🇧🇷 Procopio na Matemática, Ciência, Política e Eleições 2018 👉🏻 #ConhecerEleições2018

Fala, gente, da matemática do Rio Está tudo bem? Raphael Procopio na área, trazendo para você uma rápida atualização aqui no nosso Youtube, Facebook, Instagram

De qualquer forma, no próximo Julho, vigésimo nono dia, escreva na sua agenda lá 29 de julho, vou participar de conhecer eleições 2018, organizado pelos caras da dispersociência, vai ser um sabatino do presidencial É isso aí EU, junto com outros professores e divulgadores científicos, nós estamos indo para São Paulo para sabatine os candidatos presidenciais Para mais informações sobre este fantástico evento, é só entrar no link que está na descrição deste vídeo

Aqui abaixo, clique aqui você saberá todos os detalhes, até porque Neste evento você terá transmissão ao vivo Olha que legal Ao vivo, vamos lá conversar com os presidenciais, os caras que querem ser o presidente do Brasil conhecer suas opiniões, suas visões sobre educação, ciência tecnologia, a maneira como o país, nosso país precisa muito continuar desenvolvimento nessas áreas Algo realmente assim nunca ouvi falar em nenhum outro eleição, teremos a possibilidade para fazer neste Normalmente, nos debates televisivos nós vemos ao redor, os candidatos, eles dizem muitas coisas sobre muitos assuntos, no entanto, eles deixam para trás toda essa parte da educação, ciência e tecnologia

Para falar sobre divulgação científica, sobre o que eles pensam sobre esses tópicos Vai ser sensacional Então, eu, Raphael Procópio, junto com várias outras pessoas da área de educação e a divulgação científica vai sabotar os presidenciais Mais uma vez, para mais informações, para saber na hora certa, para saber como a transmissão será porque o evento será transmitido tanto pelo Facebook e Youtube O Youtube será por vlogs de ciência e no Facebook pelos caras da dispersociência

Basta acessar nossa hashtag aqui, conhecer as eleições de 2018 que você vai assistir os vídeos de outros de outros caras que vai participar e também o link que está na descrição do vídeo, terá mais informações para você conhecer melhor, escreva no cronograma e não perca evento que será fantástico A propósito, uma coisa importante queremos fazer perguntas também que o público tem dúvidas

Eles gostariam de perguntar àqueles candidatos Então, coloque os comentários do vídeo, também deixa aquele enorme como, (sorrindo) Coloque no comentário do vídeo, o que você gostaria perguntar? Sobre esses tópicos eu disse: educação, ciência e tecnologia Coloque aqui nos comentários o que você gostaria de perguntar que vou selecionar algumas perguntas dos caras Para que possamos fazer um evento de alto nível alta qualidade, para que você tenha o melhor informação de todos, sem censura, tudo aqui, com a qualidade do Procopio de todos os divulgadores científicos que participarão Neste projeto Caras legais

Então, muito obrigado pela sua atenção Nós, Estou muito feliz por ter esta oportunidade, mais uma oportunidade para contribuir também, com o nosso país desenvolvimento de alguma forma É soberba Eu conto com sua ajuda na divulgação, compartilhando este vídeo compartilhando todos os vídeos dos caras Deixe nos comentários as perguntas que você quer fazer

Clicando no link e organizando sua agenda para que você não perca o conhecimento das eleições de 2018, legal Obrigado, como sempre, você não é sozinho Eu e todos os outros caras do vlog da ciência e da dispersão da ciência no conhecimento das eleições de 2018, estamos sempre com você, até o próximo, um grande abraço, tchau tchau

Presentación de la asignatura: Matemática Superior

Bem vindo à universidade Continental vamos apresentar o curso de matemática superior Eu sou o engenheiro Abio Alberto Alvarado Maldonado engenheiro da universidade engenharia nacional uni trabalhou no campo de depósitos em petroperú formador de alunos para olimpíadas mundiais de resolução matemática de Prefeito do Município Provincial de Huancayo como professor distinto em o ano de 1999 autor do texto olimpíadas científicas mundiais ano 2002 reconhecimento do CEPRE UNCP como o melhor professor da área em 2004 resolução eleitoral reconhecida nas posições de topo da universidade período continental de 2016 1 transcendência para o assunto jovens estudantes no final do assunto o aluno será capaz de usar as informações para o conhecimento que é fornece-lhe para resolver exercícios e problemas em contextos ou situações conhecido sobre números reais frações de operações mistas percentagens termos semelhantes empoderamento produtos radicación equações de fatoração notáveis ​​inequações divisões com polinômios para culminar com áreas e volumes queridos alunos no final do sujeito o aluno terá a base matemática a base científica enfrentar com sucesso os seguintes cursos de sua carreira profissional, vemos lá uma equação diferencial não é difícil, queridos alunos, você vai fazer isso, mas nós só temos a base matemática neste curso para poder chegar a resolver e deus por de uma forma ecológica A organização do curso é baseada na seguinte unidade: 1 números reais então continuamos com expoentes e radicais equações e inequações e culminar com áreas geométricas e volumes tão que nos pedem matemática 3 as habilidades para o trabalho são nós vamos resolver os respectivos problemas não só problemas matemáticos do vida e aplicá-los à realidade você pode nosso norte primeiro temos que conter todos estes respectivo conhecimento com base nos nós inter-learning e o que é isso Converse com seu colega para compartilhar conhecimento através da aprendizagem colaborativo com muito trabalho e muito estudo agir em sua aprendizagem queridos alunos não permanecem em silêncio manipular o que a universidade lhe oferece aqui vemos alunos do ciclo anterior em que eles estavam usando um teodolito para medir distâncias não ficou parado para ver que eles manipularam respectivamente homens, bem como senhoras de tal maneira que, se em um curso prático aplicado a nossa realidade bem-vindo ao assunto de matemática superior obrigado

DEPOIS DE 'CONJE', MORO ATACA PORTUGUÊS NOVAMENTE COM 'RUGAS'

DEPOIS DE 'CONJE', MORO ATACA PORTUGUÊS NOVAMENTE COM 'RUGAS' O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, concedeu entrevista ao jornalista Pedro Bial, levada ao ar na madrugada desta quarta-feira, 10, no Programa do Bial, da TV Globo Além de ter classificado como "incidente" o fuzilamento do músico negro Evaldo Rosa dos Santos com 80 tiros por militares do Exército, o ex-juiz da Lava Jato voltou a cometer erros na língua portuguesa

Ao falar sobre a relação com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que ficou irritado após ser cobrado pelo ministro para tramitação de seu pacote anticrime, Moro usou a palavra "rugas" ao invés de "rusgas" "No fundo, essas rugas pontuais, em política, podem acontecer", disse Moro Assista: Vídeo incorporado hnq

@tommasinii Só quero ser um dos primeiros a comentar mais essa gafe do Batoré de toga, @SF_Moro que trocou "cônjuge" por "conje" e, agora a nova burrice", rusgas" por "RUGAS" Diretamente da minha velha TV hahah O marreco só engana quem ama a mentira e a desinformação#15anosDeRoubalheira

09:04 – 10 de abr de 2019 Veja outros Tweets de hnq Informações e privacidade no Twitter Ads Além desta, o ministro da Justiça também empregou, em três ocasiões, o verbo "haviam" no plural no sentido de "existiam" O que é incorreto, porque o verbo haver neste significado é impessoal, ou seja, deve ser conjugado apenas na terceira pessoa do singular, qualquer que seja o tempo (há, houve, havia, houvera, houver, houvesse etc

) Antes destas derrapadas no idioma, Sérgio Moro viralizou nas redes sociais ao falar a palavra "conje" ao invés de "cônjuge", e dizer que alguém pode estar "sobre violenta emoção", ao invés de "sob" violenta emoção

PITÁGORAS, EUCLIDES e os Números Perfeitos │MATEMÁTICA

Fala galera, tudo certinho? (alguma introdução rápida caso seja eu falando) No vídeo anterior, falamos sobre o rolê de Pitágoras, que fundou a Irmandade Pitagórica na cidade de Crotona, situada onde hoje é o Sul da Itália Entre ritos obscuros, a Irmandade foi responsável por grandes conclusões matemáticas usando a geometria, como mostramos no caso do famoso e super importante Teorema de Pitágoras

Além das demonstrações, outro interesse dos Pitagóricos era pelos números inteiros e pelas frações, conhecidos como números racionais Entre esses números, eles tinham especial interesse por aqueles que chamaram de números perfeitos ———Vinheta———————————— Antes de explicar os números perfeitos é importante esclarecer alguns conceitos sobre divisores, para garantir que estejamos falando a mesma coisa Os divisores de um número inteiro qualquer, são aqueles que a divisão resulta em um número inteiro, sem resto Por exemplo, o número 12 tem como divisores o número 1, 2, 3, 4, 6 e 12! Os números primos são aqueles que têm somente dois divisores positivos , o número 1 e ele mesmo

É o caso do número 2, 3, 5, 7, 11, 13 O conceito de máximo divisor comum é o maior divisor que dois números compartilham Por exemplo, os divisores de 12 e 20 são respectivamente: 12 – 1,2,3,4, 6, 12 20 – 1,2, 4,5, 10, 20 Ou seja, os divisores em comum entre 12 e 20 são 1, 2 e 4 e, portanto, o máximo divisor em comum é o número 4 Uma forma de encontrar facilmente esse número é escrevendo 12 e 20 como fatores de números primos

Por exemplo, o número 12 pode ser escrito como 2x2x3 Já o número 20 pode ser escrito como 2x2x5 Veja como 2×2 aparece em ambos os números, mostrando por mais uma maneira, que o máximo divisor comum de ambos os números é 4 Agora é com você, qual é o máximo divisor comum dos números 36 e 48? Escreva nos comentários aqui embaixo como você chegou no resultado Agora sim, falando do que a gente veio falar, para os Pitagóricos, quando somamos os divisores de um número, exceto ele mesmo, e sua soma resulta no próprio número, ele era chamado de NÚMERO PERFEITO Um exemplo de número perfeito é o número 6 Seus divisores, exceto ele mesmo são 1, 2 e 3 e como 1 + 2 + 3 = 6, ele era considerado um número perfeito O número perfeito seguinte é o 28, porque seus divisores são 1 2 4 7 14, que quando somados, resultam em 28 À medida que os números inteiros se tornam maiores, a tarefa de encontrar números perfeitos se torna mais difícil O terceiro número perfeito é 496, o quarto é 8

128, o quinto é 33550336 Os Pitagóricos sabiam que, embora se tornassem muito distantes um do outro, eles não paravam de aparecer, sugerindo haver um padrão entre eles No entanto, nunca chegaram a identificar qual era este padrão Foi Euclides, dois séculos depois, quem encontrou esse padrão

