Matematica I-VIII

Tudo começou no top ten com uma estrela Na primeira aula, matemática, quem é fofo Eu compartilhei muitas maçãs com meus amigos Placa de multiplicação, sem truques Quatro aulas passaram rapidamente, nem esperei Na quinta, a classe numérica racional eu dei Abaixo da linha, todos eles fazem deles um denominador comum Todos os primos, no poder, dizem que você era louco Guiado por critérios de divisibilidade Até eu entrar em desigualdade no sexto ano Quando se trata de ambientes, do mar a pequenos Patrática, aritmética, geométrica, harmônica Cauchy-Buniakovski-Schwarz, euclidiano Eles me fizeram pensar se eu ainda sou Dan Eu tenho que ter mais perspectivas, ângulos 180 graus, sua soma em triângulos Sétima série, coisas reais, verdade Raízes, radicais, fórmulas, cálculo abreviado Demonstrações, teoremas, Pitagora e Thales, Conhecê-los é senso comum, caso contrário é jales Não se sente em seu quadrado, paralelogramo Não é sobre puxar linhas, estamos trabalhando no programa Funções trigonométricas, se elas parecem ser sinusais, Eu tenho tangente a tangente ou apenas cosseno Oito com funções graficamente convertidas Mais tarde, percebi que era fixo no trânsito Máquinas desconhecidas, em um sistema de equações Pontos, retas, planos e relacionamentos entre eles Parallelipiped, pirâmide ou esfera Calculando áreas e volume, sem mistério, eu Você tem que trabalhar duro e trabalhar nas costas Você pode levar dez irmãos à capacidade!