO LONGO DA AULA NÓS VAMOS EXPLORAR UM POUCO MAIS TODAS ESSAS IDEIAS MAS POR QUE TODAS ESSAS IDEIAS DE CONJUNTOS SÃO IMPORTANTES PARA A GESTÃO PÚBLICA, POR EXEMPLO? EU VOU DAR UMA IDEIA PARA VOCÊS VOCÊS JÁ OUVIRAM FALAR NO CENSO DEMOGRÁFICO BRASILEIRO? O CENSO DEMOGRÁFICO BRASILEIRO É REALIZADO PELO INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA ESTATÍSTICA, O IBGE

ENTÃO A CADA 10 ANOS ESSE INSTITUTO REALIZA UMA PESQUISA COM TODA A POPULAÇÃO BRASILEIRA ENTÃO A PARTIR DESSA PESQUISA, A GENTE CONSEGUE SABER A RESPEITO DE QUANTOS SOMOS, QUAL O NÚMERO TOTAL DE BRASILEIROS, QUAL O NÚMERO DE BRASILEIROS POR REGIÃO, OS QUE MORAM NO BRASIL, NÓS CONSEGUIMOS SABER INFORMAÇÕES SOBRE AS CARACTERÍSTICAS DA POPULAÇÃO, AS CARACTERÍSTICAS DIVERSAS DA NOSSA POPULAÇÃO, POR EXEMPLO, RELATIVAS A GÊNERO, RELATIVOS À IDADE, QUANTOS JOVENS, QUANTOS ADULTOS NÓS TEMOS, AS CARACTERÍSTICAS COM RESPEITO À RELIGIÃO E TODAS ESSAS INFORMAÇÕES SÃO MUITO IMPORTANTES PARA O NOSSO PAÍS, PRINCIPALMENTE PARA A GESTÃO DO NOSSO PAÍS A PARTIR DESSAS INFORMAÇÕES É QUE SE DEFINEM POLÍTICAS PÚBLICAS, É QUE SE TOMAM DECISÕES A RESPEITO DE INVESTIMENTOS E TODA ESSA DIVISÃO POPULACIONAL, ESSA DESCRIÇÃO POPULACIONAL, ELA FORMA UM RETRATO DO NOSSO PAÍS E PERMITEM, DÃO SUBSÍDIOS PARA QUE OS NOSSOS GOVERNANTES CONDUZAM O PAÍS

E, BOM, TUDO ESTÁ RELACIONADO COM TEORIA DE CONJUNTOS BEM, NÓS ENCERRAMOS ESSA INTRODUÇÃO À NOSSA AULA AGORA AO LONGO DA AULA NÓS PROPOMOS VÁRIAS ATIVIDADES, INCLUSIVE UM FÓRUM TEMÁTICO ATÉ A PRÓXIMA AULA! [MÚSICA] [MÚSICA] [MÚSICA] [MÚSICA] [MÚSICA] [MÚSICA]

BNCC na Prática: textos multissemióticos na aula de Língua Portuguesa

A importância de trabalhar com textos multissemióticos desde os anos iniciais é para favorecer o entendimento dos alunos nesse tipo de textofaz-se necessária porque os alunos têm muita dificuldade de entender o humor e a ironia que existem nesses textos Olha aqui no segundo quadrinho, vamos verserá que isso vai dar certo? Claro que váQue que aconteceu aqui nesse segundo quadrinho? Por que ele está com essa cara? Fala, Talita: Porque ele foi falar e aí ele mordeu e o chiclete é mole Ele mordeu e o chiclete é mole

Será que é isso? Fala, Camile: É porque ele foi falar e aí ele engoliu o chiclete Ele engoliu o chiclete? Todo mundo concorda com que a Camile falou? Será que aqui ele engoliu o chiclete? A escola sempre privilegiou o letramento impresso, as letras, as palavras Com o desenvolvimento das novas tecnologias, entrou no cenário a necessidade de desenvolver outras habilidades, que é a possibilidade de articular vários elementos e ler e interpretar e compreender textos multissemióticos Mas o que são textos multissemióticos? São aqueles que têm muitos elementos Você tem as palavras, você tem as imagens, os ícones, as expressões através dos desenhos, a navegação

Então, estamos para desenvolver essa habilidade Por onde nós podemos começar nas escolas a desenvolver isso? Por exemplo, pelas tirinhas Na escolha das tirinhas eu procuro pensar em situações em que os alunos vivenciam no cotidiano que tenham informações implícitas e explícitas para que os alunos consigam, a partir da leitura da imagem e das palavras, do texto que está escrito, fazer o entendimento Para isso, eu preciso trazer o contexto de produção, quem é o autor, o gênero que é a tirinha, quem são os personagens que vão estar nessa tirinha Então, eu penso em perguntas que vão fazer os alunos consigam compreender tanto as questões que estão explícitas no texto, no caso o que está escrito, quanto fazer relação entre a imagem e esse escrito para que eles possam dar sentido ao que eles estão lendo