Euclides de Alexandria é considerado o pai da geometria, ou melhor, pai da geometria que nós aprendemos na escola: a geometria euclidiana Sim, há outras geometrias além da que estudamos, mas isso é assunto para outro vídeo Euclides nasceu no séc lll aC

no Egito Foi provavelmente aluno da escola platônica Sua principal obra é o livro “Os Elementos” , com 13 volumes, onde Euclides reúne todo o conhecimento até então adquirido pela humanidade sobre: geometria plana, teoria dos números, e geometria espacial Euclides emprega o método axiomático, ou seja, logo na primeira página do livro ele já define os axiomas de sua geometria Os axiomas são aquelas verdades que não precisam ser provadas por serem fundamentais

A partir dos axiomas, todas os teoremas são formulados através do desenvolvimento por lógica dos axiomas “Os Elementos” é ainda considerado, por muitos matemáticos, como o melhor livro texto jamais produzido, sendo considerado também um marco para a metodologia científica A forma de estruturar o argumento, com: axiomas, hipótese e comprovação, se tornou a base de tudo que surgiu na matemática, lógica e suas diversas variações de aplicações A utilização de axiomas só foi contestada na período das Grandes Guerras, mas isso também é tema para outro vídeo Voltando ao Euclides e os números perfeitos, ele percebeu e mostrou que estes números são sempre múltiplos de dois números, sendo que um deles é uma potência de 2 e o outro é a potência seguinte de dois menos 1

Ou seja, 6 = 2¹ x (2² – 1) 28 = 2² x (2³ – 1) 496 = 24 x (25 – 1) 8128 = 26x (27 – 1) Ele chegou nisso, baseado naquela decomposição dos números pelos números primos… Loco, não? Quem diria que era tão simples… Agora que sabe a regra, calcula aí qual o sexto número perfeito? —- END CARD —- É isso pessoal, espero que tenham gostado desse vídeo Deixem aqui nos comentários o que vocês acharam

Digam o que vocês mais gostam na matemática, ou o que tem mais dificuldade de entender, que a gente lê tudo e, quem sabe, a gente gente faz um vídeo que vai deixar a tua vida mais feliz Participe do reVisão com a gente Falow!

G Dolce – Il valzer della matematica @ il cantine

Você sabe que a matemática não é muito legal para mim um emaranhado de problemas cheios de símbolos estranhos, uma floresta do absurdo As divisões me fazem tremer as funções nunca funcionam Meus limites são infinitos Por favor, pena Euler! Mas tudo mudou, você sabe desde que te conheci seus múltiplos sorrisos, seios muito bem calculados em um plano cartesiano de lilases e seu grau em geometria eles me fizeram pensar Nem tudo o que é belo é poesia: Pitágoras, deixe-me copiar

Doze vinte e quatro trinta e seis três anos para beijar você seria então extrair a raiz quadrada de dois amantes como nós de dois amantes como nós No passado eu era chato, mas o amor me deixa afiado: três quartos é mais da metade! Mas um paradoxo já nasceu: agora que eu entendo que a matemática é para todos Eu gostaria apenas para mim!

Baldi EN MATEMATICA

IHDR cHRM bKGD pHYs IDATx mal,+ /[email protected]@@ OEwP v|+$ l>x: ylKB] $$IB / :SY Tu%"w [email protected]@@ % :x>K %eQPU "G~a 8 CF ~ H!:Ru+U [email protected]@@ / ?HtI MSz 79 D"=U} fdyN H=A~/ / CF ~ i}|Os $9W: EdM0 *UYR ,{j/ 79 ]0"YO K[o2 [email protected]@@ +|v4 =u"B =im) wYYg t:e: xz

D [email protected]@@ `0X d]DQD / 0q,I zmO] uM]U }n{& % Z-t '''T 24J}F{ eQ09; 2uXX DQt- *VEAUU HD#1* h<f8 / eU1[ =JmY ]m_[U O""Y <=:: tJ]U JoZR fBRU%uY rP76_ p<_|d frvF d2arv 1eQR UYBS JM/j 5MK` |dp0 ?qrz )"$iJ J8]*g+8[YG j8^ 6}[email protected] ,MQU; A/6R _~,FF7 tHl$ 16P, D$^ jN/ Fj",(-bC %ulT Y=^$ fv0T K MSTV FED% [email protected]@@ >t7 *|>K >VNq 49`+ L!x2 [email protected] cao[ j_~BD^ 8QRQ DO'w K27q U"rGU ^OV0/ l{5p4 an$p{ }xq/ !Ql

p8d1 SNOO gF-Q }S4G 7VfKa yYr4 e;MSO GL& !g''L& zQI| 2TUO )mYb (_;U rm$ zPVPTp0 'MSz Nx2 b#ymd ^$Of a{ l ylf9 /?p| X)hY ,KNOO9><d )"=D Et_` Dj}} KW"~ Lxa; W x654 ,O/X QAkUD!RH" QTKnl- '"'b oO"nD ^+k- (GS+ wGpe[ H2o $ +[pm[ ?pwl *o<v Cg++) c^V% tT=yR E+)5C 1J"HRS L9<S 4M9| U]Uu [email protected]@@ Unoe 4+;m< }E8[( B8]* eYq{g ql1 lmos -FRW % f/jC j}p(I tEk3 r63b EJ#vee 12EoY +x4W~ ZyaG Q`P+ 1bU9S S3qq g>P= NSS= EvlF t^ZyjK- XUE! ^@@@ Cm=v Gmf_ jjXc t'em `F-j EWa5Bwed Nm}i 2HYI [email protected]+ }LbA Q7QY "8UAD sje{ ,kwK3 teJU LIkK [%Sb! a0Tn Gpe, 0/!O ? 0T leDP Mbyb? V5sb V"j} 345pk( 6BOT @V8t L)j_ *~cEl= TKe6 _VOf +*# QdF$Y :_zJ "7B8 k+y-+ 2,J# [/b^C K=x gpmJ YifK

9A|#dK ~q?fp%g0H R&s% -+s' 1N|Yg$D KO[> d+%U o<xX8f G=AK%K '|m4B e/3u% *Q#$ ,`:WS =;Ny* ;u>' DxaW 41etQ* ;[email protected]@@ K</!}] ;#akhyo] 0_Z_Z @j5C Rz52O-8 !I"jg$p {g, ,VJY -]VS ^Qa^( ?;Z/ #a{l Gs%Re sJ`[j O!uB %0[(' -'M,L v4c pV(G gS[o/ 82e0 j8[5 ;Ec1us MtM^ LAr_ vnO *x"kJc ]yzIh p}GX DOf *#gE vLjeV: [email protected] ~ >'/mC ~MVp wUC9U r}G8 )'g T9=1), 8bC67P 5 BM z:WN 3/p>KS6 S#[Yd N+O4mt rT

L+ )yIl1 yj*^ |{~l `ol= FUn/ 8[p,[email protected] K'<X i]b[%P/|_ $Y"/ X+c aw xfd= sm&+ 1eq11 Klk: bn/+>% B*{w c69x |Il}w IW(R D$F$aS* NqT]f Lj8- xwP:! 8SWj ,Em}b #agde E;<8u M+{_XG8X VA ~ hQ)g 'w8o kp:W Q?#1 dC6} /Z8S U]G# gs#~ CsfL2/ [/X? 7w"^ &3{= aRXtA W{%h rVS8 '}ylj_[: pyU$ ;&KeY[ Hxa/ }#p[=+ }q_XT HIb8 g$rn 0Hx! T3#Nj OJ_*6Hl R#{l6 )'S k#3zY _wum FpmO <%J# UmNZ ^"k" Dy<Q |sql kBSUJ "oX# w9 -]kxT d6h/} NVpoj eYlN Dytj aN: QF#" lP7) FuCB [6zA Dy03 NX}Y r}wGQu 7~X6 ,j3rI;y |Y;* LxqG _6D0 -:bgd NH}{ 7JS[ )Fd x1X^ _;U^?U~ B):* yi=|> 1vFZ +f([email protected] k3aT( `iF T5f:c>: (#=w % rkKxyW ,;pY)ecN teN) v0>u X|4Gl )@b! lK?[ -a75 +%mo 5lgJ o(_;T^ lZ6< 5iD7 mqm_ {oF| ~5fV YOSK {%eQ g%6F K7c~ KGfB +_?T Xy85 BU;8- _L"#{ VpV*g 68nIY +8](gs p}lj dX6P pwa

j-pw T995 taD S}9 Dh<qh |i`7E 1+qW ijdp GsXTf Rz56 P^?T ;oE| q)+Sm^ ]BXw J$Tj$ u*[ v_xp ThcO IDAT )MM^6v nwQ8 ?#~p Q]Z"' Ly47 C4i9B ^80t aO8) k89S qV(o VOq}, FD{S" [N/4 Z)'g pMD^ (K+ ruBKj Px8U J9[0 V+89W KH;pt Oi|j |UCY Z+q, *@/ / j'r"" ;rm/ R7O3 WwT5 79lVZz 9kQX Q*Lsxs& <nx| ;EcA $qyc ~3l_;m UViQ [email protected] RHbag$ +Yn!7 7OaQz Z9>U f+c6 V6BV+Yi28 *+co +EaA1 }Q/0~ #c~P &kx836 !Hb7) 8yuW OPc^ ?Wke (je] x|U[ [email protected][O x8iX 96ql}{I j'^UC BkV+E+ qWx2W wLb[ DnL3 OM<C x`,S ZBdY qfLt ;gv3a $VIQ FPVD -;cK~ }/7L s8Y* ^(gK ,VJ' lj%M 0DIB 3&0M,A :cKos O-K

