La matemática de la NASA | Katherine Johnson | MUJERES EN LA CIENCIA

Oi! Como estão? Eu sou a Karen A corrida espacial foi uma competição entre os EUA e a URSS, que começou com o lançamento do satélite soviético Sputnik I em 4 de outubro de 1957 A partir desse momento muitas pessoas em ambas as nações, Eles trabalharam incansavelmente, de modo que seu país era o líder daquela raça

Hoje vamos falar sobre uma dessas pessoas, uma mulher que era muito importante no programa espacial dos EUA E para dar uma ideia das suas contribuições Basta dizer que ela fez os cálculos para enviar o primeiro americano ao espaço Quem era essa mulher e quais eram suas outras contribuições? Vamos descobrir! PODER DA MENINA: MULHERES NA CIÊNCIA KATHERINE JOHNSON Katherine Johnson nasceu em 26 de agosto de 1918 em White Sulphur Springs, West Virginia E desde muito jovem ela mostrou grande talento para a matemática

No entanto, as leis de segregação racial existentes nos EUA, naquela época, Não permitiu que pessoas afro-americanas estudassem além da 8ª série naquela cidade Então seus pais decidem se mudar para que Katherine e seus irmãos pudessem continuar estudando Katherine entrou na idade de 15 anos na West Virginia State University de onde se forma em matemática e francês aos 18 anos Em 1937, a escolha quase única de uma mulher afro-americana trabalhar fora de casa era dedicar-se ao ensino Por essa razão, ela se muda para Marion, na Virgínia, para ser professora de música matemática e francesa

Em 1939, Kartherine era um dos três estudantes e a única mulher afro-americana selecionado para estudos de pós-graduação na Universidade de West Virginia No entanto, Katherine decidiu deixar a escola para começar uma família com seu marido James Goble E ele voltou a ensinar quando suas três filhas eram um pouco mais velhas Foi em 1952, quando Katherine aprendeu que o NACA, que é o antecessor da NASA, Eu estava procurando mulheres afro-americanas para realizar tarefas de cálculo no Departamento de Orientação e Navegação E em 1953, Katherine começa a trabalhar para a NACA

Por 4 anos ele trabalhou como uma calculadora, isto é, executar cálculos fundamentais para os projetos Principalmente nos testes de vôo, bem como na investigação de um acidente aéreo E enquanto ela estava trabalhando nesta investigação, seu marido morreu de câncer em 1956 Em 1958, a NACA se torna a NASA e é aqui que Katherine se destaca por seus cálculos Então vamos ver um pouco mais sobre eles: Em primeiro lugar, ela estava encarregada de calcular o Projeto Mercury, que que foi o primeiro programa espacial tripulado nos EUA, desenvolvido entre 1961 e 1963

Katherine calculou a trajetória parabólica do voo espacial de Alan Shepard o primeiro americano a viajar para o espaço Este vôo foi feito 23 dias após o feito de Yuri Gagarin Em 1962, a NASA estava se preparando para o vôo orbital de John Glenn, e Katherine foi chamada para verificar os resultados que foram obtidos através de computadores eletrônicos Mas o próprio John Glenn pediu que ela verificasse os resultados Diz-se que o Austronauta mencionou: "Se ela diz que eles são bons, então eu estou pronto para sair"

O excelente trabalho de Katering não terminou aí desde que ela fez os cálculos da trajetória do Aolo 11 por nada mais e nada menos que levar o homem à lua Além disso, seus cálculos ajudaram a sincronizar o módulo lunar com o módulo orbital Katherine também trabalhou na missão Apollo 13 implementando procedimentos e gráficos de navegação para trazer a nave de volta à Terra Katherine Johnson se aposentou em 1986 Mas durante sua estadia na NASA ela recebeu muitos prêmios, ela também foi selecionada como a matemática do ano em 1997 e se isso não bastasse, ele recebeu vários doutorados honoris causa '

Em 2015, ele recebeu a medalha presidencial de liberdade, que é a maior decoração civil dos EUA Também em 2017 o filme chamado "Hidden Talents" ou "Hidden Figures" foi lançado onde ele conta sua vida e a de outras mulheres extraordinárias que trabalharam na NASA E o que você acha da vida dessa mulher extraordinária? Incrível! Certo? By the way, eu recomendo que você assista o filme É um ótimo filme! Eu gostei muito e fiquei fascinado com isso Então, se eles tiverem uma chance E, a propósito, antes de terminar o vídeo, gostaria de contar sobre um pequeno evento que vai acontecer aqui no país, especificamente no estado do México

É um pequeno concurso robótico que será realizado principalmente entre as crianças Então, se você está interessado neste evento agora eu deixo uma cápsula para falar um pouco mais sobre isso e, claro, links na descrição E isso é tudo por hoje Muito obrigado por assistir! Se você gostou do vídeo não se esqueça de dar like, se inscreva para mais vídeos E acima de tudo, me ajude compartilhando nas redes sociais

Vamos fazer este aqui, um mundo com mais ciência Até a próxima!

Comunidad Matematica

Use esses números para fazer 36 Nós começamos a fazer este programa Que tal adicionarmos tudo isso juntos

Comunidad Matematica, que é espanhol para a comunidade de matemática 33 mais 3 porque percebemos que havia a necessidade de apoiar um certo grupo de alunos que notamos ano após ano só precisava de um pouco de apoio adicional e por isso estávamos pensando o que é uma maneira diferente que poderíamos abordar o apoio a essas crianças e fazendo isso de uma forma que é emocionante e que ajuda a ajudá-los a mudar sua pensamentos sobre si mesmos como matemáticos este número vezes o que é igual a 132 Muitas vezes vemos crianças na sala de aula que são derrotadas