Quando eu proponho uma leitura compartilhada da tirinha, eu pretendo, com as intervenções e com a conversa dos alunos, que os alunos aprendam com a ideia do colega Então, eles socializam o que eles entenderam e nós vamos construindo juntos, no coletivo, a ideia principal que essa tirinha quer trazer E aqui, é uma parede mesmo? Será que é? Lucas, fala para mim como que dá para perceber que aqui é uma parede e aqui é um quadro Porque tem um quadro ali e também tem uns riscos no chão parecendo que é piso Ah

isso aqui parece o rodapé do piso, o Lucas tá trazendo Vocês concordam com o que o Lucas está dizendo? Sim Então, eu planejo primeiro o agrupamento produtivo: quem é o aluno que tem uma leitura mais proficiente,uma leitura mais fluente, com um aluno que tem um pouco mais de dificuldade ainda nessa leitura

E esse aluno, mesmo com dificuldade, a partir da ajuda do colega eles conseguem ampliar o seu conhecimento sobre esse tipo de texto E também o professor consegue, eu consigo acompanhar nas duplas um pouco mais sistematicamente Então, eu indo nas duplas eu consigo fazer algumas intervenções, como eu faço lá no coletivo, mas pontuais Aqui tá escrito: E depois do jantar é hora de Bob Esponja Aí ele falou Oba!, mas ele pensou que era o Bob Esponja, o desenho

E aqui fala: Vou processar minha mãe por propaganda enganosa Porque era para lavar a louça e não assistir o desenho do Bob Esponja E aí ela fez umatroca Uma troca Ao invés de assistir o desenho, lavar a louça E essa cara aqui dele o que significa? De felicidade, porque ele pensou que ia assistir o desenho

A professora tem uma interação muito boa com as crianças Ela promove um trabalho em dupla, entendendo que o trabalho coletivo, a construção coletiva antecede a construção individual Ela leva em conta o conhecimento prévio, ela questiona as interpretações, as compreensões das crianças, comparando diferentes interpretações e ajudando as crianças a reconsiderar o que pensavam antes Quando a gente volta para o coletivo e eles socializam o que a dupla pensou a gente consegue ampliar o entendimento dessa tirinha para todos os alunos E com isso eles avançam no entendimento desse tipo de texto

E por que que está escrito bem grande, diferente dos outros balões, que as letras estão escritas menores assim e não está em negrito? Por que escreve assim? Para mostrar o quê? Porque eu acho que ele falou alto Ele falou alto, né? E como dá para perceber que ele está feliz? Que ponto tem aí que dá para perceber que ele está feliz? Como chama esse ponto? Exclamação Ponto de exclamação A partir das informações que eu tenho, e do retorno dos alunos, a partir dessa atividade, eu consigo validar ou não o meu planejamento E aí eu válido algumas informações, algumas questões que eu pensei e aí eu posso dizer isso já está garantido pro meu aluno ou não, eu preciso retomar algumas coisas que não ficaram muito claras para que eles consigam avançar nesse conhecimento, na compreensão leitora desse tipo de texto

O trabalho das tirinhas é muito importante, porque ele colabora para as crianças construírem a habilidade desse olhar articulador Muito bem, mas é preciso ir além Esse olhar articulador pode ser desenvolvido através de muitos recursos: construir vídeos de um minuto, fazer gravações, os podcasts, legendar fotos, fazer apresentações, explanações e seminários usando infográficos, mapas conceituais Então nós temos muitas ferramentas digitais que podem ajudar os alunos a encontrar formas contemporâneas e linguagens contemporâneas para expressar a sua voz A BNCC veio para validar o trabalho que já é realizado nos anos iniciais e aprofundar a discussão sobre esse tipo de texto, que são os textos multissemióticos

Aula 1 – O que é Português Como Língua de Acolhimento? Questões iniciais.