a-J8 *o?lx 9/,!s z4'/ VqPV> qWHc W=ma ~_89m NaY(T h8^( [email protected]@D/ ],|( 4WKJ ^*,r beS; 1iqd 4}:oX zm$ Za]+ KJ#_ RVp1W z5`g H>K59 Ea`2k 1lA`W Ue^@' ~O8_ |O]?-C p80&s TVkc }-H$T X4m7 ZfJV zI]`2 xmh}n &@Y[rfYY sUC/Rz Lr8] Wpob> [email protected] [email protected] Cx~l -*[N +vWd <s}` yXzOX'1 v:gL] e>$( eV8^ ?lT8 EqNI 8?Ue sW|r a0mrh ,iA J8_*O p>W QEmr X{_e |hK( z]!M (6{/; 0HaZ Ja/! {QCce uU{y VI,+c t}qy I4j` D'10 -Qug IP]`'TU 'K89S _oZuCm h}|y ]P/K[ aOxa 9x<Q i1[ )o_( JcU";! yiOP lg;_ Q` PD O'z6 +g+Ka-j{} X9|U) 'kKy] v~^dp HODbD ahUiW J9YX N?0In 840zV w^yy W<Db 7SJ5 re`& "G=) ]7:Gw A$|l >"^7 9vS{ `u#{ +7n8 5_zTq x4i8 j}eQq; 2+o MUQ, oZv <])E ^GX7p [email protected] J9;m wfBV uQhV 009k Dywb R8=mh e6Wv Xf+e>UV eP+gg vZvp^b B6=} BY(o XMO *EaLd ]a4rD baUZ"h^ 8V*& ZHH, *w&J [email protected])" Ko/qq ^]P,/( _=V] ]50+ +0Y( z"V'0H j9_+ (1O` @V) KYco s%Pag( Dp}( `>9iP yHQ5| [email protected]_ yijc VN+(Ra <Z'S% w,|[email protected]# ix0Q^ p8v4 <<Qr QUp~ y|Q0 _|'c6_ @`]C q^TwA !<P! [z`V6V @=;9 ENH= ,ld4t 00|8t '>y 7/ ^*L* >0yg+ k|rg{q v{BU L^6 m*BV5L MMG+/ E8^5LV RU&1 #x)V>| &v!] (?o< 40Hm !<^( Z-Xf^ 5S5P XhQ/ ED~/ 1voU fkeVB(z &U,| di mg 4j |0SV ^Q*iW ~d7$ w"2U zO`; |BD~ 9^jpk(? 3Q>y N'2V }O=,W ,}9w?2)Z ~o]7 o5]Y yF!G70p 1JIh 9,WJ >4hU 44pl 1o_VC Bt74 pUoB' |UCY &%<_) kUK| ql!< ?WZp Q$dk u<>i(K {V7Q mg;_ B?6gZ I*;n#ILB hyv~ h6rR wQp) _cPV FZC] Ocm+: =G?5 K'0Y( |kfAP{ 496lY zY` (4v1 +VN^ [email protected], JcO;b 0_)_91P >S3- 'd5| 00oc l?U~ Z/]'j c:H6 yxkl RVKx pW(3 N`,s ~ys&Lr lg;_ 0L|/ />P^<t| ?6yj I= /<; FB/4 [email protected]( c7/7 c]yye 4p&y gpwj Un2O{ `U*{= %`>?6 i0

> pt;V 84pm7S 07Gr )MU7p bNp{ Bx4Q> W6vs K;'o d7rp x]aQ -'kK *x4WNW )_9n HEE M GKcY ueLV[ d'2 Yi!:y >Xe0_4 ;ca^ 4%L' jad2 iTH C/$Px TU3U Q7&{k nb}x }QfJ^ <Z[R B &/o `^Y( <T>s ^,<:k #8J6lN; UIt" `2o(= v:pp i$tC ;FCc *w'% X:gQq 1?aY RseU d"/f IDATN lK%SP U*W9 :/4< k880 heKd4li #N*$ pnf3 T3/, ^,<< Le`[] * (] oT>YUZ I>Ee pY>sr OdI}_ `9_X 9M+z wkRp t?}o e$~; 1)4xi 0[N/ =n+ );$f-C ;CWt G)`yc 5W=j Q6z: (|OF |R3]( eh5 R?|W) 4Si*( ihQm ThY "W_SDo j+d eMea yqqF; VUp>U9c /6Z* s{[0b []C+ >OT* f l5T [email protected]'F 't;B3 ZCH*x gAhV =ejg 0ZhXH V$,, :+,i G#-4 {h>9H ZeuCO RIf# _X!K-U l*(| NkW-S kgsx2 iixVh N+rrGYW

2hd^ uwE& %4Ba Z>&4 {IA? `Qj"h |^* j [email protected] (p?_ @])`]I fT J8wv VCx2 [email protected]|g |b9Y @_() id]$>-Tj y",Je: u6Vy y[1nW |(JM v"aY DCvzMC s8J!0B 5Zqpy -;}C zfUy lu :lzz ^S}hU ZWx1 "X#LR R'Gm $S9q%P 7[z] >YX: XZFc exf)r v|}? ie9u !gNF g-SKYY DN"k Gq$t 5G", y>Ky6 $Zt1^ u{q]|Xe ~?P VxsG8 tiy> 2`K}, k'`Q 9vvu /!+4 f-1^ x)Lr}/ *n/* #rQe Bk :-C =hGp ~?AY?ct RY/+0 N_o& B;4k miZe)K V&xF ~9_Z 92k)V |7"- N[of` 5Tf[ 9{^# R/_Y+ Pe|;- j>sh )0L] %LRK/ Lk3<

'+ {nVh GJK70|FD C,0J 0F5k R[8[ zaI3 [NN- 2p2WY 7O,E XH*a 0[ZZ KeZ+T o+{5M XfSK2 -cd1 [Nv -*}< J3]T )t}= <=6u f$,2 #)(`l GM2X`> U#2, w^l< nk-a P8Ot jRhxF Q 4 5CR( ,;m ) z4 0ZX C]+0 VAxF ,Qyau t 45 *H:l Gt;: YTV8M-'3 vWh6 y,Je!{ (#>L !K,i <-N_ <xY* {^SZ YfI+K+ eiY&Zz ^$,N3j l{VPQ Ngh/ 7O,y fo<W1aj kI`Qq k8H+ 8]@! im9h BQZ& ZfK} gg5ia t7-V {"m_e NSx0 D6Ia<wU (t7o c=#R kW`P^ cV<O ^,|n_ vKo<, UI#TYp% [email protected] y|b)j ,`Q) >dV6 ,U?` j}(5bky tY_xF&F `U)x* `i#~ ^{Qh sY1j ^UsE <:Qi dd9[ E-#1 5A7 [u!

rx{ Z*K =+UZ rK{7" 7BdT>y f74<X ,]`JY a+v) Y)LmAVi0 >w[1 rO# CYYF %yey6 inYf j1/k xly1 zl<Oe hiIK oZ`,t X^T0 bea^ bI5_PW m[=a ^W8] W8 pu %)a7 tq5+` O,In/ UpO^ bTdR c{G; l+ < [SNg 4'-r yvj9 Fx6V g;!- #7=^ Wa/a bYSIM`Bv "?to Oxtb $i%L hni7 ro`h [j0{1 [*9M3 5OO-i DSC} TJ7J, L2lUs S#O /^3 G3KQ -gK =0*o o2+V 8Mi7 (s9K`6 sK7R vK=s[M! 3{BPX _XJ+| yb9_Z -0_Z @8N3 %Lg5 ]!]( ,/5qqQj M],- hjYT d^WL axgW n86/ cK^X> X=vq q(,aQA ~WV= ypV1N* g3K; 0),r 9&di OHrW RYKR 7}W& F)4B 3/,m_ =nF0h #lhWcZ VXO VEY- e)pXY~$ tcxk [email protected] uQ8V ~Ox1 pa(e lXs~ k; lz 30N<~ *I}{ d9%6 7Zmj) tf9u |nYL- ~7Vy deIV [email protected] "Q&O ||qT# ,q(4b 5OGV 1d~A =%yN |nvcZ jO05TKK Mgu7 r5!{Ma RX>|Zsta aZ*3( LdeU =!

– :0o y6#a zVx4 =^XN ,Ke YIBu =n5< ><U0v{[ N_x0 Fh(+e i$bYr "uei] h`$0 Ba?U s=&N- z/ m /}u ,+(" (U;m? U%WZ Nljq 4#]tZ[- =:R 8:*t> [cUA 5lO, 2UHZ BIw- <"Jn IDAT $p/Q q1s$SK2u$sU s>qs* S~{' |Z^*A %_Kma<u %#FG 1ITY ROx~ 6p4B &pFF8 Q5_Y hL?s D/Rx !)U1 INj B F2S%q:v ~ 4[ t~TR |k`A zLR05 6w4" =G3T q*>I S(JG US?tN3 &0I5 tZF{ t<%7 -v6=!z^, v=$wH [email protected] RB2u 5"3G DF$ FWXj =)yr h0NT= HT3$ _ysA )=r# x~ML` vD{_U SGZ-f g0/5 |}My5 =N&s 03O4d ^nUM jVB? Rw0rx5 c;S[ UJSy %;H |s`A ]GaE- Y;I]D` 6!3[V 3]Mf [email protected] Lg4[M jqYB2wd 3~y/ |'[| 5t*u QB8q4 [email protected] x0tL ~Nj-K T/Fd kmjA m_kW [1/9 kIA/)x K–> Bi) MJVb Z?QB eV() G<}n w<EZZb tDas Gtj! `|MO-s Vjp' @JY$L (&2L 0+NBg 4O=x MVx< Ma<Q (Bd4 {Td?* %7f9 "On ]Lo, *S?"~;c z!+`o eIh` nMhT J:w' s+4ca 9>:O x|u# u1_ZM ]ia4 B]RUw6j 8"_8 RR8 s,kya n1c9 qRhH "o'~ l5!9 DAH9 "|TD ViyC IOT-|cOK #%mb :wg9 &ZcPjMG hb%d{o nB9VI W:}LO &,5"W:nLr aZXV ^TYk 3)xy?# x}oB 0)Nf [email protected] d05 44ck bB>pq nJi- 2O]5 fJ(@ y[g` H8SS K=FW" 0MR&IJ t"a0Q5( PU!D ~1c; X]b{ 8HrN 6Wz,w I$,7" >a(tNm2 G|9Q fnu-[8%e h54 h2w yPd97 8vFJ :wb_g c>'J,3 F/2% p$4kqQX

#2X)K ipKn5 0^I/ pVbf% Z`DBs vR8L CM>L3 LSSI a^xLs pj1Fk5Dtv3 4O?t |6:u ZL1O ;d4; u7#! 9A8!~ bZ:- ^0x" WG9[i lDbs4 5+yq' 4uHa Q0uq9 /,&wH ba*i 1(gl @IViu 2Ka<s U74j0 Ng;C_ h*ih F5'( chw: m{j? z?5_ FZZV rPCD V$4B%y r=d4 [-sL jZn+ <zJj _i`6Z0 RjIx u;t =cxd C0~L f?e'MYk TC_|_g &,uM oOT|)p -W{aZ yYRb( 9Jk){ m{9)U 2-S6b "N/*l FQ:rkI 9tC= '9tC DS_ tj=+O~ 3xxY W0"< ;"-' n_+8 n_ap S_bz )yM2&i aK>u ,a0M ~[x#w |>|~ ;&wG 78~5 7b_~ r[0MKf (Tkn- ss0e qoc; ,PaA u$i9 cme_ ei)J 2gu} ###2p ,qD! jA45 }Hrx} n/%? n!,# qzhY @iuQ y8egXbD/$ &mVO :X|8, G8"F B1J( YV2J Hqnao [email protected] t l^C $EFQfX +{#^ |?bZ #[ji ^W^} ~_bA CQ5B QS%nVUu w3v: |A"C 4iwC sp*f) fVZn n