Este cartões para sua cabeça é difícil, matemática é algo que eles sentem como se não pudessem se relacionar e nosso foco este ano é realmente olhando para como podemos fazer essas crianças se sentem confiantes Veja-se como estudiosos Veja-se como alguém capaz de fazer matemática e vendo um propósito para a matemática 6 é igual a dezoito Fazendo um programa de nove semanas, duas vezes por semana, depois da escola e esperando ver resultados não apenas nas habilidades matemáticas, mas nas atitudes matemáticas Eu pensei que ia ser como um pequeno grupo de pessoas, mas como era enorme e eu realmente gosto disso Às vezes os problemas na aula de matemática são um pouco complicados, mas me acostumo a complicar você tirou quantos foram vendidos em setembro As crianças no programa, eu acho, não sabiam bem o que era porque nós inventamos isso Não é algo que existiu antes Mas eles estão aqui todas as vezes Eu não sei se eles sabiam o que ia ser e eu não tenho certeza de que fizemos ou mas o que se transformou em ser algo isso é que eu acho alto e envolvente e divertido Você realmente os adicionou

Eu acho que eles estão aprendendo e mudando suas percepções de matemática quase a despeito de si mesmos você precisa fazer cinco passos bem Eu estou olhando para o foco da comunidade que podemos ter aqui sabendo que temos alguns irmãos mais velhos impressionantes com o qual trabalhamos no passado quem pode voltar e ser uma espécie de modelos e mostre-se como aprendizes de uma forma que seja um modelo para as crianças mais novas

Então nós temos sete estudantes que vêm da Redmond Middle School toda semana Eles passam uma hora aqui se preparando antes de se moverem juntos e trabalhe com nossos grupos menores É um 4 Eles foram incrivelmente confiáveis ​​e foram consistente em uma força positiva Tem sido realmente incrível ver algumas dessas crianças que geralmente são um pouco mais distraídos na sala de aula e se tornar muito mais focado porque eles conhecem seus irmãos mais velhos lá Tipo de ficar de olho neles Nós ajudamos as crianças dizendo que isso é certo ou errado e estamos tentando deixá-los aprender, em vez de lhes contarmos o problema E se estamos presos a um problema, os professores ou as escolas de ensino médio nos ajudam com isso

Nós vimos que eu acho muito impacto positivo sobre as crianças até agora, eles estavam gostando Outro dia eu tive um estudante que nem sempre ama matemática escola durante o dia Diga oh homem, eu gostaria que pudéssemos fazer isso por duas horas depois da escola Você terá que dividir isso vai ser verdade para todos Esta comunidade de matemática realmente deu aos alunos a confiança de que eles precisa continuar a progredir dentro da sala de aula e em casa

O fato de que eles estão fazendo isso aprendendo juntos e é um lugar seguro para questionar e imaginar coisas e digo, estou realmente lutando com isso agora tem sido muito benéfico, penso para as crianças

¿Para qué sirven las matemáticas? Eduardo Sáenz de Cabezón, matemático

Todos os dias, e eu não sei se te surpreende ou não, Todos os dias há alguém que tenta nos manipular Todo dia alguém usa erros lógicos para nos manipular

Todo dia alguém disfarça os dados para tentar nos manipular Se alguém tem o rigor da matemática e tem a capacidade de entender isso, É mais difícil de manipular, é mais livre, é um cidadão crítico, um cidadão crítico Matemática é um instrumento muito poderoso exercer a cidadania de maneira crítica Para exercitar a liberdade, precisamos da matemática E alguém dirá: "Algo estranho para mim está soando, certo?" Não, mas é verdade que quanto mais você é capaz analisar as situações com rigor, de ter o rigor que eles trazem sobre matemática, Esse isolamento dos problemas é mais difícil de enganar

E também se ele souber interpretar os dados e se souber interpretar os argumentos Aqui está a lógica, as estatísticas Eles são a linguagem da ciência Devemos isso a Descartes Descartes como dizemos

Qualquer um que estuda com um método científico qualquer coisa, E quando se fala em ciência não é só biologia, física Eu falo do método científico na história, sociologia, nas humanidades, Você precisará de estatísticas ou precisará de modelagem Eles estão presentes em qualquer abordagem científica para qualquer disciplina

Então há outra coisa, e é muito curioso, que Platão disse que havia tantas horas de matemática ensinadas porque a matemática nos ajuda a encontrar o bem Através da verdade, procure o bem Embora isso não esteja na moda, fale assim, de alguma forma, A matemática também nos coloca nisso, certo? Sair de si mesmo, das condições que temos para procurar outras coisas que estão um pouco mais longe Matemática está por trás de tudo o que fazemos neste mundo, ciência e tecnologia Já, mas e o que, e o que? Isso na minha vida diária me serve como algo? Não funciona para mim Qual é a armadilha? A armadilha parece-me ser que só estudamos essas coisas que vou aplicar na minha profissão

Por quê? Nós perderíamos quase tudo Quase tudo que damos para a escola, sinto muito não servirá no dia a dia, Você não vai usá-lo materialmente na vida cotidiana por nada Mas o processo de ter aprendido tudo isso Ele nos moldou, nos fez conhecer o mundo, Isso nos coloca na tradição em que somos E isso nos serve, nos torna mais úteis para nós Então, essa armadilha de estudar apenas o que é servido, Eu acho que o que está transformando a educação Apenas em treinamento para uma profissão específica, e a educação, especialmente na primária, é uma construção da pessoa, e matemática serve para a construção da pessoa A outra coisa pela qual eles servem, É como eu disse antes ser mais feliz, ser mais completo saber, por um lado, entender o mundo em que estamos e, por outro lado, para nós mesmos

Existem poucas coisas mais humanas que a matemática Provavelmente somos seres orais, que estamos interessados ​​nas histórias, e que somos seres matemáticos, nós medimos o mundo, contamos isso, nós tentamos entendê-lo e sistematizá-lo e para isso servem a matemática, as matrizes, as operações E é que, muitas vezes, penso que consideramos a educação, ambos meninos, meninas, desde muito jovens, Como sistemas educacionais, profissionais e pais, que é: "Você estuda isso, porque no futuro você servirá Para ter uma profissão no futuro " já, e o presente o que? Ou seja, as crianças são pessoas, as meninas já são pessoas, E eles têm uma vida e todo o direito de ser felizes Adolescentes, adolescentes são pessoas já, e você tem o direito de ser feliz já