Olá! Sejam bem-vindos ao meu canal Meu nome é Ana Paula de Araújo Lopez eu sou doutoranda em Linguística Aplicada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Eu estudo a área conhecida como Português como Língua de Acolhimento que é, (vou falar a grosso modo, tá?) ,o ensino de português para imigrantes deslocados forçados ou seja aqueles imigrantes que chegam ao Brasil por meio de processos deslocamento forçado ou de crise, como os refugiados, por exemplo Esse vídeo tem o objetivo de explicar um pouquinho mais sobre esse conceito, sobre essa área de pesquisa e de ensino e ajudar você que se interessa pelo tema a iniciar seus estudos na área, tá bom? Vamos lá, então? O Português como Língua de Acolhimento é uma ramificação da área de português como Língua estrangeira (PLE) ou Adicional (PLA) Basicamente, o que diferencia o português como língua de acolhimento de outros contextos de ensino dentro do escopo do PLE ou Adicional é mesmo o público alvo e os objetivos do do ensino e da pesquisa nesse contexto Aí você deve estar se perguntando: – "Mas, Ana, então quer dizer que todos os estrangeiros que eu dou aula, cada grupo sendo diferente, tendo objetivos diferentes, então eu vou ter que criar um nome pra todos esses contextos?" Bom, não é bem assim! Na verdade, a gente tem um nome específico, Português como Língua de Acolhimento – que aqui nós vamos chamar de "PLAc" só pra facilitar – justamente porque nós estamos tratando de um grupo minoritarizado no país e, somente para fazer um parêntese, eu vou explicar um pouquinho o que é minoritarizado para que vocês entendam que estou querendo dizer "Minoritarizado" é um termo que eu escolhi utilizar no lugar de "minoria"

Também não é usado num sentido demográfico, ou seja, para se referir a um grupo composto por poucas pessoas em comparação a um grupo maior de pessoas Usar "minoritarizado" no lugar de "minoria" é uma escolha para enfatizar que isso é uma consequência de processos sociais, históricos, econômicos, políticos que levaram esse grupo a estar nessa condição, isso é, ocuparem uma posição em que estão destituídos de certos direitos e/ou estão em relação de desvantagem perante outros grupos de imigrantes

Apesar de ser algo muito complexo, porque é um fenômeno social com todas as suas complexidades, eu vou tentar me arriscar aqui efalar um pouquinho porque o grupo composto pelos imigrantes deslocados forçados estão em certa desvantagem social em comparação com outros grupos de imigrantes no país Isso acontece principalmente por dois motivos: Primeiro: pelos processos de migração dessas pessoas E segundo: pela vulnerabilidade, advinda tanto desses processos, quanto de outras questões Primeiramente, no que diz respeito ao processo de migração: os deslocados forçados, como os refugiados e imigrantes ecológicos, eles são, geralmente, motivados a migrarem por outros motivos motivos "mais fortes" – se a gente pode chamar assim – do que turistas, por exemplo Então,eles chegam ao país de destino muitas vezes sem um projeto prévio de migração, sem muita elaboração desse projeto

Não entenda mal: claro que eles têm um pequeno projeto – se a gente for pensar, por exemplo, nas pessoas que ainda estão deslocadas forçadamente dentro de seus países em diversos países do mundo – mas, muitas veze,s isso é diferente é decorrido (decorrente*) de alguma coerção um pouco mais forte que leva essas pessoas a terem que se migrar – e não simplesmente o fato de querer fazer uma viagem ou de aprender um novo idioma ou simplesmente ir trabalhar num outro lugar porque recebeu uma oportunidade de emprego, por exemplo E a vulnerabilidade social dessas pessoas advém justamente do fato de que muitas delas podem ser que enfrentam problemas econômicos, problemas, às vezes, psicológicos advindos desses mesmos processos de migração forçada então eles têm uma certa vulnerabilidade – que também não é igual pra todos, é importante a gente falar isso né – é porque a gente tem que considerar também quando estamos falando de vulnerabilidade, diversos fatores que influenciam, por exemplo, o gênero da pessoa, a religião, a etnia, né, a aparência física (você já deve entender o que estou querendo dizer) mas, no geral, os imigrantes deslocados forçados podem ser considerados mais vulneráveis e, portanto, um grupo minoritarizado justamente porque eles têm um pouco menos de direitos, né, eles têm que reafirmar a sua identidade o tempo todo justamente porque também é uma identidade muito controlada por legislações internacionais, né? Então eu estou querendo dizer é que esse grupo ele é minoritarizado devido a essas questões Então, se a gente tem um grupo que tem demandas um pouco mais, vamos dizer assim, "sérias", talvez por não terem/não serem vistos da mesma forma pelas outras pessoas muitas vezes serem mal interpretados – a gente acompanha na mídia pela fala dos imigrantes como eles, às vezes, são indesejáveis no país não tanto quanto outros imigrantes que aqui vem, né, principalmente de países mais ricos e mais desenvolvidos Então, nesse contexto todo, a gente marcar área de Português como Língua de Acolhimento é uma estratégia dos pesquisadores da área e dos profissionais também para marcar esse contexto, para visibilizar essas pessoas, a situação dessas pessoas, e também como um ato político de marcar o contexto de ensino para uma minoria (composta) de imigrantes no país Então, gente, pra terminar – porque eu falei demais nessa nossa primeira aula – eu queria deixar aqui somente alguns lembretes, alguns pontos importantes para vocês pensarem nas pesquisas futuras e também se forem desenvolver aulas, cursos ou forem trabalhar com imigrantes