F, t:+d+ p27x 5xuP MSfy oiI; R[s 4wRt h(N^ q9w HoYn y^8b_h -l&[ /mF F*2w GJ+NX wZy [,{3 ~ z,U Ma8r i8S'M ]5+vD Ke5Vrp} EaIf 8<`~ `i5" Cr92 s|tVr '`D(J- mu_IcjU =<#Xg) {[y; z$ckkN 4'C( WRn <u's |UVVf j#oO @+0,w; :g_b|, sgp 5/gV ?0lt5 <x7^ PaD*; 3<{Y3 BeMc #Lf= q,AQEz /3u Z k 2#<}U LNN! [email protected] 9Mkb 1Z]a ,npb I5<z uETQt;V zKQk*Lbh DW#C $ly6: ^or` ;9uh foHo8b yqE 5T]k6 %C8p Zdpq 1r a_SqvM ktz] Ms;F6 8+b #KJu t<_>& AT!K |(vJ <W_f8 ;mBG1 ga)/ #4^y _ezz IDAT !pwz& j`I_wdX a,P<u) m4Tk _ab! G119 [email protected] :''[ Nyeg 6wQTf ixu` )7*j ,!,b

0-Jl A'T= 9d0` ?o$} 86&BA bM]l W{CFYn' J=PDnD/ hmvHD /L2^ `mI# n9u)Q YBn4d c{_W |yI/ x>p9 !^^g W6yr 7`n~ U+~8Q >B/$ &mp}/ 0>)t; v5'Mm 6C_k fI`n+ ?J K ]VG) "([= 27ag 3*z3 "RBD w*G}L Q;d"I-YQ v"T} f'#3 [email protected] xNQz sgYkU Vgrr ,bQ c9Yf -H1lk AxZ` 1Bf E')y &io`U 359Q aQj= b&3Hj M3v |8DI ^J#D zr?gW IQb]e [email protected]?1t% z9Fl sCTw "CgE <sNk 9n 0 3]C? ~TA+ wR?z @h-6 (E-l D/6' &/%J 9v2` -wOm cUayh pxLYb BGY# (HSM 6o+J! VKhN+ 6Ta i6B PJqfe ;TBo k=C{h $6L6 $~%J "p[Dp GC|` ?xj 2

^^drr fB{hhD0 5J,! LOO395 qwO ^2`a ^as4`* 86O7 FTku TwdNh D3R[ ;C7f 9,-ij [e6r mpg[ NlHsk 3:gcc %_| ENK? QxaD% ;28b d9i'6 UafJ NQ]%D ?o*s| aJ-tp bN | f#q_ rn]sn -U=n X$LT kk=j ViDB= x>gu rrCp ZMp<h ZaM^"Oh 3;7? 3|G1 _byxwhHsk ^Q2v {jo TC b3:CHr {0L1q 8$7,} =LPd q9|h [|Nk -BwE! 95B? ~^ N3

~Ln56 O(IR FbOu $~%J xSX}~ A!T| F"2U hDB/ ymXN r#LV 10tcC l{D^ 8vd?~ jiV| @/5LNOs /hC2 ,#p+ "p]" $lG#*e?F :1LDVE fEHul g8<>A qFI*( <GQ =!tl| $~%J aQ`B` 42Jrd [StG /jm{_ {3D94 Z5rk $~%J e`qS (+pgy GNM2W QBkz "AkD /?yE $~%J T"{"_w $~%J byc`, ][cci +[P^{ A*x^ c+;d otn& o5?{ 5EX8u lrrn $~%J irG! ADrG +4kB $'Gp >8O% ~uqvL^ e}76 /H x $~%J 9c1pX =w139M3 [,w }mK= 10$9 !M3r sC^u`} ljC" 8</ [;{ql4 ]fyu t&5W<e9 K]sm ;B>7&F[ I%*Q 5`<! auFyaT Q:}(E n5"l 3+a& u1GR es4S)R $sAa B>'d} SZVe p6L T#L{B6 nOK| EQLg "#<` hx)! `j6b I^za )S_6w "!lE B45Ixz <I42B4>I<; [email protected]' !4CZ $nl (o]# *"XU aFFF C<ik Ignc 0UQNN //'zsI! ^%Jr $$4Rb >dRJ1 U<cx LN(a3) yh}s Bald 0PLr 7SU=2n_81 (/ +" WQ%0B lCld l3B'P MnZE O$);

Bo (DD^;Qr jLO/ %58Hj sz>& 8~Z+ Ey^UO HZQjM M#&89' U/|S cs<9Y BZ, sz*V 0BJ DQDl-io 3/4B ug%Jy `tvv @XmjI` 'NFl 0Rg* 4"a M+4c 25Ub^q 0]*cD ")OhFj w"BX GK0Z 4B8: :_2> {U5eD zFV*aL =M/b B-gp zY,2 z#`d| J r~ 8JZE 2qpJ +2P4 0"dRB>- @5 >9 %8<f Z(In +JX` H+MPf< &+:=2k B^4B /(r9 "0>5 K:?Pj B

+t bF'g pF8 $ZSf| b/"B '*1/u p8? /d=eU k+pn^ cLby )O0Ft hIg=C, I/* =Ucl" ,:^ JBFG 4%2FN LF([c i{/ #L5% $4:R Ikcn li~E# A8:F82 IDATq 7t b (g-w <q9~ 'h-BGj rrKO }3B! TUM- Talj I3tc :e6ljsf< <c$h Gp]l 0wvB `?XN H#H1o -5xyS7sAC aD* *v"~R 0RkB 1LOM >W)P UhDRmD<Q fku> d2H: S;9yj c$+< l'Y$F ,{LN FHg[' "{= BO_Nh 5e8z IZ&T B!iR 1u 3USR mYyFc 1*$? V'=#E

U}n V'_M r)szM R>[7 /Y>h4 JeF&k< [vte QXhe yq?_{ X>5P4 1KfMr 2'htFx_ Jh$) -1sU p8~Pq 8~xF N%E]V I{,"g >HOgG ,=GF J=c( ZK5~ckM (3u5 /x2: n6m _||F 0ZxXU NdE5 r=;n 8$Yy Q+W) 5]]H |9bzUFz ohX8>a JUqi l]0a LMMcU 0SW~ &{e' xtfR 1}}+ ExM1 y{o^ $^vI^ xaOw |n~ Eo_+ `=f& sM5 dsH& C)_s p8

3> ,BgJ 9sLg fJU Y8o~ X8w- +-dHzI ecx CGOR A6#t qM&I* IO?U ?Lw6 /@y1 "T*U +MJ9_ x`0c *Igy# %S8zA p8S ON1r Q]& [zLs GOO' ccFf ;!Yglc^| _{r7 'g9v j<c 2NIz K^[@ ;w#q ([email protected] q|~Gm cNLLN W9s{z `$BQkL` EG"Z g_dtt }LOwR e966 m-j:Y =CK sseN vvu$ 333; mWo1 eI5OIz twR( w]pe 7lam "~{K 4{^> lK>i "K*{ V9>> l&M: )qzl 0&"] cU_7[ $]:IV87j ;tjd !&"t b>KOG e2d3i<c CCH f915Ed/u &u9c EdrUwW- cwu7[7 V3{U T9*" s8+gq <#dsiz 2YjM ?3K81I<WN lv"` 0<HwG <EPP PoDwFQ 8pZUK" ~]?o} L21Q U[Vs z57^ d^ , Cm9v bRIq t*)6S, p8^%

IyCA3 &BGZ Q81 E6mZ Tu "Z G^<%/ 69L&qrU 1ecd [email protected]/ UHKG |siE uh_v V9vb F9rl C"te|/ <}]9 53Wm2:U% -,-m RfUo Ez;3 K,7oX -S3U" =#tud 3:U%h wf)fSx IEPt G2^U ZMzJ [email protected][7 zTZ! 4r!- KLCUM -23[ XuD -87jm ND`# =z;2 h+nsz 4O={ }GO2^j01 GfiS N0>U GRP& m72>1 O15; d9`b %mT p8^G> *f{}:sY)d Y#l5 u=7n ;951E ;3m#k "p>< qraeS l/"@ 35vlZ @gvi wm6? M7v> l{}F @o7s kwFX %jF4 ?ms [3P, J5*3U*35 SU:2> Wo]E6 6r_J uWWW (JZi 3c;& {DzDFdFVU @HA! $Hp[1U* };'* L15Z 0Y*" C'iy 7=&'G uTR$L B=wY u,LC2 &?beJC 6k[5N_ `D4~ JPo $dR6 U|/`

PKnV $x/#Q YXeie Zk*u 6YXo 3<~b CHL) fg,{^ 7685 |!xR)] "ms[ apdz Npl4 By~8 v^R, <8ZGw |&$} Ms|z z[Ik _Xas !di]'[X [l[! 8>] D)O) Kzf4 o;O/ $H0$&KE zw>_? GO_O u;+A ks`l [email protected])5 iJ#GF0FG }j{l ]dnu )dRL *"^qKM 4hz>W N9R) <z|$ mJJ9 O?t' _g< yZqW ~=j_ nTXX]' wLnix |;L `OhS+>bH (!xm vlfF qmq ]'3P o,pcq ]Zczz Yrv8 uLC` u1GG 3Wg9 a0VOl`hg >1FCiN eY;s sjjG W/^gy} aAm?P\ UkPkz M3Ah eDyo* [email protected] <E?7 %9>S bJ_D +,,,355 6SV> #<qj "2(y Ai2B +h4G' s[LdmlSvM 4=PAX N,gH +-Fr crz~ sb<,L nxG;- `LMb 00MS DCNk 9lSR /W95 dS,- s**8n ~;*~ v1Ocq UpMy ^[g< OtL` Crd2 j6QJu 1Y,0 x)R' [email protected] q1M3 3R h @=* VkQi)>p m0>VF _A:e RJ}"]k`%z%H [T*5 Ft' ]fna #iKZ [email protected] M6c# Rx[[Tk r:mIL) Ww