Então, às vezes, eu exagero enquanto estamos ficando irritados: "Mas, fique aborrecido, no futuro ele irá atendê-lo" Agora, porém, pode ser que você aprenda coisas que me ajudarão no futuro, mas para apreciá-los já Parece-me que, ao ensinar, há uma coisa, Existe um componente que está quase sempre no canto da classe porque nos pareceu, tradicionalmente, que é acionado com a aprendizagem, o que é prazer Prazer, curiosidade e desejo Eles são os principais motivadores para aprender Então, eu acho que um compromisso da escola também é necessário com o presente de cada pessoa, e vamos ficar felizes na escola Claro que temos o futuro pela frente Claro, crianças, meninas aprendem para o futuro, mas não só, também a conta presente

Tabuada do 8 – Matemática para crianças – Tabuada do oito

Tabuada oito vezes um igual a oito oito vezes dois igual a dezesseis oito vezes três igual a vinte e quatro oito vezes quatro igual a trinta e dois oito vezes cinco igual a quarenta oito vezes seis igual a quarenta e oito oito vezes sete igual a cinquenta e seis oito vezes oito igual a sessenta e quatro oito vezes nove igual a setenta e dois oito vezes dez igual a oitenta 8 x 1 = 8 8 x 2 = 16 8 x 3 = 24 8 x 4 = 32 8 x 5 = 40 8 x 6 = 48 8 x 7 = 56 8 x 8 = 64 8 x 9 = 72 8 x 10 = 80 Tabuada do oito, tabuada do 8

Balog Francisc – profesor de matematica si informatica

Meu nome é Balog Francisc, e sou professor de matemática e ciência da computação há 30 anos na Bartha Károly Gymnasium School em Boroşneu Mare Desde 2000, dou aulas de informática V-VIII

Sempre me senti atraído por romances de TIC e tenho me esforçado para acompanhá-los Eu participei de muitos cursos de treinamento de TI Com a ajuda do conhecimento adquirido nesses cursos, construímos a página da escola Nós construímos o aplicativo de matemática on-line, que consiste em duas partes Matemática e Cadernos de Matemática Exercícios de matemática online Esses aplicativos são usados ​​diariamente pelos alunos nas aulas de matemática e residência

COMO ESTUDAR MATEMÁTICA | Lucas Felpi

Oi pessoal! Bom dia, boa tarde, e boa noite, pra quem estiver assistindo! Eu aqui agora vou falar pra vocês nesse primeiro vídeo algumas dicas sobre como estudar matemática Essa matéria que é tão vista como difícil pra muitos estudantes no país, que o pessoal mais tem dificuldade pelo que eu via

Foi o assunto mais cobrado por vocês no meu post no Instagram, que teve mais comentários, e mais dúvidas foram pedidas pra mim Então eu vou aqui tentar falar algumas das dicas pra vocês estudarem essa matéria, se recuperarem nesse assunto e conseguirem ir bem nos vestibulares que vocês têm pela frente Vou juntar esse assunto em principalmente 5 dicas pra vocês estudarem matemática e, lá no final, na última dica, eu vou falar mais especificamente sobre os estudos de matemática pro Enem, o estilo dos exercícios do Enem Bom, então vamos lá! Na primeira dica, eu vou falar com o pessoal que diz que não sabe nada de matemática O pessoal que fala "não sei nada, não consigo resolver nenhum exercício, tenho muita dificuldade com qualquer matéria que aparece, não consigo resolver"

Essa dificuldade acontece com bastante gente porque matemática é a matéria mais cumulativa que existe Se você tem dificuldade em matemática a esse ponto, é porque a sua dificuldade vem de um processo anterior a hoje em dia No Ensino Fundamental provavelmente e passando os anos do Ensino Médio, pode ter pego algumas recuperações, não ter entendido completamente os assuntos A sua dificuldade vai acumulando, e você não consegue depois resolver outras matérias, porque elas exigem os conhecimentos mais básicos O que eu recomendo é você procurar os seus pontos fracos enquanto você faz exercícios, procurar qual o seu erro que você repete várias vezes, e voltar atrás mesmo pra estudar

Não precisa ter vergonha de voltar atrás nos estudos de matemática, e procurar uma matéria de Ensino Fundamental, procurar uma matéria mais básica que você tenha errado bastante, porque é isso que pode estar te impedindo de uma nota boa em matemática Se você, por exemplo, percebe que o seu erro é repetitivamente desenvolver equações de primeiro grau, volta e procura materiais na internet ou em livros didáticos, de Ensino Fundamental mesmo, procura como resolver essas equações, fazer exercícios Em qualquer matéria que você percebe que está falhando alguma coisa e essa matéria possa ser um passo atrás da que você está hoje, não tem problema: volta atrás, estuda, pra depois continuar para a mais difícil Minha dica número 2 vai sobre tempo Quanto tempo diário é bom estudar matemática? Eu acho que isso vai de cada um: você mesmo tem que saber se você tem muita dificuldade, média dificuldade, ou facilidade na matéria de matemática, e aí você vai poder ir escolhendo quanto tempo você precisa

Eu acho que você precisa ir testando e vendo quanto o seu cérebro aguenta de matemática de uma vez só, e ao mesmo tempo vendo quanto é suficiente pra você estudar e ter uma conclusão dos seus estudos por dia, sem interromper muito A dica número 3 é sobre estudar teoria Muita gente pergunta se é importante estudar a teoria de matemática, ou não, se fazer exercício é mais importante Eu considero que teoria é importante sim, porque, sem você ter um contato com a teoria, você não consegue pular pros exercícios Então, em cada assunto, eu acho que você tem que se perguntar: você já tem uma noção daquela matéria? Você já tem um pouco mais de conhecimento sobre ela? Se sim, vai pros exercícios, e aí nos próprios exercícios você vai perceber o que você está errando mais, quais são as suas dificuldades naquele assunto, pra você perceber os seus erros e aí conseguir voltar na teoria e estudar especificamente o que está te fazendo errar

Se não, se você não tem muito conhecimento sobre aquela teoria, sobre aquele assunto, primeiro estuda a teoria, estuda as noções básicas daquele assunto, pra depois ir pros exercícios Dica número 4 é sobre os próprios exercícios Como fazer exercícios de uma forma que seja eficiente e produtiva Eu acho que você tem que procurar os seus pontos fracos cada vez que você faz exercício de uma matéria, analisar o que você está errando Então a cada vez que você faz exercício, não só faz o exercício e checa se está certo: checa se o seu raciocínio foi certo, se o seu desenvolvimento foi correto