Então é importante, em um primeiro momento, a gente sempre reconhecer que esse grupo é heterogêneo; eles têm processos de deslocamento que são forçados ou de crise mas nem por isso todos têm a mesma demanda, obviamente, nem todos têm as mesmas necessidades e nem todos têm os mesmos objetivos, né? Então a gente tem que pensar também, e parar de reproduzir esse discurso de que o português é uma obrigatoriedade para eles e que isso é que vai causar que o imigrante ascenda socialmente no país, porque a gente não pode prometer isso além do mais, pode ser que o lugar onde esse imigrante vá viver no país outras línguas sejam mais importantes que ele aprenda, né, como quem vai viver em área de fronteira ou em comunidades que falam outros idiomas no Brasil, né considerando que a língua portuguesa é a língua oficial, a língua majoritária no nosso país, mas não é única, né? Em último lugar, como é um grupo minortarizado, o ensino para essas pessoas, ele tem que seguir, a nosso ver, três pilares importantes – aqui nós estamos nos baseando em uma pesquisadora que é a Terezinha Maher Eu vou deixar o link aqui embaixo do texto dela Os três pilares são: a politização desses imigrantes, né como é um grupo minoritatizado eles têm que saber dos seus direitos e de seus deveres e tudo isso, gente, na sala de aula de português mesmo e, em segundo lugar, a educação do entorno, ou seja das pessoas que estão ao redor desse imigrante porque não adianta de nada o imigrante reconhecer seus direitos mas a população ao redor dele não ajudar, a validar esses direitos, não reconhecer como legítimos, né e aí, claro, que a capacidade de atuar ou de acesso a esses direitos fica cerceada se o entorno desse imigrante – as pessoas que estão ao redor – não têm conhecimento desses direitos também e não legitima esses direitos Tá, bom? Então como que a gente faz isso no nosso curso de português? Pode ser com algumas atividades – atividades simples, como eu fiz quando eu trabalhava com esse tipo de imigrante em Belo Horizonte (MG) Nós fazíamos

nós fizemos uma vez um projeto que deu muito certo que foi o "amigo de carta" – que eu, numa aula ensinando localização para os nossos alunos (endereços e coisas assim) a gente fez um projeto de "amigo de carta" Eu escolhi alguns amigos meus na universidade que eu estudava e eles eram amigos de carta dos imigrantes Aí um contava a vida dele para o outro

Isso é um projeto super simples que dá para você fazer na sua sala de aula E aí esses outros amigos meus tiveram contato com esses imigrantes inclusive tiveram oportunidade de perguntar coisas que eles tinham dúvida sobre os processos de imigração/sobre quem são essas pessoas Outro projeto interessante, pode ser uma uma peça de teatro e ou ainda projetos como o "Abraço Cultural" que acontece em São Paulo (SP) (que eu também vou deixar o link aqui embaixo) e, claro, é importante falar que esses projetos podem ser projetos assim como feiras e questões "mais superficiais", vamos dizer assim mas também é sempre bom que haja espaço para debates, espaço para que essa população entre em contato com essas pessoas [imigrantes] e, sim, se acrescentarem mutuamente para desenvolverem um conhecimento de si próprios e desse outro, né, que está aí É um processo de educação desse entorno mesmo, tá? E o último ponto, de acordo com a pesquisadora, a Maher (2007), seria avanços na legislação – que sempre têm que haver já que é um grupo minoritarizado Mas, você deve estar pensando, "mas eu não consigo fazer isso na minha sala de aula, eu não consigo criar leis!" Realmente, a gente não consegue, mas, eu tenho certeza que politizando nossos alunos, educando a sociedade que está ao redor dele para conviver com essa diferença, respeitando e legitimando os direitos desses imigrantes isso, sim, vai levar com que o próprio imigrante e as pessoas ao redor "empurrem" o Estado para promover leis benéficas, mais adequadas e benéficas para essas pessoas, tá bom? Bom, pessoal, nós vamos ficar por aqui hoje espero que vocês tenham gostado do vídeo – foi um vídeo bastante introdutório mas espero que deixe aí para vocês vocês pensaram, para vocês procurarem saber mais Estou aberta a comentários, a perguntas, qualquer coisa deixe seu comentário aqui curta o nosso vídeo e até a próxima!