2 ZkFr */]Z I1=R Ow9t 6[[U gnlRk IDATid-3 C6ed B?'G Di0M 0#BG 9zo= uP- :v%OB g2t -ao6Y o8b* _s[ /P4|E 7Y]T ;pv]? UJyB @;zu Gd-F 8a}B bcac $Uk0L SNN ]', h0yc ),Cq 2a!z eHb 0"5 E1ebt +E;W/D mHlS YFGKX 5]_ <oWE (7PD9 =56m ;eu- /'PJ zf2o ~]F/ atG!L 1$"4' 9Pkz 5FriR t1cs Gh=* ZggW 4Dq E;<4~ SN1k {#!~ {<ao jz>[ =9uR6 G&rL =)eG =GG8: `[{OE C !~ [email protected]~| N_& U:$0 ,S#i Z4Z> Cp`" [email protected]=!~ 1VL1 PixL y^Ga ~FS{m7 -cHW 0ZLq ^pRk y+y~ >L_n e?$p |fF3 ( 4be T8: i*IK u&Cd

rt2' #QpJ9 VkGH x{I` ,rik &Ji^ {4<EvP L22> ^;O9 |J)8si ,m4x sp-#< [,1: iJ $ 0,a> rm67+ :HC" 484]df"O1 YmQk N0>V =nbp 32Rdd '/rb" >_{q Uko/ e#lC _cqi k7V8{ +xP * hf]7! 9fZk 3VLa F8t` 883J*eS *kkU,#4 RJsyn xVoTZ #}mG w=p :H!y &T=v/ *k[M2 O1cG +%,)p-C L)I;& Ky*[5 HY&h g_#b (f,>xb S6F :s+5f >=WA [s3R '!DW zxZ$ M'O(~ ##E&&F 8n=` ^dne M6j- 8;~v ,,WH i3#i 8R$e +-6+- =GK4Z! Vk4= 5N]_ &x7"!~ m5<N]Y pZ(dl {Xfh k])eW~ Xw_+b[ q9&R b1?> ZbgJ E,Tn> Osuv W4Z> Mc:O W_K 0>>N6 2-/ 6uqL l68? E6eq S'0JK W%`F F(Yw '/qi~ :/_ hpcq Uell iD$`7 dkH F8q O 1zH_ ZCk:!w XD{>% 2PT[- ;nG[] `b"2 ,Qkx )8H! q4cSLY M~xq &K[U~ apuu _!$V> (Tt9f {}Q< `A() Oh;rv bC"L3| z'VSn 0Dt/ [email protected](@ h?:% I9F, 6)i+ aH<? P ZaQzS vH4:"uAG <DT> U9{u 6oiO fm} )dXo-P zz?w @!;fP2R Yo<Tk ~Uk}Fk= ");T X!us'f wItS (LP)u[H S""B R 4Z g4|_ v?F:RJ| lOHu< [email protected] I&erc 9VTo 9Tmk ng~i F#!~ A!eQN[ 4}E!eq p~$: !2wi mH6k-2 r12i O)8~ x>7+ A`Tk l)e mJS WuH8 :<I9 266J& #[email protected] z+ct /]Xy :##e A<[email protected]! {{Aw 3I63 Dr8 pw=DDVdVfUVUf- qVHu y/'u WB6w +/?K PO!%Q !I5w6 j+Mv /Zk7 </$i tTX ''hH r{5b <|JJ [;}w Yy}e r-%H l?Xk }A}r ISM- :N_j 'oqo `[email protected] GQ?N <kJ)j 8R0H4+u {b'z 3=*gY

o=8 +SJ! ac8LV $IFci *~Ud 'aQ! hI) ipNC cF^A kol! *2n4 [email protected],J 4'q( E*)h !r==k {`RJj Wwr 4N;^ $#/_ wc-rF9K 2tVdD hDqj 26#fi xD$3 ;}v:q ycyR b8qp +_)E 0^)e 8Fk3Fm/ yYy{ |e&O` %{fe OeicAk= HnOa ?cDCRf `8`8 @&I 2M[~ xjlS u<+N{ #7>f 8G>* DNRY +wZS lDM0 `s?cm=E SC#t Z;zO9K ydHN Di4WL Sn5}$ 6A'>_ <q0H *3^N{/W)P ?ma-t$ v7f5t wUNE 'GJ" l-s: g(s) s]E# K8/U s=& krmQ=b ?asV !>i- Wj_yy ^+cg alfH k!N4 oRV` exkN Z{HPS"02 tZ=` r/% <@0H $aow POkm6 $5() )<W-Pd lHhX 'wO8

[email protected] )xv5d5ry _NTp CRmx h6qJ 93t)* $IB< *TX<r G2LSz IDAT 4e{g gWCn7},v WOk} WPxO v:l=z C-ts-qK d9W` A+t0 AJ;p TjjX iJ{ee s%;i X2/_a }~nhF $aem wImb 3k-Z yf%d _(EhOYP +$V>w} y^&} yZ)Y %=Ck- 1:MsO |v{1 5Q=$E bjp] ZCzan4 aB;, -Z,| :N' /G!Y%I nyrK5 hh+Js ?LIR <&IB PRbr x8<U {LkK p`-; *T8% N)3c )/T_ tc!X 'F9b ()HR D&7 RmHS *oJ[ ;-i? D[v{ *'g) EXxY F!2F d^Es f;@IIo 80`E #i6|: %K: FOqAa z=zy W{RKd Z; } ;V[! RH* $IF! k0I) 98 M ZK3pX 'qV9 -XH YN7d K+{Q #u1y O,A= iQR p8dgg hGfyi yv%b ^hmIZ! b,4} 8fow (Bme x7#qIRfX| u0ir u|Gr qCot 2C2I M-tIb h,_Y %*Ym 87, J|Z= TkLI [email protected] +m yr$q; /=#e JeD2 lwsm:%Q J-Ey 8JZm +th p06V k4F&* $(%I- ZXH}i >:[- 0AN4 ;4[5 hm-p k1yU Zsyc pO!$ c,qb0Y Yk]J y

Cm R*T8 [email protected] H!V"O (i9uH Dd/< +<* S[ : ^?kAJA JbR=~l ~)6!}W #eR~ 2L4O:C zOaj- =rZ- lkTL!u Q;By Wzz6g wzH! RC,u 4k>Ib #Jt Fgy} (WM,h ?2&O Wwe}L, 04v, ]BO1 /huq ~T}R Tz|Bd} |[email protected]! "|rJ TbG4 Ux*q cPJ-^ G6;&sl WbA] ,_rD ~5}y (<{b OL[([2# I)E{e }~K7 G_ j Uu0L K"xYhx yK:S] G}Gq Mwz{o 22cB A#pp Z'zf X][cum (N=, DN:M 9V[~ hC-px hQ{~ ) p} F#$5 `A)9 bAF13O} k<WRo wPyd z*8* hguz 9eQ- zvFED &uC' ibz1 =LG^ J)o1 C6Vk 0oG) 9#Ns n?1om cIRC tw{s]w !5OQ,- ][qx Tx*a +vz1/n >w]8 K-tOumk-z CL2}NKD, N?a{ GK!~+ S]:% ZD#p )f~p nI:} ;9pS RMJc' 3#C9 <U=/ B?OkM :V&a j40E NLw /Df{ D 4# Pa&* ;r^;tyn5 v;Dk; DWe$/ 'c%6 u&wYF `'r9DF EH9"K2Z eF#X FyB g=X` <]2O 0>3q{ W2Ht_ 1(@: GtKy y7#w >/nD yk~ GC)b uqw |@)$ mvHS B>+T [email protected] "pat 9M?<KIJ) lSP(5 ahFl %kQs 2DJJBO ~UH, [4[-j KGp N+9w E<"1 bf>`1vG: %#PJ Xg/] >[2v 3YL O1H4 ) Im ,s=s $582 ~)yi D/%" cmPR pO)/d y8Qp q(Ir [email protected] GNP| cISJ\ d$j>jnR :_x~ f!A3s W{0- X&S9 :q:"sI qw%b Cm1K Q~~R k9N+ >5_M E*^Xvq ]J1a D-)$vD g,io mPB ZCrP7 ~TG]<W c]}N*} ]D0:# g'O I3&W IntyN N;hcs rd?y 0/of B(m) ~-Z0 o]Q- ?pq= c4FW ?<77 IJt;d JBHq g5F[|y ~aX5 k/Cn DB=k ?$_~+ !IexQ aRM2 ?rd? JCP) F{$IAc( ~-ZT` GyZW kZmIF =y7M$ {V~g |*,& Z l[ P0y*U b4Vgk kq(Z X L5 YCM} Sj6Y ^^ts t{7 <%c[ kVCC Vz&" }kb/ b<XS YXx?K CjL: Nax` bq8h k/}T :NH' D[<slb 8],n7 w(YKS^ 3736 (BkC 9kmN `Ay ~-ZT ff0c-?^M 3y:J8 {NxL S6|%k pX=eip/F ar]D O9*g ^t=< uMI:<^W Dd)cNH2M $t;>n' c-if 1

Kq# '`!N n&FD ^i'{B n/8j sIHP i0N_ ~-Z, [d?G n/x AuNnr ;I5w pd]W a%Q| r#l: XcQJp= MS&Q6 nG1a Y7GI:T"$ MWm- U>k-F OQB`] eN}n pAxu IDAT }BPj* bKkC8 Y1Pja e/XS 4cy{ DU&$ pgV #k,Y 7fv j!xiB 'z^Q* -AlM c:je =8+T :0XC #H|; k;Wr XKXj C5, zsfO aimn y*fI 8|N^ 8ynVA| ZHGS rc-L ',2{ p0`8 " 6g r?Ixq -BCM :ij!Z (<g7? }WH !M2:} )bs& |Q'u Y=SguVs >]Cv {@D2 6^Zh Uu[e' Mk,I }l=~ cO2 iJ/p sO_I T75y ,/OD89= NOOy q;>R WzY-6 J?LR b=WN )m,I 3{Z xn

y >XDV> -hc-Y D=mb xqCf cK/"8 Rjb_-> "E|W t^}W ~jsr =6{8 | Ko ]~VH% =PLd 1U1F -oO* W[</ O*R5 W/z| Zk9? L/o0 F!]) 2[cys rHTn x=q2m^ sw+ 34Re 7EPSC 2N: $+Cw0M qF'p zo_q "DWwL?] b<I js"` 3"wy QB7p _%IB C)Ux ?c-?M &OQ eAgQ DuS{n- &L>] Ms=<q C-Z<*Z f(ky c`eq- qj;- iw/r` knt

/ 7oOy HGE~ /ecf} RY$/h 6$q6' SX~3=? GzoZ t4]{' ;>L2 ln-y 7s&O 9~[Y/ z-QK~jK Cgpa BW"|JR %K2&a h0 I G 't:> o_0J ^6|f a8My uG:m JJ2;v[[ }q3u,B <WdF[] n%,G hq(, l-t iN;