E se teve um exercício que você não conseguiu fazer, procura como faz ele na internet, ou no seu livro, ou com um professor Procura como era o passo-a-passo pra fazer aquele exercício e pra resolver, porque é assim que você vai aprendendo Sobre como fazer os exercícios em casa, eu gosto bastante de dizer pra você ler o enunciado em voz alta Muita gente se pega lendo enunciado sem entender o que está lendo, porque se distrai, porque está pensando em outra coisa, porque lê e ao mesmo tempo não está muito concentrado Eu gosto bastante de ler em voz alta, porque quando eu falo eu não tenho como me desconcentrar daquilo, eu estou me forçando a me concentrar naquelas palavras e naquela leitura, pra eu poder realmente passar uma leitura de uma vez só e conseguir já pegar o que o exercício está pedindo e o que ele está me dando

A dica número 5 vai pros próprios exercícios de Enem, como estudar pra prova de matemática do Enem Eu acredito que a prova do Enem não é só uma prova de conteúdo de matemática: ela também exige muito a habilidade de leitura e interpretação de texto Então, além de você estudar tudo isso que a gente falou até agora, sobre o conteúdo, você tem que ter boa noção de o que o Enem pede de leitura e interpretação, porque, como você pode ter percebido se você já fez alguma edição do Enem, as questões de matemática têm textos normalmente longos e complicados Esses textos longos normalmente são pra tornar a questão mais difícil do que ela é A questão pode exigir um conteúdo fácil, mas o texto torna ela um pouco mais difícil colocando palavras complicadas, ou uma situação complicada do cotidiano, que você precisa interpretar, extrair de lá as informações e extrair o que ele está pedindo de conteúdo matemático

As questões do Enem não são tão difíceis quanto parecem A forma que eu acho mais eficiente de estudar pra matemática no Enem é fazendo exercícios do próprio Enem, de edições anteriores Eu acho que depois que você já estudou a maioria dos conteúdos de matemática e vai focar pro Enem especificamente, pega bastante exercício de edições anteriores do Enem, e procura entender como eles funcionam, como eles cobram os assuntos que eles cobram, e como eles trabalham com diversos assuntos que você já estudou Normalmente os exercícios têm esses textos longos, mas quanto mais você treina, mais você treina sua capacidade de tirar a parte difícil deles e você vai conseguir resolver a maioria desses exercícios O truque é você se adaptar ao estilo de questão que o Enem cobra, que é diferente dos outros vestibulares e de outras provas por aí

Eu estou dizendo por experiência própria, porque eu mesmo entendi essa tática, entendi que essas questões não eram tão difíceis quanto parecem, então, quando eu cheguei na hora da prova, eu já olhei pras questões falando "Não, eu sei que isso daqui não é tão difícil, é só ler com cuidado, é só extrair dali com cuidado, que você faz os exercícios como você faz qualquer outro" E eu acho que é isso! Espero que vocês tenham gostado, continuem inscritos no canal, eu vou ainda fazer muitos vídeos sobre outros assuntos, outras dicas Vão me mandando no Instagram @lfelpi outras sugestões de videos e de assuntos que eu posso abordar Quanto mais conteúdo a gente vai produzindo, mais eu espero ir ajudando vocês nas suas rotinas, e agora nesse início de aulas Então, muito obrigado por assistirem, e até a próxima!

Music and math: The genius of Beethoven – Natalya St. Clair

Tradutor: Romane Ferreira Revisor: Ruy Lopes Pereira Pode até parecer um paradoxo, ou uma piada de mau gosto, mas é verdade Beethoven, o compositor de algumas das músicas mais celebradas da história, passou a maior parte de sua carreira ficando surdo

Então, como ele ainda foi capaz de criar composições tão tocantes e intrincadas? A resposta está nos padrões escondidos nos belos sons Vamos dar uma olhada na famosa "Sonata ao luar", que abre com um uma sequência de notas lentas agrupadas em tercinas: Um-e-um-dois-e-um-três-e-um Mas, apesar de soarem aparentemente simples, cada tercina contém uma elegante estrutura melódica, revelando a relação fascinante entre a música e a matemática Beethoven uma vez disse: "Eu sempre tenho uma imagem na mente quando componho, e sigo suas linhas" Da mesma forma, podemos visualizar uma oitava de piano composta de 13 teclas, cada uma separada por um semitom

Uma escala maior ou menor padrão usa oito dessas teclas, com cinco intervalos de tons e dois de semitons A primeira metade do compasso 50, por exemplo, consiste em três notas em Ré maior, separadas por intervalos chamados terças, que pulam sobre a próxima nota na escala Sobrepondo a primeira, terceira e quinta notas da escala: Ré, Fá sustenido e Lá, temos um padrão harmônico chamado de tríade Mas esses não são apenas números mágicos arbitrários Mais que isso, eles representam a relação matemática entre as frequências de diferentes notas, formando uma série geométrica

Se começarmos com a nota Lá3 a 220 hertz, a série pode ser expressa com esta equação, onde "n" corresponde a sucessivas notas no teclado A tercina em Ré maior da "Sonata ao luar" usa valores "n" de cinco, nove e doze E colocando esses valores na função, podemos traçar a onda senoidal de cada nota, nos permitindo ver os padrões que Beethoven não conseguia ouvir Quanto todas as três ondas senoidais são traçadas, elas se intersectam no ponto inicial de coordenadas (0,0), e de novo em (0;0,42) Dentro deste espaço, o Ré passa por dois ciclos completos, O Fá sustenido passa por dois e meio, e Lá passa por três

Esse padrão é conhecido como consonância, que soa naturalmente agradável Mas talvez igualmente cativante é o uso que Beethoven faz da dissonância Deem uma olhada nos compassos de 52 até 54, contendo tercinas com as notas Si e Dó Como o gráficos mostram, as ondas estão fora de sincronia, raramente coincidindo, quando muito E é pelo contraste dessa dissonância com a consonância da tríade em Ré maior nos compassos precedentes que Beethoven adiciona os inquantificáveis elementos da emoção e da criatividade à certeza da matemática, criando o que Hector Berlioz descreveu como: "um desses poemas que a linguagem humana não sabe como qualificar