Aula de Língua Portuguesa – Como fazer uma boa Redação! Curso Português Play

oi um bom dia boa tarde boa noite ou madrugada para você estudante do agora vou aprender com curso online do professor hoje na aula de redação vamos aprender alguns dos conceitos básicos que são importantíssimos para você excelência vamos contar a ninguém que seria uma frase é toda anunciado tenha sentido frazão é um conjunto de palavras com uma imagem pode ser um traço gesto pode ser uma frase uma única palavra oi é uma raça frase é toda anunciado inter sentir nominal e verbal que no final é que não apresenta um caso ea estrutura verbal e não verbal já apresenta o verbo dentro do conteúdo qual é o ideal uma nação frazier ball frase nominal o ideal é a frase verbal uma frase no brasileiro o bom dia para você meu grande amigo isso é uma frase no final não tenha leto velho na em sua construção uma frase aos eua em um ano você você é muito importante você é mais do que vencedor percebeu qual é o ideal para uma redação paul frazier nominal com todos os setores o deral a às redacções é você digita a verbatim gente som de um disco né um parágrafo de uma fase também que apresenta é velho coração s nossa está aqui relacionado à má fé a oração é o início ao todo final e dentro deste ponto até este ponto tem que apresentar lá amigo velho a inove a quantidade período o que o período a quantidade no caso e de verba pelo desde o início de uma oração álbum final do campeonato vai falar sobre um veículo cinco sobre o composto o início ao final e limita também o período desde esse período eu tenho uma oração eu posso ter pelos corações chamar no caso é diferente no simples e período composto do simples é quando eu tenho apenas uma oração ou seja conversa legal e eu de bom gosto é quando eu tenho mais de uma oração com a ajuda na constituição pedra frasal agora qualquer louie a ideal para redações é o número cinco o período composto por 12 dicas uterina é mera importante para nós e central dirigir uma nação um breve período os compostos por que meu deus fica bem mais articulado bem mais 4 e vai te ajudar também na argumentação os seus dados e também vi querer 150 é meu professor fala as curtas objetivos não confunda o uso de e do composto tá com frases objetivos a fifa também perito como o ceará ficava falando não entrou com força na estrutura fazer o melhor mas bem articulado falaram no final ponto eu estava doente pólo fiquei em casa tenho três períodos aí período simples legal em do simples agora vou transformar os três períodos em uma hora um período composto não tinha aula pois estava doente love que em casa não é o melhor ou não foi à aula pois estava doente love que em cada ponto final percebeu o início ao final e tem período da inal esse período é chamado período composto eu tenho contra as orações três corações ficou claro presta eo pelo período composto por um senhor que ficará bem mais a articular a link em nos coletivos as conjunções dos articuladores que vão ajudar com certeza até progress como temática a crescer a trazer novas informações por meio desses conectivos ficou claro se não consegues baixo só para você entender que eu tenho está assim devem apresentar sentido quadro sempre e depois eu tenho um período que é o período com busca o ideal para as redações e sempre quando for fazer uma casa procure fazer isso g o primeiro objetivo é o objeto é os dois ao mesmo tempo junto o professor comprou dois anos na ilha é na fé é a esquecido o dinheiro em casa ponto final pensei olha que legal em um trabalho esta estrutura sujeito verbo complementa o paypal hoje a directora que a directora que numa ainda coisa colocada junto de make up isto seja uma estrutura legal adequada para a relação coloca o brinco tecnológicos estão continuando depois fecha tudo bem depois que o walter é importante saber gramática não existe aquela versão para wii super bem e eu não sei gramática nada de verdade é mentira não tem hoje uma matéria se encaixa na outra bem explicado a gente ficar em branco que 40 ó espero que tenham gostado até a próxima

Anexo ou Em Anexo? Aula gratuita de Língua Portuguesa. Erros de Português

Olá pessoal, tudo bem? Estamos de volta aqui no canal e hoje eu trago uma dúvida de um cliente Eu atendo algumas escolas e até nas escolas essas dúvidas aparecem e aí a pergunta foi se a gente deve usar anexo ou em anexo

Por exemplo, mandar um uma ficha de inscrição para alguém, aí escrevemos nosso texto A dúvida foi Existe colocar: "a ficha segue em anexo"? Para eles a única opção possível era só "anexo" Então, eu fiz esse vídeo aqui para a gente entender um pouco melhor sobre essa situação Vamos lá

Pra começar, qual a forma correta então anexo ou em anexo? As duas formas estão corretas As duas formas são aceitas pela língua portuguesa Você pode usar anexo ou pode usar em anexo também Algumas coisas vão mudar e a gente vai ver aqui Mas o pior problema, o maior desafio é para quem vai fazer concurso ou vestibular, porque quem vai fazer concurso ou vestibular vai ter que saber qual é a diferença na classificação entre "anexo" e "em anexo"

Então, vamos ver essa diferença aqui O que acontece quando a gente usa somente "anexo" Quando a gente usa somente anexo, sem a preposição em, ela exerce a função de adjetivo, e adjetivo na língua portuguesa é variável ou seja ele varia conforme a palavra que ele está relacionado Então, quando você usar sem a preposição será um adjetivo, e vai concordar com o substantivo a que está associado Por exemplo: O formulário segue anexo

Então, formulário, palavra masculina, de gênero masculino, e anexo também acompanha veja aqui o destaque E nós temos também outro exemplo que é: as fichas seguem anexas Ou seja, por ser um adjetivo ele tem que concordar com o substantivo que no caso destacado Aqui são fichas, está no plural, seguem, então, ele também precisa concordar e e deixar tudo também no plural Então fica no feminino – anexa – e no plural anexas, porque são as fichas que estão seguindo