3S Z~PL oUB _?aH9 Bp~zDye O"r; G^#hc U1a-i s,G hq * 0M5af [ytX N:o hq< 0I4} pXYm5 Z3D) q:>n >b&S^ ?D$n <[|i G)/<Y w2k xwjg (5{Mj] lxo2 ,h!m bKTE >&t* sQOIf o^t1 tl|7$ C]cx N7X0nm h=~-Z I3S,FX <k,a c>^M sEm2 0fh8 OW$e^ 9'Mz C|?Z Uz-y (&i~ 0Ekk ;,CEf9 1^7p SLSMf i3&7 &zOc $p7$N| 5&gu> ",B8 $AD5 ~,Kg nv;+ UZlY 2/"Gf ^9Ns ""3q >]OI kcGmP (eY- ifnE *Q+uc t=!I5 8"|s k|6Q }nF1 9b4& g-If 01tz qQ{h N;

/z~ Z3-% |ss8 }wm&a2 /Oq:~q zHFE "xy:#v |9U" F;zEw [email protected] s;A# xBrs %z0M |;1X *"?$ :If8/ }TOE] 6Xm0I )utW>[T 0z+" DpT>iu Xc0i !xy6 Q,Kv_ 9E8< tWX2 Ry_/ `wz> P=5Y Z~g] p;>n }sN: zvOY (<,~Y K?pqe} 6h/( iDr7 pF!- wYAe 7e>D le!$ mT}f6t M?p9 NzXc1Y TP!xqF EmAMo [7e{ *B=O; eIfv p0I/ gv65, ,O`} 7'vYS D~W| > L? fy!f TvbC 3pw7 Stff :iC= oq[t z1!^ ur}7 '2y _ra[5 edOgC QE( ~-Z4 #[tfH >N:C 6)BO <=Gq~ KhZO 5`L

_:Z9 >N2& [email protected] -Z[> 2bMzq9PJ ~"p? " TF :#z!/n) <{0gR6 ya;c Rzxm :6,` ;R}65x 2sZe ^g< 0fJC g=o12 `8uE sq|g9g TE{P g]oi <Tsv hCVx Tn:v @>Q|o R]kxJx 5,Hv re;( XgHhcpwX :ph- p:%M ]F) M4Z -?Nk=#2 u|OaL (G%g r{sC ~'"g O7S~ dAPx pzzJ f"b% -g:t x<f4 _szv :;`l p|w#A ~-Z4 |c5! d1Ua l]_: ?k-i al6W| &r*g pUip O;tN Q]4Wi aRHA o;[r >~S $[]3 eS"|} {8qv FQ4n x2Y!tI "kS"DVu q0$7 EnYy "M5I {tHn ?{re n6iT7[ J>SU APiO$y kx f {]}9S tbrGFu ScLbs #2/_ &MR I[G E}7q Also Z"u)p IJA^ /y~x wZ3x 7!7Q %Nh:L ~M2Y 'qL4 /+jV F;Mk k $3 6$ezQt sU9v (DI- [email protected]] gaq?(B= x5w2 0WaaN gaq/ C/

;G# XbKN3 ceb1T T*FkC _?m +/x$qL s]w| NS4L m!tp oQY3 %Sg+ |OUp IDATv W"tSc ~)'o C:{{ AD$g (M{0d HQf~#N u26 :/{c 1'bqs 0:axy <oV 0da# !k$K+4% Z}m2 |Wea hC77 qLts [email protected] !ia1 efEt &dQ9 ,|oW $#xyv FD|D (N%I QfTnv '1;V' J4I 7#na "!#t }699 GPY= _s!s 83EB2 n2fA UyR:=A K;tq]5^ iBrs LUnL Uu(4b6 ;''ry {Xe( |Zd~~ [email protected] K,,>4X _Y3oi Nevf| 8'v)<~ _c%b q?$< d</:Wa $jX ,,>8X 7-aPQVU wQ3N %$1Q !"?t PuL h| F !:st IY,3l tGUh 7Lq][email protected]

$$;p y*ZXl Z?lT 0U%6 CgCQeQY Q4;!n n<nJ )#N* `#3Ec x|lN c8hz<?h $57Q 8dS* gLA>$cv :MH 0[&yy s"pq a"'bZ WB?/ 8vhZ| 9YXg llyqi^ Nnae /O{4 /u%= }{9 (cLe 0ATa `Pn3 oFt Ax}a 0Nk TXX|t k}[email protected] 68jz (w-o Y&(;% !ijJ 2Muz~=$ xOxsq9 C>Mm { w1e Fk>;j 84(5 |OF;=0 3z~R lD&I %:#H W9Bk K?pi ~;iJni i4BG A'w" 68hyK Ft# y~pP 3y~T 7=>? 7>E| iD0:% Jcn9= $/s'h vY4(e ~OG#t &Ylg K1:% +gk]XZ rv5 I' :Amb i|v= C>W{ [4<'c ^_~ $`)c^0 [email protected] /bbaq? s}q3d /*I? (t ?* t?Y a'0m 0_8[) ;[email protected] [{7YX Lh7x $#yy lt*} [email protected]'q YzDlE -,&a "toz 7[I4wl "|q G},J Sk>9l c]V1 p0`0 l4p= Yv3M xbWc2 hRZM [74O) >?h mK^? 6:La [eT+ Zm[s vEQD =>=j }2#0 #Kx; 8FDp] 2#,,, xu}[ L0Pf psuEgo <W^9 '{!/ =[>i =y|f<~ 6$IB 9G:7 [XX, [$y2 zZX< dd q<gIY U%KL X3WWV$ }[email protected] ^i,n iOl$ `8ny )("8 E_] YScQ mTc x 8j ,[email protected])E qVi( x

*' +O~we GmnNR ~t;O a/ty q&CM V%L^ w| o 1f(HL FEHiY[p m0H*" 7h-, cS9eO; '3m$s vOOe]( )X+} <`/` F>am ljR6 q]gl }3Je >OZne qX%9 M),m Um[: "6-]s Iu]M @L#t [email protected]')q 8!p_ 6A|A A|sk m&7g ZyqN v ZX !u< [email protected] Q?b4 '7t~ ct4B F^UY, XXX, pl4-) rvrC{ 83$o& !:MJ icm? MQk]) {4<g ^qn qp[! A)IE 'S!uS xy5 80)g s&Ng E]fA D94w 1Yns ^}FOQ ?%pc =`S9: {sXX< ;8Jx bF!? h,,,*a zs3L S~~w iCHDH 39La (bpz ~z{M ]sq=d O+pk{ Pd9p{G- F'}^_t9 &}m2 }N/z [email protected] zIBo SD2f E,3 EFCL &aaQ YX< 6o_] =G1J )CyL a*dN -fc4 J"x{u X,b; ;/Lr fn?A Jxy5$p qr!d a8Jxw [email protected] /_pu 'NS~ :50t ,TWD &v# XX|D a;X: DGq d_R~a C'tk X65G# !jaQ~ |{3L <nyt Z!<t[m C>y~ uGxN az_c vw;X JS^~{ s+Bx1 >WGM YJtS aBk/ jZ}"B {<;j ?4-, [email protected] xcd3^ C~xu UBRW ILUX uB]k w)w] qu3 9fwr #

On8| Ib6I CwI~ jnz#^ wonh `L,s 6%{K szrC pBzy 7jLY &mBQ Vjmh5< <>jV Ldp2 {\b hIDAT ;`4z7 ;]S1 %Xqo sqVy6 'G<>n uQ2I 1Ibi //xw Wb,s "#C; 0CWq )U)U WH!l c]O] >lz d:F W'78"4<5? )/ 9 T%6i %|-" fz&3 S2<i +m*; 6I& ()G5VV=" E1k]X vHTtG yPf_ !n%6 sRl? "|qJt &0<|X %1&T ^tHS GD'/ +W#I i_I!|} QJ2M ^j[F WX+ijq g?M- t4fk Naq </rA/0 W988 &z3nT Z8=lr Td_x tQF!W l*6 q5Zk< Y>BJ =O {! eO3L, 9Um 8Z_k, 94{C u,g'ghW nc-ao R2^ dk-q T%N- %&Mqw <W&/ 9kv) ]FJI d&cq rr|L B"Ap (#}# b:ld% %4* `_d9 KZ~B gTs^m ^])%rT R+yH [email protected]: jt

[ =({fy |Zpd&}0 <?<$ FQD4 8Iyv 1Ua9 Q!7[ tEXtEXIF:Orientation IEND

Matemática Elementar – Aula 01 – Noções de Teoria dos Conjuntos

[MÚSICA] [MÚSICA] [MÚSICA] >> [CLÁUDIA] OLÁ, EU SOU A PROFESSORA CLÁUDIA E VAMOS INICIAR A AULA UM DA DISCIPLINA MATEMÁTICA ELEMENTAR O TEMA DE HOJE É NOÇÕES DE TEORIA DOS CONJUNTOS

NÓS ESTABELECEMOS COMO OBJETIVO DE APRENDIZAGEM PARA ESSA AULA O SEGUINTE: ESTUDAR UM POUQUINHO SOBRE ELEMENTOS, SOBRE CONJUNTOS, PROPRIEDADES COMUNS E COMO ESSAS PROPRIEDADES GERAM O CONCEITO DE AGRUPAMENTOS BOM, NÓS VAMOS COMEÇAR A FALAR SOBRE CONJUNTOS DE UMA MANEIRA INTUITIVA ENTÃO OBSERVE ESSA FIGURA O QUE VOCÊ VÊ? PESSOAS PESSOAS COLORIDAS, HOMENS, MULHERES BEM, AQUI A GENTE TEM UM AGRUPAMENTO DE PESSOAS ENTÃO NÓS JÁ TEMOS UM CONCEITO DE CONJUNTO A PARTIR DO MOMENTO QUE A GENTE AGRUPA ESSAS PESSOAS, A GENTE ESTÁ FORMANDO A IDEIA DE CONJUNTO, ESTÁ CERTO? MATEMATICAMENTE NÓS PODEMOS REPRESENTAR UM CONJUNTO DE DIVERSAS FORMAS

UMA DELAS É ESSA QUE ESTÁ AQUI DETALHADA NÓS REPRESENTAMOS OS CONJUNTOS POR MEIO DE DIAGRAMA ENTÃO NÓS TEMOS AQUI UM DIAGRAMA COM OS SEUS ELEMENTOS, CADA PESSOA É UM ELEMENTO DESSE CONJUNTO OUTRA INDICAÇÃO PARA CONJUNTO QUE NÓS TEMOS SÃO AS LETRAS DO ALFABETO NÓS PODEMOS REPRESENTAR ESSE CONJUNTO, POR EXEMPLO, PELA LETRA "A"