" Assim, apesar de podermos investigar os padrões matemáticos das peças de música, ainda não descobrimos por que certas sequências desses padrões atingem os corações dos ouvintes de certas formas E a genialidade de Beethoven estava não somente em sua habilidade de ver os padrões sem ouvir a música, mas de sentir seu efeito Como James Sylvester escreveu: "Não poderia a música ser descrita como a matemática dos sentidos, matemática como música da razão?" O músico sente a matemática O matemático pensa a música Música, o sonho

Matemática, a vida de trabalho

Como ser bom em Matemática

Bom galera! Ricardo Alencar da Escola Aprender, e hoje eu vou falar sobre, como ser bom em matemática Esse meu canal, ele na verdade, ele não é só pra falar de matemática, tem muito conteúdo de matemática, porque eu sou professor de matemática e de física, ou seja, ciências, só que muitas pessoas tem muita dificuldade, e é por isso que eu me dedico bastante a colocar conteúdo de matemática, mas também vídeos como esse, que falam dicas ou então reflexões sobre aprender, sobre melhorar a inteligência e tudo mais

Então vamos pensar no seguinte Você é bom de matemática? Bom, a maioria das pessoas vai dizer que não, Só que é o seguinte, a grande parte da humanidade tem plena condição de se tornar inteligente em matemática, a questão é nem todo mundo acredita nisso, nem todo mundo faz por onde se tornar melhor em matemática Então é o seguinte, pensando nessa dificuldade, pensando nessa nesse problema de ter que aprender matemática e achar que não pode, achar que não consegue é que eu desenvolvi esse canal, mas que ele vai além disso né ele vai além de pensar em melhorar em matemática, mas para você que está com essa dificuldade, vamos pensar o seguinte Não existe essa questão de gênio para a grande maioria das pessoas, na verdade boa parte dos matemáticos profissionais, são pessoas com inteligência normal, apenas que se dedicaram mais e se desenvolveram, mas ai você vai dizer: Ah mas aquele menino inteligente com 12 doze anos de idade, consegue resolver todos os problemas do mundo, tudo bem, existem pessoas com essa capacidade mas são minorias, tão minoria como as pessoas que não conseguem de jeito nenhum aprender matemática, por problema fisiológicos por problemas mentais, e isso também é exceção, a grande maioria das pessoas, consegue aprender matemática, e consegue se desenvolver Então vou falar aqui de 4 dicas para que você aprenda matemática, para que você melhora na sua matemática, para que você se torne pelo menos bom em matemática

Primeira dica, esse carinha aqui é o Saitama, e ele é de um anime de um mangá que eu gosto muito, porque é muito engraçado, que é o One Punch Man ele é um cara que consegue derrotar todos os inimigos com um soco só, todos inimigos e aí, porque que ele, eu escolhi o Saitama pra falar inicialmente essa primeira dica? É o seguinte ele um dia entediado na verdade essa é a graça do anime, superentediado eu acho um saco tudo, ele vai ser herói só pra se divertir, ele, ele lida com um vilão e quase não consegue derrotar o vilão, por muita sorte ele consegue atingir o ponto fraco do vilão e se interessa em se tornar herói, então ele aplica uma serie de exercícios, todos os dias, durante 3 anos e de repente ele se torna o maior herói de todos os tempos naquele mundo, ele é superpoderoso, ele qualquer inimigo que ele lida ele consegue lidar com apenas um soco, quando ele coloca todo o seu poder né, e isso é bem interessante, porque a gente está acostumado com os desenhos tipo, Dragon Ball, Naruto One piece que o herói vai se desenvolvendo ao longo de todo anime, de todo mangá Quanto ao One Punch Man não, ele já está no nível máximo, e agora vão se desenvolver outras coisas Pois bem, mas o que eu quero dizer da dica, essa dica número 1, tenha à vontade o desejo real de se tornar bom em matemática, tenha a vontade e o desejo real Ele teve essa vontade, então ele se dedicou ao longo de 3 longos anos, e o treinamento dele é muito engraçado, porque não é um treinamento tão difícil assim Porque que é engraçado? Porque ele vai fazer cem flexões, cem agachamentos, cem abdominais e correr dez quilômetros todos os dias, e aí ele se tornou o maior herói do mundo, mas você pode pensar

Meu Deus como é que é isso ? Como é que eu vou me tornar melhor em matemática? Vá assistir o anime para ver essa situação, é porque ele enfrentou grandes dificuldades no processo, teve preguiça, teve dor muscular, teve um monte de coisa que aconteceu, mas ele acreditou, ele não se sentiu impotente diante das situações, ele foi lá, quis, encarou, e pagou o preço de se tornar o maior herói de todos os tempos Entendeu ? Então isso é que é interessante, tenha vontade, tenha desejo realmente, a motivação, e essa motivação não é no primeiro dia, não é após esse vídeo que você, eu sou melhor de matemática, não é no processo, e é por isso que vem a segunda dica, assim, segunda dica é o seguinte Todo o edifício, toda casa, ela precisa de fundamentos, e é por isso que esses meus vídeos aqui eu coloco muita coisa de fundamento, adição, subtração multiplicação, divisão, dentro em breve eu vou colocar coisas de espaço e formas, geometria, grandezas, medidas, coisas da matemática básica, coisas da matemática simples, e se você aprender agora nesse momento você vai dar uma base, um fundamento, para todo edifício que você vai construir a partir de hoje, então e essa é a ideia, você tem que construir sobre rocha, e essa rocha é o fundamento, é colocar pedra é colocar o que a gente chama de seixo, areia, concreto, colocar ferro, e isso é que vai te dar a base, quando você vai estudar ,não adianta se você não tiver essa base matemática, você fica parado, não adianta estar agora no ensino médio, não adianta estar no ensino superior ou na pós graduação ou no seu trabalho, e não ter esse fundamento, é preciso voltar , é preciso dar 2 3 4 cem passos atrás, para que você consiga subir, entendeu ? Então construa esse fundamento, se dedica a construir esse fundamento Terceira ideia que vou falar é o seguinte Vamos voltar ao Saitma