Então essa é uma questão que é importante: a gente saber vai fazer essa concordância com o for objetivo A outra opção é utilizar "em anexo" Quando a gente usa "em" mais "anexo", neste caso, a gente classifica como locução adverbial de modo ou seja é a forma com que esse documento está indo e por ser uma locução adverbial, os advérbios eles são invariáveis, então, eles não vão fazer a a função de concordância como adjetivo faz Exemplo:- o documento em o documento encontra-se em anexo Faltou um "-se" ali O documento encontra-se em anexo, ou os documentos encontram-se em anexo Então você pode ver que o anexo fica sempre anexo sem variação, porque ele está exercendo aqui a função "em anexo" uma função adverbial de modo que é a maneira com que o documento está indo

Esse é o maior desafio, é o desafio para quem vai fazer concurso para quem está prestando vestibular tem que tomar tem que prestar atenção não se é permitido só anexo ou em anexo, porque os dois são A pergunta que que virá é dificilmente ela virá relacionado com isso, para saber se pode usar anexo ou em anexo

O que eles vão perguntar pra você é qual é a classificação se dá pra anexo quando ele aparece sem a proposição em e qual é a classificação que aparece quando está em anexo Então fica a dica aí pra você O desafio é saber classificar a palavra anexo ou a expressão a alocução, pra ser mais exato, e não somente dizer se aceita ou não Espero que você tenha gostado Compartilhe este vídeo com seus amigos Se tiver gente prestando vestibular aí, seus filhos sobrinhos

Comente o vídeo aqui também deixe seu comentário e coloque suas dúvidas, as principais que você tem de língua portuguesa para a gente trazer exatamente o que você está precisando Comenta, compartilhe Dê um joinha aqui pra nós também, apóie este vídeo e não deixe de se inscrever ou melhor inscreva se agora no nosso canal pra você pegar os próximos vídeos, tudo bem? É isso aí! #FocoNaAçãoFéNoResultado Nos vemos por aí e lembre-se: – você é responsável por seu sucesso! Tchau!

Dinâmicas de Matemática 1° Dia de aula. De o like e se inscreva please!

Gente, hoje eu vim do trabalho pensando assim O que aplicar No primeiro dia de aula para os meus alunos Porque quando se trata de professor de português você pode conversar mais, tem mais dinâmicas, Pedir uma redação Ciências , também tem algumas dinâmicas Agora quando é Matemática

também existem algumas dinâmicas! Eu tenho colegas que relatam que Não gostam de trabalhar não gostam de trabalhar no primeiro dia de aula pra não ter que fazer dinâmica Então sempre escolhe trabalhar na terça, na quarta Mas igual no Estado que começa quarta e aí? Quem escolheu quarta-feira pra fugir da segunda? Vai fazer dinâmica de interação Daí, na nossa volta às aulas, eu vou aplicar algumas dinâmicas Pra vocês verem que não é tããão trabalhoso assim A primeira dinâmica que eu gostaria de compartilhar com vocês é a Ludomática! Como é a Ludomática? Vocês vão precisar de materiais muito caros o quadro, uma caneta, apagador e uma folha por grupo Caso faça quatro equipes, 4 folhas, cinco equipes, 5 folhas e assim vai Normalmente faço 5 equipes Vai pegar a folha Dividir em 4 partes iguais Sendo que nessas partes Vocês vão escrever VV Vou cortar aqui de qualquer jeito Porque a gente que é professor não tem muito tempo Vou pegar a régua aqui pra ajudar Puxei a folha Aí vocês ter 4 cartõezinhos

Nesses cartõezinhos vocês vão escrever VV VF, O FV E o FF E aí vocês tem que dar Esses 4 cartõezinhos pra cada equipe Se vocês tem lá uns 20 alunos Faz uns 5 quartetos assim Dá os cartõezinhos pra cada quarteto Quem trabalha em turmas grandes como no Estado faz mais grupos Pra quê esses cartõezinhos? Faz uma tabelinha, E aí, lá nessa tabelinha Vocês podem colocar o nome da equipe Equipe Azul Verde Branca Preta Laranja E coloca a quantidade de afirmações que você vai fazer Como é que é isso Angelle?! Você vai sempre dizer 2 afirmações A gente faz isso pra fazer uma sondagem na turma

Por exemplo, a primeira afirmação I) O número 2 é o único número primo par A segunda afirmação: II) Raiz de 2 é igual a 1 A primeira afirmação que fiz é O número 2 é o único número primo par E a segunda é Raiz quadrada de 2 é 1 Quando você disser "Já" eles têm que levantar a placa Nesse caso, Realmente 2 é o único primo par É verdadeiro! Só que a raiz quadrada de 2 não é 1