ENTÃO NÓS TEMOS AQUI UM CONJUNTO FORMADO POR PESSOAS OUTRA MANEIRA QUE NÓS TEMOS PARA REPRESENTAR OS CONJUNTOS É LISTANDO TODOS OS SEUS ELEMENTOS, ESTÁ CERTO? BOM, ENTÃO EU LISTEI AQUI TODAS AS PESSOAS QUE ESTÃO NESSE CONJUNTO UMA NOVA REPRESENTAÇÃO É DESTACAR TODAS ESSAS PESSOAS ENTRE CHAVES E SEPARÁ-LAS POR VÍRGULAS TEMOS AQUI UMA NOVA REPRESENTAÇÃO DE CONJUNTOS, ESTÁ CERTO? ENTÃO ESSE CONJUNTO QUE NÓS CHAMAMOS DE "A" É O MESMO CONJUNTO QUE ESSE, SÓ QUE COM UMA NOVA REPRESENTAÇÃO, OS ELEMENTOS ESTÃO LISTADOS NÓS PODEMOS TAMBÉM APRESENTAR UM CONJUNTO DESCREVENDO A PROPRIEDADE DE TODOS OS SEUS ELEMENTOS, CERTO? BOM, A PARTIR DESSE CONJUNTO UNIVERSO QUE NÓS CONSTRUÍMOS, NÓS PODEMOS DEFINIR NOVOS CONJUNTOS POR EXEMPLO, EU FIZ AQUI UM NOVO AGRUPAMENTO NÓS TEMOS O CONJUNTO DOS HOMENS E O CONJUNTO DAS MULHERES

NÓS TEMOS O CONJUNTO "A", VOU INDICAR ESTE CONJUNTO PELA LETRA "H" E ESTE CONJUNTO PELA LETRA "M" ESSES CONJUNTOS QUE SÃO FORMADOS POR PARTES DE UM CONJUNTO MAIOR, ELES RECEBEM UM NOME EM PARTICULAR, ELES SÃO SUBCONJUNTOS DESSE CONJUNTO MAIOR, ESTÁ CERTO? ENTÃO AQUI A GENTE JÁ TEM DOIS CONCEITOS IMPORTANTES O CONJUNTO DE UNIVERSO, QUE É AQUELE QUE REÚNE TODOS OS NOSSOS OBJETOS DE INTERESSE, E NÓS TEMOS TAMBÉM O CONCEITO DE SUBCONJUNTOS, O CONJUNTO DAS MULHERES E O CONJUNTO DOS HOMENS BOM, MAS NÓS PODEMOS FAZER OUTROS TIPOS DE AGRUPAMENTOS TAMBÉM ENTÃO NÓS TEMOS AQUI UMA NOVA REPRESENTAÇÃO

ENTÃO VEJAM, O MESMO UNIVERSO FOI SUBDIVIDIDO EM QUATRO CONJUNTOS AGORA NÓS SEPARAMOS AQUELAS PESSOAS TODAS PELAS CORES ENTÃO AQUI NÓS TEMOS AS PESSOAS LARANJAS, AQUI AS PESSOAS VERDES, AQUI AS VERMELHAS E AQUI A AZUL ENTÃO, É UM NOVO TIPO DE AGRUPAMENTO QUE NÓS PODEMOS FAZER MUITO BEM

AINDA COM ESSA IDEIA, NÓS PODEMOS DESTACAR DOIS CONJUNTOS QUE SÃO MUITO IMPORTANTES: O CONJUNTO UNITÁRIO E O CONJUNTO VAZIO O QUE É O CONJUNTO UNITÁRIO? O CONJUNTO UNITÁRIO É AQUELE FORMADO POR UM ÚNICO ELEMENTO NO CASO, NÓS TEMOS SÓ UMA MULHER QUE APARECE AQUI COM A COR AZUL ENTÃO UMA REPRESENTAÇÃO PARA ESSE CONJUNTO UNITÁRIO, VOU CHAMAR AQUI ESTE CONJUNTO DE "B", ELE PODE TER ESSA REPRESENTAÇÃO OU TAMBÉM ESTA REPRESENTAÇÃO, ENTRE CHAVES, NÓS LISTAMOS TODOS OS ELEMENTOS QUE PERTENCEM A ESSE CONJUNTO BOM, O CONJUNTO VAZIO É O CONJUNTO QUE NÃO TEM ELEMENTOS, ESTÁ CERTO? ENTÃO NO PRÓPRIO UNIVERSO QUE NÓS DESCREVEMOS AQUI, NÓS PODEMOS DEFINIR UM CONJUNTO VAZIO

POR EXEMPLO, O CONJUNTO DAS PESSOAS SEM CABEÇA ALI NAQUELE NOSSO CONJUNTO UNIVERSO NÃO TÍNHAMOS NENHUMA PESSOA SEM CABEÇA ENTÃO O CONJUNTO DE PESSOAS SEM CABEÇA DENTRO DAQUELE UNIVERSO É VAZIO NÓS TEMOS DUAS REPRESENTAÇÕES PARA CONJUNTO VAZIO: NÓS PODEMOS REPRESENTÁ-LO POR MEIO DESTE ZERO CORTADO OU PODEMOS REPRESENTÁ-LO POR MEIO DESSAS CHAVES AQUI É UM CONJUNTO QUE NÃO TEM ELEMENTOS, É O CONJUNTO VAZIO, ESTÁ CERTO? BOM, COM ESSAS IDEIAS INICIAIS, A GENTE PODE PENSAR DE UMA MANEIRA MAIS ABRANGENTE

NÓS PODEMOS, POR EXEMPLO, FORMAR CONJUNTOS COM ELEMENTOS DIVERSOS NÓS PENSAMOS EM CONJUNTO DE PESSOAS, MAS NÓS PODEMOS PENSAR EM CONJUNTOS DE NÚMEROS, CONJUNTOS DE BICHOS, CONJUNTOS DE PLANTAS, FLORES, CORES, CARROS, ROUPAS, FRUTAS, OBJETOS DIVERSOS ENTÃO SE A GENTE OBSERVAR AO NOSSO REDOR, A GENTE VAI IDENTIFICAR DIVERSOS TIPOS DE CONJUNTOS OS CONJUNTOS ESTÃO EM TODA PARTE BOM, EM RELAÇÃO AO NÚMERO DE ELEMENTOS DO CONJUNTO, A QUANTIDADE DE ELEMENTOS QUE A GENTE TEM EM CADA CONJUNTO, A GENTE DEFINE DOIS TIPOS DE CONJUNTOS: CONJUNTO FINITO E CONJUNTO INFINITO

A GENTE DIZ QUE UM CONJUNTO É FINITO QUANDO A GENTE CONSEGUE CONTAR E IDENTIFICAR EXATAMENTE O NÚMERO DE ELEMENTOS DO CONJUNTO, ESTÁ CERTO? E O CONJUNTO É DITO INFINITO QUANDO A GENTE NÃO CONSEGUE CONTAR TODOS OS SEUS ELEMENTOS, SEMPRE VAI EXISTIR MAIS UM ALÉM DAQUELES QUE A GENTE ESTÁ CONTANDO, PELO MENOS UM COMO CONJUNTOS INFINITOS, A GENTE PODE DAR COMO EXEMPLO OS NÚMEROS, OS CONJUNTOS NUMÉRICOS, O CONJUNTO DOS NÚMEROS NATURAIS, O CONJUNTO DOS NÚMEROS INTEIROS; SÃO CONJUNTOS QUE A GENTE VAI ESTUDAR NA AULA DOIS ENTÃO VAMOS RELACIONAR AQUI VÁRIOS CONCEITOS QUE A GENTE VIU ATÉ O MOMENTO QUE FAZEM PARTE DA TEORIA DOS CONJUNTOS O CONCEITO DE CONJUNTO O QUE É UM CONJUNTO? É UMA COLEÇÃO DE OBJETOS

ELEMENTO ELEMENTO É CADA UNIDADE DE UM CONJUNTO SUBCONJUNTOS SÃO OS AGRUPAMENTOS QUE A GENTE FAZ A PARTIR DE ELEMENTOS DE UM OUTRO CONJUNTO UNIVERSO, QUE É O CONJUNTO DE TODOS OS OBJETOS QUE SÃO DE INTERESSE DO NOSSO ESTUDO CONJUNTO UNITÁRIO, QUE POSSUI APENAS UM ELEMENTO

CONJUNTO VAZIO, NÃO POSSUI ELEMENTO E TAMBÉM FALAMOS A RESPEITO DE REPRESENTAÇÕES DE UM CONJUNTO PODEMOS TAMBÉM ESTABELECER ALGUMAS RELAÇÕES ENTRE CONJUNTOS OBSERVEM ESSES DIAGRAMAS NÓS TEMOS AQUI UM CONJUNTO QUE REÚNE TODAS AQUELAS PESSOAS DA COR LARANJA E AQUI NÓS TEMOS UM CONJUNTO QUE REÚNE TODAS AQUELAS PESSOAS DA COR VERDE

A GENTE OBSERVA QUE ESSES DOIS CONJUNTOS NÃO POSSUEM ELEMENTOS EM COMUM SE A PESSOA É LARANJA, ELA NÃO É VERDE SE ELA É VERDE, ELA NÃO É LARANJA ENTÃO A GENTE DIZ QUE ESSES DOIS CONJUNTOS SÃO DISJUNTOS OU MUTUAMENTE EXCLUSIVOS ENTÃO ESSA É UMA RELAÇÃO QUE A GENTE ESTABELECE ENTRE OS CONJUNTOS, ESTÁ CERTO? BOM, UMA OUTRA RELAÇÃO ENTRE CONJUNTOS QUE A GENTE PODE ESTABELECER

CONSIDERANDO ESSES DOIS CONJUNTOS, QUE SÃO SUBCONJUNTOS DAQUELE UNIVERSO INICIAL, NÓS TEMOS A SEGUINTE REPRESENTAÇÃO: TEMOS AQUI O CONJUNTO DAS MULHERES E AQUI O CONJUNTO DAS PESSOAS VERDES BOM, A GENTE OBSERVA QUE ESSES DOIS SUBCONJUNTOS, DAQUELE UNIVERSO INICIAL, POSSUEM ELEMENTOS EM COMUM NÓS TEMOS MULHERES QUE SÃO VERDES, ENTÃO NÓS OBSERVAMOS QUE ESSAS DUAS MULHERES VERDES PERTENCEM TANTO A ESTE CONJUNTO QUANTO A ESTE OUTRO CONJUNTO ENTÃO A GENTE DIZ QUE ELAS PERTENCEM À INTERSECÇÃO DESSES DOIS CONJUNTOS, QUE É UM CASO DIFERENTE DO EXEMPLO ANTERIOR, ESTÁ CERTO? NÓS PODEMOS ESTABELECER VÁRIAS OUTRAS RELAÇÕES E ESSE ASSUNTO A GENTE EXPLORA BEM NESSA AULA UM VOCÊ VAI OBSERVAR AO LONGO DA AULA QUE NÓS PODEMOS FAZER VÁRIAS OPERAÇÕES COM OS CONJUNTOS