Ele fez durante 3 anos essa sequencia de exercícios Em matemática não tem segredo É realizar exercícios diariamente, frequentemente, as vezes até voltando para o que você já sebe, e pra tentar entender algo novo Então você tem que fazer, tanto o exercício que você conhece, quando desafios que você ainda não conhece, e esse processo de fazer algo novo, de tentar resolver algo que você ainda não conseguiu resolver, é o que vai te ajudar, é o que vai te fortalecer, é o que vai te deixar muito mais poderoso na matemática Bom o quarto tem haver com esse terceiro, que é hackear os exercícios, que nem um hacker de computador, que vai lá entra no código, entra no site, consegue ver o que está lá por dentro

A mesma coisa são com exercícios, você precisa abrir esses exercícios e não só resolver O que é que eu quero dizer com isso? Bom galera! Ricardo Alencar da Escola Aprender, e hoje eu vou falar sobre, como ser bom em matemática Esse meu canal, ele na verdade, ele não é só pra falar de matemática, tem muito conteúdo de matemática, porque eu sou professor de matemática e de física, ou seja, ciências, só que muitas pessoas tem muita dificuldade, e é por isso que eu me dedico bastante a colocar conteúdo de matemática, mas também vídeos como esse, que falam dicas ou então reflexões sobre aprender, sobre melhorar a inteligência e tudo mais Então vamos pensar no seguinte Você é bom de matemática? Bom, a maioria das pessoas vai dizer que não, Só que é o seguinte, a grande parte da humanidade tem plena condição de se tornar inteligente em matemática, a questão é nem todo mundo acredita nisso, nem todo mundo faz por onde se tornar melhor em matemática

Então é o seguinte, pensando nessa dificuldade, pensando nessa nesse problema de ter que aprender matemática e achar que não pode, achar que não consegue é que eu desenvolvi esse canal, mas que ele vai além disso né ele vai além de pensar em melhorar em matemática, mas para você que está com essa dificuldade, vamos pensar o seguinte Não existe essa questão de gênio para a grande maioria das pessoas, na verdade boa parte dos matemáticos profissionais, são pessoas com inteligência normal, apenas que se dedicaram mais e se desenvolveram, mas ai você vai dizer: Ah mas aquele menino inteligente com 12 doze anos de idade, consegue resolver todos os problemas do mundo, tudo bem, existem pessoas com essa capacidade mas são minorias, tão minoria como as pessoas que não conseguem de jeito nenhum aprender matemática, por problema fisiológicos por problemas mentais, e isso também é exceção, a grande maioria das pessoas, consegue aprender matemática, e consegue se desenvolver Então vou falar aqui de 4 dicas para que você aprenda matemática, para que você melhora na sua matemática, para que você se torne pelo menos bom em matemática Primeira dica, esse carinha aqui é o Saitama, e ele é de um anime de um mangá que eu gosto muito, porque é muito engraçado, que é o One Punch Man ele é um cara que consegue derrotar todos os inimigos com um soco só, todos inimigos e aí, porque que ele, eu escolhi o Saitama pra falar inicialmente essa primeira dica? É o seguinte ele um dia entediado na verdade essa é a graça do anime, superentediado eu acho um saco tudo, ele vai ser herói só pra se divertir, ele, ele lida com um vilão e quase não consegue derrotar o vilão, por muita sorte ele consegue atingir o ponto fraco do vilão e se interessa em se tornar herói, então ele aplica uma serie de exercícios, todos os dias, durante 3 anos e de repente ele se torna o maior herói de todos os tempos naquele mundo, ele é superpoderoso, ele qualquer inimigo que ele lida ele consegue lidar com apenas um soco, quando ele coloca todo o seu poder né, e isso é bem interessante, porque a gente está acostumado com os desenhos tipo, Dragon Ball, Naruto One piece que o herói vai se desenvolvendo ao longo de todo anime, de todo mangá Quanto ao One Punch Man não, ele já está no nível máximo, e agora vão se desenvolver outras coisas

Pois bem, mas o que eu quero dizer da dica, essa dica número 1, tenha à vontade o desejo real de se tornar bom em matemática, tenha a vontade e o desejo real Ele teve essa vontade, então ele se dedicou ao longo de 3 longos anos, e o treinamento dele é muito engraçado, porque não é um treinamento tão difícil assim Porque que é engraçado? Porque ele vai fazer cem flexões, cem agachamentos, cem abdominais e correr dez quilômetros todos os dias, e aí ele se tornou o maior herói do mundo, mas você pode pensar Meu Deus como é que é isso ? Como é que eu vou me tornar melhor em matemática? Vá assistir o anime para ver essa situação, é porque ele enfrentou grandes dificuldades no processo, teve preguiça, teve dor muscular, teve um monte de coisa que aconteceu, mas ele acreditou, ele não se sentiu impotente diante das situações, ele foi lá, quis, encarou, e pagou o preço de se tornar o maior herói de todos os tempos Entendeu ? Então isso é que é interessante, tenha vontade, tenha desejo realmente, a motivação, e essa motivação não é no primeiro dia, não é após esse vídeo que você, eu sou melhor de matemática, não é no processo, e é por isso que vem a segunda dica, assim, segunda dica é o seguinte

Todo o edifício, toda casa, ela precisa de fundamentos, e é por isso que esses meus vídeos aqui eu coloco muita coisa de fundamento, adição, subtração multiplicação, divisão, dentro em breve eu vou colocar coisas de espaço e formas, geometria, grandezas, medidas, coisas da matemática básica, coisas da matemática simples, e se você aprender agora nesse momento você vai dar uma base, um fundamento, para todo edifício que você vai construir a partir de hoje, então e essa é a ideia, você tem que construir sobre rocha, e essa rocha é o fundamento, é colocar pedra é colocar o que a gente chama de seixo, areia, concreto, colocar ferro, e isso é que vai te dar a base, quando você vai estudar ,não adianta se você não tiver essa base matemática, você fica parado, não adianta estar agora no ensino médio, não adianta estar no ensino superior ou na pós graduação ou no seu trabalho, e não ter esse fundamento, é preciso voltar , é preciso dar 2 3 4 cem passos atrás, para que você consiga subir, entendeu ? Então construa esse fundamento, se dedica a construir esse fundamento Terceira ideia que vou falar é o seguinte Vamos voltar ao Saitma Ele fez durante 3 anos essa sequencia de exercícios Em matemática não tem segredo