Aí pra levantarem a placa você fala "JÁ" E aí quem levantar a placa, vamos supor o grupo Azul levantou VF Então ele fez 1 ponto O grupo verde, vamos supor que ele levantou FF Ele não fez ponto E aí o grupo Branco foi e acertou Aí você vai lá de novo Então Você pergunta Aliás, você não pergunta Você afirma Então, a fração geratriz da dízima 0,555 É igual a cinco nonos "repete" Afirmativa 2 Um terço mais um terço é igual a dois terços Normalmente os meus alunos ficam empolgados eu ainda escrevo no quadro Aí a equipe que levantar VV Verdadeiro, verdadeiro fez o ponto E aí você tem mais de uma equipe Normalmente eles começam tímidos e depois você tem que ficar prolongando E aí vai marcando as equipes e vai atiçando Olha, equipe Branca tá na frente hein Vamos ver Quem ganhar vou dar um décimo Normalmente esquecem que é igual a 0,1 E aí vamos atiçar! É uma atividade interessante Vai revisar os conteúdos E vai criar uma interação entre os alunos Então Essa é a primeira dinâmica de Matemática Tá bom? Agora vou pra segunda dinâmica Agora, essa dinâmica aqui é mais cara que a primeira que eu falei Você vai precisar do quadro e da caneta Como é que é isso? Primeiro, Você vai dividir a turma, vai conversar sobre a disciplina Matemática A gente sabe que quando fazem o teste do PISA O Brasil em Matemática não é bom A gente sabe também que só a escola não faz milagre Antes era bom e agora não é? As famílias eram mais presentes Hoje os pais não verificam cadernos Não sabem se os filhos praticam as tarefas em casa Matemática só tem 1 jeito de aprender: praticando

O professor vai te ensinar e você tem que praticar Mas, e quando a gente pergunta: você gosta de Matemática? Aluno diz: NÂO Porque acho chato Ou gosto! Porque é desafiador Enfim! Você vai dividir a turma Tenta pegar de um lado O pessoal que tá mais na defesa E do outro, mais na acusação E vê aquele aluno que tem facilidade de intermediar E aí você vai pedir que cada um se manifeste de uma vez Primeiro o grupo da acusação Faça uma acusação contra a Matemática Agora o grupo da defesa

Defenda isso! A juíza ou juiz pode interferir Mas é uma coisa dinâmica faz com que os alunos reflitam Sobre a Matemática Será que realmente a culpa é da Matemática? A gente pode também intercalar Uma hora acusa, outra defende A outra defende, a outra acusa e assim vai É uma forma divertida de você começar seu primeiro dia de aula Sem ser passando várias atividades escritas

Uma outra coisa que pode ser feita Após essa dinâmica, é levar atividades de lógica matemática Muitos professores esquecem de trabalhar o raciocínio lógico matemático Então o aluno vai fazer uma entrevista de emprego Vê questões de raciocínio lógico e fica perdido Ou faz um teste psicotécnico, nas atividades de lógica e fica perdido Certa vez um aluno passou pra EPCAR E aí ele me trouxe algumas questões que foram aplicadas no teste psicotécnico e aí ele comentou que achou fácil Desde então que ele me alertou sobre isso Eu trabalho sempre no primeiro dia umas questões de raciocínio lógico Matemático Por exemplo, Quando você coloca Ja rs J, F, M, Aí vou botando as letras e pergunto: Qual é a próxima? Né? E aí o aluno fica martelando a cabeça Aí você pode dizer: J janeiro, F fevereiro, M março, A abril Uma outra também Essa aqui Aí você fala: Qual é o próximo desenho? Se observarem é um espelhado, dois espelhado, três espelhado Um de frente para o outro E o próximo é o 4 De frente um para o outro Tem aquela também do barco Só aguenta 80 kg Tem 3 pessoas pra atravessar Um já pesa 50, o outro pesa 30 e o outro 10 Como é que vai fazer pra atravessar Então são questões de lógica Matemática Você pode aplicar logo após Essa sessão aqui da promotoria Que vai dizer se a Matemática é culpada Ou ela é vítima Eu acho mais que ela é vítima do que culpada rs Então agora a 3ª dinâmica Bom pessoal, esse aqui eu peguei os brinquedos do meu filho rs rs Pra mostrar pra vocês Esse realmente a gente gasta um pouquinho Esse tapete aqui na verdade Você vai investir Porque vai usar TNT TNT normalmente preto Eu faço pra Olimpíada de Matemática Os alunos escolhem várias cores e aqui tenho 5 Como é que faz? Precisa de uns 3 metros ou mais de TNT Folhas de EVA (cores variadas) Antes eu usava só uma folha (dá pra fazer 4 casas) Uma folha eu divido em 4 partes iguais Passo cola instantânea ou cola quente Por exemplo, esse EVA aqui Você vai dobrar em quatro partes e vai cortar E vai colando formando filas Dando um palmo ou menos de distância pra cada quadrado Aí é só dividir os alunos por equipes