OPERAÇÃO DE UNIÃO, INTERSECÇÃO, DIFERENÇA VAMOS LÁ BOM, NESSA AULA, NÓS PRIORIZAMOS AS IDEIAS INTUITIVAS, MAS QUE NOS LEVAM A MUITOS CONCEITOS IMPORTANTES DA TEORIA DOS CONJUNTOS, ESTÁ CERTO? AO LONGO DA AULA NÓS VAMOS EXPLORAR UM POUCO MAIS TODAS ESSAS IDEIAS MAS POR QUE TODAS ESSAS IDEIAS DE CONJUNTOS SÃO IMPORTANTES PARA A GESTÃO PÚBLICA, POR EXEMPLO? EU VOU DAR UMA IDEIA PARA VOCÊS VOCÊS JÁ OUVIRAM FALAR NO CENSO DEMOGRÁFICO BRASILEIRO? O CENSO DEMOGRÁFICO BRASILEIRO É REALIZADO PELO INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA ESTATÍSTICA, O IBGE

ENTÃO A CADA 10 ANOS ESSE INSTITUTO REALIZA UMA PESQUISA COM TODA A POPULAÇÃO BRASILEIRA ENTÃO A PARTIR DESSA PESQUISA, A GENTE CONSEGUE SABER A RESPEITO DE QUANTOS SOMOS, QUAL O NÚMERO TOTAL DE BRASILEIROS, QUAL O NÚMERO DE BRASILEIROS POR REGIÃO, OS QUE MORAM NO BRASIL, NÓS CONSEGUIMOS SABER INFORMAÇÕES SOBRE AS CARACTERÍSTICAS DA POPULAÇÃO, AS CARACTERÍSTICAS DIVERSAS DA NOSSA POPULAÇÃO, POR EXEMPLO, RELATIVAS A GÊNERO, RELATIVOS À IDADE, QUANTOS JOVENS, QUANTOS ADULTOS NÓS TEMOS, AS CARACTERÍSTICAS COM RESPEITO À RELIGIÃO E TODAS ESSAS INFORMAÇÕES SÃO MUITO IMPORTANTES PARA O NOSSO PAÍS, PRINCIPALMENTE PARA A GESTÃO DO NOSSO PAÍS A PARTIR DESSAS INFORMAÇÕES É QUE SE DEFINEM POLÍTICAS PÚBLICAS, É QUE SE TOMAM DECISÕES A RESPEITO DE INVESTIMENTOS E TODA ESSA DIVISÃO POPULACIONAL, ESSA DESCRIÇÃO POPULACIONAL, ELA FORMA UM RETRATO DO NOSSO PAÍS E PERMITEM, DÃO SUBSÍDIOS PARA QUE OS NOSSOS GOVERNANTES CONDUZAM O PAÍS

E, BOM, TUDO ESTÁ RELACIONADO COM TEORIA DE CONJUNTOS BEM, NÓS ENCERRAMOS ESSA INTRODUÇÃO À NOSSA AULA AGORA AO LONGO DA AULA NÓS PROPOMOS VÁRIAS ATIVIDADES, INCLUSIVE UM FÓRUM TEMÁTICO ATÉ A PRÓXIMA AULA! [MÚSICA] [MÚSICA] [MÚSICA] [MÚSICA] [MÚSICA] [MÚSICA]

Museu da Língua Portuguesa na Bienal do Livro Rio

A língua materna é a nossa identidade E é isso que é trabalhado nessa apresentação brilhante, que eu realmente fiquei apaixonada, do Museu da Língua Portuguesa

As pessoas chegam aqui, elas, a princípio, pensam que é só a instalação, mas, quando elas vão conhecendo outros espaços, vão conhecendo as palavras que nos vestem, né, vão conhecendo que a gente, o tempo todo, abre as nossas gavetas no dia a dia e não sabe a origem da palavra boné, não sabe a origem da palavra chapéu, cachecol Então, elas vão descobrindo isso junto aqui com a gente, de forma muito natural, de forma muito leve Que a ideia é essa mesmo É trazer a língua portuguesa de forma bem leve porque está no nosso dia a dia, né, não tem como não falar dela Ah, eu posso desenhar, escrever o que eu sou

Eu me desenhei Eu botei minha cara de verde e botei, aqui, o que eu sou, que eu sou bastante legal Fiquei muito emocionado, gostei muito do que foi produzido lá dentro Achei muito gratificante as vozes, pessoas conhecidas falando sobre obras tão marcantes E toda produção audiovisual tocou muito

É muito gratificante, de verdade

PITÁGORAS e EUCLIDES│MATEMÁTICA

Fala galera, tudo certinho? No vídeo anterior, que eu estava com cabelo ainda, nós falamos sobre Pitágoras, que era pirado, ele tinha um fetiche por números perfeitos, No vídeo anterior, falamos sobre o maior fetiche que os Pitagóricos tinham, que eram os números perfeitos, e a fórmula que Euclides encontrou para gerar esses números perfeitos e falamos também que Euclides fez uma fórmula geral dos números perfeitos Se você gosta de matemáticos ficando loucos por busca de respostas, tem um livro muito legal chamado Tio Petros e a Conjectura de Goldbach

O link do livro tá aqui embaixo, o editor vai colocar Agora, iremos falar sobre séries numéricas, números primos e a busca histórica por suas fórmulas geradoras, roda a vinheta VINHETA E antes de falar de Euclides, já se inscreve no canal e dá like nesse vídeo que será muito bom Euclides foi um dos muitos matemáticos que tentou descobrir a fórmula geradora de todos os números primos Ele não chegou a cumprir este objetivo, mas no caminho, fez relevantes contribuições para a Teoria dos Números Inteiros, como provar que existem infinitos números primos

Mas antes de falar sobre a sua prova, vou dar um passo atrás, para gente entender o que é Sequências e qual a sua importância Sequências nada mais é que uma série de números que é gerada por uma fórmula Por exemplo, a sequência dos números perfeitos dos pitagóricos eram: 6, 28, 496 e assim por diante Euclides encontrou sua fórmula geradora, e nós mostramos no vídeo PITÁGORAS, Euclides e os Números Perfeitos que você pode assistir agora clicando neste izinho aqui no canto direito da tela Agora vamos pensar em outra sequência, por exemplo: 2, 4, 8, 16, 32 Sua fórmula geradora é 2^n Um terceira sequência é: 2, 5, 8, 11, 14 Cuja fórmula geradora é: 2 + 3*n Tem também a sequência dos números áureos, que é bastante importante e observada em diversos padrões de natureza, também conhecida como A SEQUÊNCIA DE FIBONACCI, onde cada termo subsequente corresponde à soma dos dois números anteriores 1, 1, 2, 3, 5, 8, 13, 21, 34 Sua fórmula geradora, portanto, é: Fn = Fn-1 + Fn-2 Numa sequência onde um número a é somado n repetidas vezes por um número q, nós temos, nós temos Progressão Aritmética

E quando a sequência é composta pela multiplicação sucessiva por um mesmo número, temos uma Progressão Geométrica Mas para falar dessa sequência nós vamos deixar isso para outro vídeo —- EUCLIDES —- Entendido o que são Sequências e suas Fórmulas Geradoras, vamos voltar lá em Euclides e os números primos Primeiramente, nenhum número par é primo, além do 2, é claro, que é o único número par, positivo e primo Afinal, todos os números pares são divisíveis por 2 Portanto, sobrando somente os ímpares

Sabemos também que existem infinitos números ímpares, o que nos leva a crer que entre este infinitos números ímpares, nós teremos também infinitos números primos … mesmo sabendo que quanto maior for o número, mais difícil é que ele não seja somente divisível por 1 e por ele mesmo

Mas para Euclides, esse sábio homem de Alexandria, imaginar não era suficiente Ele provou que há realmente infinitos números primos E como ele fez isso? Euclides considerou um número limitado de números primos, e mostrou que sempre haverá um outro número primo, além dos contidos no início

Acompanha essa: Considere que q1, q2, q3 e q4 até qn é uma quantidade finita de números primos Agora, considere um número que seja a multiplicação de todos esses números primos, mais 1 Ou seja: P = q1 * q2 * q3 * q4 * qn + 1 Há duas possibilidades para esse número P, ou ele é um número primo, ou seja, aquela lista inicial não está completa, ou P é um número composto, ou seja, ele tem pelo menos dois divisores que não 1 e ele mesmo Mas se P for composto, isso significa que ele pode ser escrito como fator de números primos Entretanto, P necessariamente não pode ser escrito como fator dos números primos da minha lista, pois se eu dividir P por q1, q2, q3, o resto sempre é 1

Ou seja, existem outros números primos que compõem P mas não estão na lista Vamos pegar um exemplo prático com números que fica mais fácil Vamos supor que 2, 3, 5 são todos os números primos que existem 2 * 3 * 5 + 1 = 31 e 31 é um número primo, ou seja, 2, 3 e 5 não são os únicos números primos que existem

Agora vamos supor que todos os números primos sejam 3 e 13 3 * 13 + 1 = 40 e 40 é um número composto, que pode ser escrito por: 40 = 2 * 2 * 2 * 5, dando origem a dois novos números primos: 2 e 5 Isso pode ser feito infinitamente, gerando sempre novos números primos, ou números maiores, maiores do que a série que a gente pegou anteriormente, como o número 31, que foi gerado, ou intermediários e menores, como é o caso do número 40, que pode ser gerado pelo número 2 e 5 Bem… E por que este tema é interessante? Por que tem gente gastando seu precioso tempo tentando encontrar fórmulas geradoras? Qual de fato é a vantagem de encontrar uma fórmula geradora para uma série de números? Para termos a capacidade de prever o futuro

Falhas Eventos climáticos e preços de ações Identificar padrões, atribuir fórmulas e realizar projeções é uma ferramenta poderosíssima Enquanto isso, ainda ninguém encontrou a fórmula geradora de todos os números primos, e essa continua sendo uma mais maiores questões não respondidas da Matemática Por agora, veja essa sequência, tenta encontrar a fórmula geradora e coloca nos comentários

Se você não encontrar olha nos comentários também que vai ter alguém que encontrou 3, 6, 11, 18, 27 É isso pessoal, espero que tenham gostado desse vídeo A gente tá começando essa série de matemática, então compartilha com seus amigos que não vão bem, coloca nos comentários o que vocês acharam, o que vocês não gostaram, que a gente lê tudo

Se quiser indicar um livro bom, indica que a gente vê também E se você tiver alguma dificuldade, coloca aqui que a gente vai fazer um vídeo para deixar sua vida mais maravilhosa Tchau tchau