É realizar exercícios diariamente, frequentemente, as vezes até voltando para o que você já sebe, e pra tentar entender algo novo Então você tem que fazer, tanto o exercício que você conhece, quando desafios que você ainda não conhece, e esse processo de fazer algo novo, de tentar resolver algo que você ainda não conseguiu resolver, é o que vai te ajudar, é o que vai te fortalecer, é o que vai te deixar muito mais poderoso na matemática Bom o quarto tem haver com esse terceiro, que é hackear os exercícios, que nem um hacker de computador, que vai lá entra no código, entra no site, consegue ver o que está lá por dentro A mesma coisa são com exercícios, você precisa abrir esses exercícios e não só resolver O que é que eu quero dizer com isso? É que você precisa entender o processo, como é que esse processo, de resolver esse tipo de exercício, me ajuda a resolver outros tipos, qual é o passo a passo, qual é o passo a, o passo b o passo c, não e simplesmente chegar no resultado e marcar alternativa, você tem que resolver e entender o que é que você fez, e pegar esse processo, e tentar colocar em outras situações, que as vezes vai dar certo, que as vezes não

É muito comum o professor falar, gente coloca aqui os dados, agora olha qual é o conteúdo, agora vê, como é que se resolve outros exercícios, e volta pra esse, a ideia é essa, você hackeia, você procura entender, como é que se resolve aquele exercício, para aplicar em outros, e quando não der certo você vai ter que criar um novo processo, uma nova forma de resolver Entendeu? Então são essas quatro dicas para você começar e de fato se segui-las, vai te ajudar muito a se tornar bom em matemática Tá legal? Espero que você tenha gostado Passe isso para outras pessoas que se acham ruins em matemática, se você achar que esse conteúdo é interessante E eu agradeço você ter ficado até o final do vídeo

Até mais! AH! Não se esqueça de se inscrever aqui no canal Da aquele like se você gostou Até mais !!!

The Map of Mathematics

Matemática que ensinamos na escola não faz justiça suficiente no campo da matemática Nós vemos apenas um de seus ângulos, mas a matemática como um todo é um assunto com uma variedade incrível

Meu objetivo com este vídeo é contar todas essas coisas impressionantes Vamos começar desde o primeiro ponto de partida A origem da matemática é baseada na contagem Na verdade, contar não é apenas habilidade humana, outros animais têm a capacidade de contar também e evidência de contagem humana que vemos em tempos pré-históricos, com sinais feitos em ossos Ao longo dos anos, houve muitas inovações, com a primeira equação dos egípcios, Os antigos gregos fizeram grandes progressos em muitos campos, como geometria e numerologia, e números negativos foram detectados na China

E arranhar como um número foi usado pela primeira vez na Índia Então, na Idade de Ouro do Islã, os matemáticos persas fizeram grandes progressos com o primeiro livro escrito para álgebra Então a matemática floresce no Renascimento junto com outras ciências Agora, há mais na história da matemática do que acabei de dizer, mas vai saltar no tempo moderno e matemática como a conhecemos Matemática moderna pode ser dividida em duas áreas, matemática pura: ciência de matemática para o seu próprio bem, e matemática aplicada: quando você desenvolve matemática para ajudar de resolver alguns problemas reais no mundo

Mas existem muitos viadutos Na verdade, muitas vezes na história alguém passou pelo deserto da matemática motivado simplesmente pela curiosidade e como se fosse impulsionado por um sentido estético E então eles criaram um novo conjunto de matemática que era bom e interessante mas não traz algo que possa ser útil Mas, digamos, depois de centenas de anos, alguém vai trabalhar em um problema no canto o último em física ou ciência da computação e vai descobrir que esta velha teoria em matemática pura é exatamente o que você precisa para resolver seu problema do mundo real! Isso é incrível, eu acho! E esse tipo de coisa aconteceu tantas vezes nos últimos séculos É interessante a frequência com que algo tão abstrato acaba sendo muito útil

Mas eu também devo mencionar que a matemática pura ainda é uma coisa muito valiosa porque pode ser interessante e ter beleza e elegância isso é quase feito como arte Ok, com esta explicação entusiástica, vamos entrar no trabalho A matemática pura é composta de várias partes Estudar números começa com números naturais e o que você pode fazer com eles operações aritméticas E, em seguida, olha para outros tipos de números, como números completos, contendo números negativos, números racionais com quebras, números reais que incluem números como pi, que continuam em pontos decimais infinitos e, em seguida, números complexos e um outro inteiro

Alguns números têm características interessantes, como números simples, ou pi ou números exponenciais (indicador) Existem também características desses sistemas numéricos, como, por exemplo, embora existam uma quantidade infinita de números completos e reais, existem números mais reais do que existem números completos Então, algum infinito é maior que os outros O estudo da estrutura é onde você começa a obter os números e colocá-los em equações na forma de variáveis A álgebra contém regras sobre como manipular essas reconciliações

Aqui você encontrará vetores e matrizes que são números multidimensionais, e as regras de como elas interagem umas com as outras são capturadas na álgebra linear A teoria dos números examina todos os recursos da última parte em números como recursos de números simples O combinador vê as propriedades de estruturas específicas, como árvores, grafites e outras coisas que são feitos de peças discretas com as quais você pode contar A teoria do grupo olha para objetos que estão em interação uns com os outros, então em grupos Um exemplo bem conhecido é o Rubik Cube, que é um exemplo de um grupo de permutação

E a teoria do ranking investiga como os objetos são classificados seguindo certas regras, como algo é maior que outra coisa Números naturais são um exemplo de uma matriz de objetos classificados, mas tudo com qualquer coisa links binários podem ser classificados Outra peça de matemática pura olha para as figuras e como elas se comportam no espaço A origem está na geometria que inclui Pitágoras e está próxima da trigonometria com a qual somos notificados nas escolas Há também coisas divertidas como geometria de fratura que são modelos matemáticos com graus imutáveis, o que significa que você pode maximizar o padrão infinitamente e sempre vai parecer o mesmo