E cada representante vai de uma vez Tem que também fazer 4 cartõezinhos com papel cartão Da cor do EVA com as opções A, B, C, D Você pode imprimir as letras no computador Plastifiquei com durex largo Contact tem que ter uma riqueza danada rs Cada representante fica com os 4 cartõezinhos A cada pergunta levanta a opção que acha correta Se o representante errar, outra pessoa do time o substitui Ou se você quiser, troca caso acerte O time não pode ajudar soprando respostas Normalmente eu faço começando fora do tapete E assim que acertarem, podem entrar na primeira casa do tapete de trilha Você tem que fazer a pergunta e dar 4 opções de resposta Só não pode dar muito tempo pra eles pensarem senão colam rs Então, por exemplo, raiz de 3 sobre raiz de 2 é equivalente a: Letra A Raiz de 6 sobre 2 Letra B: raiz de 6 sobre 4 Letra C raiz de 5 Você vai dando as 4 opções Fala "VALENDO"! Quem levantou o cartão A, pode entrar no tapete E aí conforme acerta, avança Aí você vai fazendo perguntas, sempre com quatro opções de reposta, referente ao ano de escolaridade dos alunos Ou revisional Fazendo perguntas do ano de escolaridade anterior

É um jogo muito disputado! E agora: Ufa! Última sugestão!!!! Pra deixar um pouco mais animado esse primeiro, ou qualquer dia de aula que quiser mais animado Última sugestão! Fazer uma mini olimpiada de Matemática No seu primeiro dia de aula Vocês podem levar o Tangram, que podem pegar a matriz na Internet e cortar no EVA E também podem levar uma torre de Hanói é muito baratinha em lojas de departamentos como a Caçula Essa foi 12 ou 15 reais Torre de Hanói é um quebra cabeça que você tem que movimentar as peças, uma de cada vez, para o outro pino Pode usar como suporte o pino do meio Nunca pode colocar a peça maior sobre a menor Nesse caso, são 5 discos E contam com no mínimo 31 movimentos Por exemplo, vou começar

Quem terminar primeiro, ganha o desafio Terminando pode pegar o tangram Ops! O Tangram esse é um dos meus Tangrans

(O que sobrou deles eu diria rs) Tá beeeem sujo porque os alunos usam muito Eu corto no EVA preto Uso também em olimpíada de Matemática No Tangram você tem 2 triângulos grandes, 1 médio, 2 pequenos, 1 paralelogramo e 1 quadrado (Pelo estado vocês percebem que uso bastante com os alunos rs) Depois vou fazer um vídeo pra mostrar pra vocês como extrair as peças no papel com os alunos Aí é só levar uma imagem e pedir que eles reproduzam com as 7 peças Sem sobrepô-las Também é possível comprar de MDF e na Caçula custa uns 3 a 5 reais Mas de EVA é melhor pra eles movimentarem as peças Então, bastante dicas! Ninguém vai poder reclamar que tem poucas dicas para o primeiro dia de aula de Matemática Vou pedir para que os colegas tentem fazer uma dessas atividades para desmitificar a disciplina Porque Matemática é MUUUUITO legal! Tá presente no nosso dia a dia Na nossa vida Presente em tudo Quando trabalho com 6º ano eu as vezes peço pra eles desenharem onde se usa Matemática Apresento e pergunto Quem eles acham que desenhou Onde se usa Matemática e o que pode ser feito para melhorar a aprendizagem da Matemática

São algumas sugestões Espero que vocês tenham gostado! Qualquer dúvida falem aí Reclamam que eu falo muuuito rápido Mas quando falo sobre Matemática fico muito empolgada rs Meus alunos aqui no canal as vezes pedem pra fazer questão do IFF Agora vou tentar gravar as de Aprendiz de marinheiro Mas, como estamos no retorno as aulas, queria deixar algumas dinâmicas para meus queridos colegas! Pra propiciar a aprendizagem matemática muito mais interessante! Tá bom? Espero que vocês tenham gostado!

Aula Particular de Português

olá tudo bem eu sou bom nisso a professora de língua portuguesa sou formada em letras e pedagogia eu ensino língua portuguesa para crianças e adultos brasileiros e estrangeiros as aulas são presenciais ou a distância a metodologia de ensino é de acordo com a necessidade do aluno porque cada aluno tem um modo de aprender tem uma dificuldade então eu tenho que trabalhar em cima dessa dificuldade porque você é uma luta particular e eu tenho que trabalhar em cima disso tudo bem se você quiser ser um aluno entre em contato comigo agende um horário para que possamos conversar que você me conheça melhor tudo bem um abraço e até lá