Topologia analisa diferentes partes dos espaços onde você pode constantemente você deve deformá-los, mas não dividi-los ou uni-los Por exemplo, o cinto Mobius tem apenas uma superfície e um ângulo, independentemente do que você faz E xícaras de café e panquecas em forma de gevreku são as mesmas – em termos topológicos A teoria de medição é a maneira de atribuir valores aos espaços ou estruturas associados aos números e espaço E, recentemente, a geometria diferencial analisa as propriedades das formas nas superfícies curvas, por os triângulos têm diferentes ângulos na superfície curva, e isso nos traz para nós na próxima parte, são as mudanças

O estudo das mudanças contém o cálculo que inclui as integrais e os diferenciais que olha para o campo aberto das funções ou comportamento das escadas da função E o cálculo vetorial parece o mesmo para os vetores Aqui encontramos todo um conjunto de outros domínios, como sistemas dinâmicos, que analisam sistemas que evoluir ao longo do tempo de um estado para outro, como o fluxo de fluido ou as coisas do ciclo de reação como se ecossistemas E a teoria do caos que estuda sistemas dinâmicos que são muito sensíveis às condições iniciais Por fim, a análise complexa examina os recursos de funções numéricas complexas

Isso nos leva à matemática aplicada Neste ponto, vale a pena mencionar que tudo aqui é mais interconectado do que eu desenhei Na realidade, este mapa deve se parecer mais com uma malha que conecta todos os assuntos diferente, mas você pode fazê-lo apenas em um plano bidimensional, então eu tenho distribuir isso da melhor maneira possível Ok, vamos começar com a física, que usa quase tudo no lado direito em uma escala A física matemática e teórica tem uma conexão muito próxima com a matemática pura

A matemática também é usada em outras ciências naturais com química matemática e biomatemática que lidam com muitas coisas, desde a modelagem de moléculas até a biologia evolutiva A matemática também é amplamente usada em engenharia, a construção de coisas tem muita matemática desde a época dos egípcios e dos babilônios Sistemas elétricos muito complexos, como os métodos de uso de aeronaves ou redes Sistemas dinâmicos chamados teorias de controle A análise numérica é uma ferramenta matemática comumente usada em lugares onde a matemática torna-se muito complexo para ser totalmente resolvido Então, você usa muitos valores aproximados e os combina juntos para obter algumas boas respostas

Por exemplo, se você colocar um círculo em torno de um quadrado, dispara nele e, em seguida, compara o número setas nas partes do círculo e quadrado, você pode aproximar o valor do número pi Mas no mundo real, a análise numérica é feita em computadores grandes A teoria do jogo lida com quais são as melhores escolhas no caso de uma regra racional de regras e jogadores e usado em economia onde os jogadores podem ser inteligentes, mas nem sempre, e o campo outro como psicologia e biologia Probabilidade é a ciência de eventos comuns como jogar moedas ou coroas ou pessoas e estatísticas é a ciência de grandes coleções de processos comuns ou organização e análise dos dados Isso, claro, está relacionado a finanças matemáticas, onde você quer sistemas do sistema financeiro e aproveite para ganhar todas essas camadas grossas

A este respeito, a otimização é onde você tenta calcular a melhor escolha ao longo uma estrutura de muitas opções diferentes, que você pode visualizar normalmente tentando encontre o ponto mais alto ou mais baixo de uma função Otimizando problemas são da segunda natureza para nós pessoas, nós fazemos isso o tempo todo: tentando para obter o melhor valor para o dinheiro, ou para ampliar nossa vida de uma maneira Outro campo que é muito relacionado à matemática pura é a ciência da computação, e as regras da ciência da computação são, na verdade, derivadas da matemática pura e é outro exemplo de algo que trabalhou duro antes de construir programação de computadores Dirigindo uma Máquina: Criando sistemas de computadores inteligentes usa muitos campos em matemática tais como álgebra linear, otimização, sistemas dinâmicos e propagação E finalmente a teoria da criptografia é muito importante no computador e usa muito matemática pura como teoria combinatória e numérica

Então, isso cobre as partes básicas da matemática pura e aplicada, mas não pode terminar sem ela olhando para os fundamentos da matemática Este campo tenta trabalhar nas propriedades da própria matemática, e pergunta o que é a base de todas as regras da matemática É um conjunto completo de regras básicas, chamadas axiomas, de onde vem todas as matemáticas? E podemos provar que tudo é auto-sustentável? Lógica matemática, teoria estabelecida e teoria de categorias tentam responder isso e um resultado famoso na lógica matemática são o teorema incompleto de Gõdel, que para muitas pessoas significa que A matemática não tem uma estrutura completa e estável de axiomas, o que mostra tudo um pouco é feito por nós humanos É estranho ver que a matemática explica tantas coisas no Universo tão bem Por que uma coisa feita por pessoas tem a capacidade de fazê-lo? Sim, isso é um mistério

Também temos a teoria de computadores que lida com diferentes modelos de computador e quão eficientemente eles podem resolver problemas e conter a teoria da complexidade com que lidam o que é e o que não é calculável, e quanta memória e tempo seriam necessários, a maioria dos problemas interessantes, é uma quantia louca Então é o mapa da matemática Agora, a coisa que eu mais amava quando aprendi matemática é aquela sensação que você tem quando algo que parecia tão confuso, finalmente, clica em seu cérebro e tudo faz sentido: como se um momento de batismo, um pouco como olhar através da matriz De fato, alguns dos momentos intelectuais mais agradáveis ​​têm sido o significado de algumas partes de matemática e, em seguida, sentindo como se eu tivesse um breve olhar sobre a natureza subjacente de O Universo em todas as suas maravilhas simétricas É maravilhoso, eu amo isso

Escrever o mapa de matemática tem sido o requisito mais popular que eu tenho, pelo qual eu fiquei muito feliz porque eu amo matemática e é maravilhoso ver tanto interesse nisso Então eu espero que você tenha gostado É claro que é tanto que eu posso colocar esse tempo, mas espero ter fazendo justiça ao assunto e que você o avaliou como útil Então, haverá mais vídeos que virão de mim rapidamente, aqui estão todas as coisas usuais e foi um prazer, vemos da próxima vez